fbpx
Curadoria de informação sobre artes e espetáculos, por Carolina Braga

Cinco pontos sobre os indicados ao Oscar 2020

'Coringa' bateu o recorde de indicações com 11, seguido de '1917' e 'Era uma vez em ... Hollywood', com dez cada

Por Carol Braga

13/01/2020 às 14:25

Publicidade - Portal UAI
Foto: Netflix/Divulgação

Por aí também o seu coração foi tomado por uma imensa alegria ao ver o nome de Democracia em Vertigem, ou melhor, The Edge of Democracy, entre os cinco indicados ao Oscar 2020 de melhor documentário? É a primeira vez que um filme brasileiro aparece nesta categoria. E mais: é dirigido por uma jovem mulher, a mineira Petra Costa, e trata de um tema importante de ser debatido internacionalmente. Ou seja, a frágil democracia brasileira.

Bom, esta foi a maior surpresa da lista divulgada na segunda, 13 de janeiro. Já na categoria principal, confirmou-se o esperado. Coringa terá seu embate direto com 1917, longa dirigido por Sam Mendes e que vem ganhando destaque nas últimas semanas. Assim, o embate será entre o contemporâneo e o histórico.

Isso porque Coringa é, para mim, um sintoma da sociedade em que vivemos. Já 1917, embora com novas propostas de linguagem, é mais um drama histórico sobre guerras. A polarização da discussão sobre o Oscar 2020 não envolve mais o embate com o streaming. Será um duelo mais temático do que tecnológico.

Acho isso ótimo porque a discussão no Oscar 2020 volta a ser o filme e não a plataforma. Em resumo: ganha o cinema. Confira outros pontos que chamaram a atenção na lista dos Indicados ao Oscar 2020.

O que a presença de Democracia em Vertigem no Oscar representa para o Brasil?

Democracia em Vertigem é uma interpretação muito pessoal de Petra Costa sobre o processo de impeachment da presidente Dilma Roussef. Independentemente da posição dela, à medida em que o longa ganha tamanha projeção internacional a discussão sobre a democracia no Brasil se amplia. Talvez tenha sido justamente este o objetivo dela ao fazer o filme.

E mais: como é relevante que um filme nacional tenha este reconhecimento justamente no ano em que o atual presidente tenta com todas as foças destruir o cinema brasileiro. Representa força, resistência.

Quando Democracia em Vertigem foi lançado, fizemos um conteúdo com as razões pelas quais você deveria prestar atenção no cinema de Petra Costa.

Renovação entre as atrizes

A lista de melhor atriz revela uma renovação em Hollywood. Nada de veteranas tipo de Meryl Streep. A favorita – e sumida – Renée Zellweger, que completa 51 anos em 2020, é a mais velha entre as concorrentes. Saoirse Ronan, apesar de mais nova, com 26 anos, soma quatro indicações. Entre elas, estão Charlize Theron (45), Scarlett Johansson (36) e Cynthia Erivo (33). Inclusive: palmas e mais palmas para Scarlett que emplacou duas indicações: melhor atriz principal e também coadjuvante por Jojo Rabit.

Veteranos entre os atores

Já entre os atores coadjuvantes o quadro é outro. Brad Pitt, aos 56 anos, é o caçula da lista que também tem Tom Hanks (64), Joe Pesci (77), Anthony Hopkins (82) e Al Pacino (80). Este, por sua vez, é o que mais vezes apareceu na lista da Academia. Foram nove indicações. Aliás, todos os candidatos já têm uma estatueta do Oscar em casa. Somente Brad ainda não recebeu como ator e sim como produtor de 12 anos de escravidão.

 

Joaquin Phoenix como Coringa. Foto: Warner Bros./Divulgação

 

O triunfo do estrangeiro

Uma produção sul coreana ser indicada ao Oscar de Melhor Filme. E mais: longa internacional, roteiro e direção. Isso depois de ganhar a Palma de Ouro no Festival de Cannes. Se Hollywood já estava de braços abertos para os mexicanos, Bong Joon Ho entrou para o time dos estrangeiros queridinhos. Merecido. Parasita é mesmo um dos melhores filmes do ano. Deve levar na categoria de filme internacional mas só ampla presença já valeu.

Temas relevantes

A maior parte dos filmes que concorre à categoria principal propõe discussões relevantes para os dias de hoje. Por exemplo, se Coringa fala, entre outros temas, sobre saúde mental, Parasita discute desigualdade social. O Irlandês, por sua fez, fala sobre a corrupção política e Ford Vs Ferrari reflete sobre os limites do marketing. Adoráveis mulheres estimula o discurso feminista. História de um casamento aborda a complexidade das relações humanas. Jojo Rabbit e 1917 entram na cota da guerra e, por fim, Era uma vez em… Hollywood fala sobre cinema. Sendo assim, sobre a tradição do cinema, algo que a indústria tem valorizado bastante.

