fbpx
Curadoria de informação sobre artes e espetáculos, por Carolina Braga

Como começar a ler poesia na internet?

Música, podcasts, perfis nas redes sociais e sites são algumas das opções disponíveis

Por Jaiane Souza *

20/07/2020 às 17:13 | *Colaborador

Publicidade - Portal UAI
Fernando Pessoa. Foto: Domínio Público

A poesia é um gênero literário que pode intimidar, causar receio e até ser rejeitado por algumas pessoas, já que tem muitas complexidades, estilos e formas. Mas o fato é que ela está em diversos lugares, como na música, no teatro, no cinema e também nas redes sociais. Vai dizer que nunca viu um verso ou outro quando estava rolando  a timeline?

Assim, ir explorando o gênero aos poucos pode ser um bom caminho para consumir os clássicos e produções mais densas. E pensando nisso, aqui vão algumas dicas para você consumir poesia na internet. Seja em forma de áudio, imagem ou escrita. Confira!

Redes sociais

A time line está cheia de poetas e poesias. Inclusive, o termo “instapoetas” designa artistas da literatura que usam da rede social para produzir e divulgar os trabalhos. Grande parte deles publicava em blogs e viu na plataforma um complemento de divulgação, já que o acesso às redes sociais é imediato e bem maior do que em sites e blogs. Um exemplo é o @akapoeta, o perfil de João Doederlein já conta com mais de um milhão de seguidores.

Há também quem fale de poesia mesclando militância e afeto. É o caso de Julianna Motter, comunicadora e mestre em direitos humanos. No perfil pessoal ela fala do lugar do corpo na sociedade, afetos e sobre Brasília. Além disso, tem o Velcro Choque e o Coletivo Amorço

Podcast

O Nexo Jornal desenvolve o programa Como começar, um podcast que, a cada episódio, foca em um movimento artístico, obra ou autor e destrincha aspectos fundamentais para o entendimento. Dessa forma, a dica vai para o episódio Como começar a ler poesia. Nele, foram entrevistados professores, pesquisadores e poetas para falar sobre a evolução do gênero literário, as principais características, formatos e competições de slam. 

Além dessa dica inicial, outras dezenas de produções em formato de podcast estão disponíveis no streaming. O Margens, blog sobre literatura marginal/periférica com foco na produção feminina, fez uma lista com 70 podcasts literários

Música

Você já está consumindo poesia nas músicas e pode nem ter reparados. As composições musicais são feitas com base no ritmo e som das palavras também, não apenas para se encaixar dentro de uma métrica harmônica. Para perceber isso mais claramente uma dica é buscar a letra da música do seu artista preferido e apenas ler, sem ouvir o artista cantando.

Só para exemplificar, a música Construção, de Chico Buarque é uma boa opção para essa percepção. Ela foi escrita em “versos alexandrinos”, que, entre tantas outras características, apresenta sempre a penúltima sílaba da última palavra do verso tônica. Leia uma análise da música aquiOutros bons exemplos na música brasileira são Caetano Veloso, Lenine, Arnaldo Antunes, Adriana Calcanhotto e Alceu Valença. 

Domínio público

Se você está em busca de obras clássicas e de autores renomados, outra dica é o Portal Domínio Público. O site reúne milhares de obras livres e gratuitas, sem qualquer restrição de divulgação. Entre elas é claro que tem poesia. Um dos destaques é a Poesia de Fernando Pessoa. E pra facilitar ainda mais, o site disponibiliza um catálogo com todos os autores brasileiros com a obra em domínio público. Sendo assim, além de poesia, da pra ler prosa também!

 

poesia

Foto: Canvas Image

photo

Cinco livros para ler mais autoras e autores negros 

Como em diversas outras artes, a produção literária feita por autores negros foi e ainda continua sendo invisibilizada. Entretanto, as narrativas são diversas, passando por todos os gêneros, como poesia, biografia, poesia e romance, por exemplo. Por isso, selecionamos algumas obras para que você leia e embarque nesse universo riquíssimo da produção literária feita por […]

LEIA MAIS
photo

Cinema na quarentena: confira dicas de adaptações literárias

A literatura costuma ser uma fonte de inspiração para o cinema. Tanto é que muitas adaptações já deram o que falar. Neste post separamos nove delas. Alguns clássicos e outras surpresas que muitos nem sabem que foram baseadas em livros. Esse também foi o tema desta semana do podcast Pipoca BH FM. Uma parceria do Culturadoria […]

LEIA MAIS
photo

O Estagiário: três lições de empreendedorismo para aprender com o filme

Anne Hathaway dá vida a Jules Ostin em O Estagiário. Disponível na Netflix, o longa conta ainda com a presença de Robert De Niro, que interpreta Ben. Esse é um filme leve, estilo sessão da tarde, e que, com certeza, vai agradar a maioria. Mas o mais interessante aqui são as lições que você pode […]

LEIA MAIS