 

Lista de Indicados Oscar 2020

 

Indicadas a Melhor Atriz Coadjuvante no Oscar 2020

Laura Dern – História de Um Casamento

Kathy Bates – Richard Jewell

Scarlett Johansson – Jojo Rabbit

Florence Pugh – Adoráveis Mulheres

Margot Robbie – O Escândalo

 

Indicados a Melhor Figurino no Oscar 2020

Irlandês

Jojo Rabbit

Coringa

Adoráveis Mulheres

Era uma vez em… Hollywood

 

Indicados a Mixagem de Som no Oscar 2020

Ad Astra 

Ford vs Ferrari

Coringa

1917

Era Uma Vez… Em Hollywood

 

Indicados a Edição de Som no Oscar 2020

1917

Ford vs Ferrari

Coringa

Era Uma Vez… em Hollywood

Star Wars: A Ascensão Skywalker

 

Indicados a Melhor Trilha-Sonora no Oscar

Coringa

Adoráveis Mulheres

História de Um Casamento

1917

Star Wars: A Ascensão Skywalker

 

Indicados a Curta em Animação no Oscar 2020

Dcera (Daughter)

Hair Love

Kitbull

Memorable

 

Indicados a Melhor Ator Coadjuvante no Oscar

Tom Hanks – Um Lindo Dia na Vizinhança

Anthony Hopkins – Dois Papas

Al Pacino – O Irlandês

Joe Pesci – O Irlandês

Brad Pitt – Era Uma Vez… em Hollywood

 

Indicados a Melhor Curta-Metragem no Oscar 2020

Brotherhood

Nefta Football Club

The Neighbors Window

Saria

A Sister

 

Melhor Documentário no Oscar 2020

Democracia em Vertigem

For Sama

American Factory

The Cave

Honeyland

 

Melhor Filme Estrangeiro no Oscar

Corpus Christi

Honeyland

Dor e Glória

Parasita

Os Miseráveis

 

Melhor Design de Produção no Oscar

1917

Era Uma Vez Em Hollywood

O Irlandês

Jojo Rabbit

Parasite

 

Melhor Edição no Oscar 2020

Ford vs Ferrari

Parasita

Jojo Rabbit

Coringa

O Irlandês

 

Melhor Fotografia no Oscar 2020

1917

Era Uma Vez Em Hollywood

Coringa

O Irlandês

O Farol

 

Melhores Efeitos Visuais no Oscar 2020

Vingadores: Ultimato

O Irlandês

Star Wars: A Ascensão Skywalker

Rei Leão

1917

 

Melhor Cabelo & Maquiagem no Oscar 2020

O Escândalo

Malévola: A Dona do Mal

Coringa

Judy

1917

 

Melhor Animação no Oscar 2020

Toy Story 4

Link Perdido

Como Treinar o Seu Dragão 3

I Lost My Body

KLaus

 

Melhor Roteiro Adaptado no Oscar 2020

O Irlandês

Jojo Rabbit

Coringa

Adoráveis Mulheres

Dois Papas

 

Melhor Roteiro Original no Oscar 2020

Entre Facas e Segredos

História de Um Casamento

1917

Era Uma Vez Em Hollywood

Parasita

 

Melhor Ator no Oscar 2020

Antonio Banderas – Dor e Glória

Leonardo DiCaprio – Era Uma Vez… em Hollywood

Adam Driver – História de um Casamento

Joaquin Phoenix – Coringa

Jonathan Pryce – Dois Papas

 

Melhor Atriz no Oscar 2020

Cynthia Erivo – Harriet

Scarlett Johansson – História de um Casamento

Saoirse Ronan – Adoráveis Mulheres

Charlize Theron – O Escândalo

Renée Zellweger – Judy – Muito além do Arco-Íris

 

Melhor Direção no Oscar 2020

Martin Scorsese – O Irlandês

Todd Phillips – Coringa

Sam Mendes – 1917

Quentin Tarantino – Era uma vez em… Hollywood

Bong Joon Ho – Parasita

 

Melhor Filme no Oscar 2020

Ford vs Ferrari

O Irlandês

Jojo Rabbit

Coringa

Adoráveis Mulheres

História de um Casamento

1917

Era uma vez em… Hollywood

Parasita

photo

Impressões sobre ‘O Irlandês’, de Martin Scorsese

O Irlandês, o primeiro filme que o diretor Martin Scorsese faz para o catálogo da Netflix estreou com explosão de estrelas da crítica especializada. Isso, lógico, eleva qualquer expectativa. Então, o primeiro aviso para quem se animar a dedicar 3h29 minutos de seu tempo ao filme é ter paciência. Principalmente porque tem sido cada vez […]

LEIA MAIS
photo

Coringa: um filme para reflexões sem fim

Em “No Enxame: perspectivas do digital”, o filósofo sul-coreano Byung-chul Han busca em um livro escrito em 1895 pontos para a reflexão sobre a “era das massas”. Veja bem, o objetivo dele é falar sobre os impactos que a digitalização tem trazido para a vida da gente. Ainda assim, isso implica em uma volta no […]

LEIA MAIS
photo

Por que Petra Costa é uma diretora para se prestar atenção?

A estreia do documentário Democracia em Vertigem na Netflix chamou a atenção para o nome de uma jovem diretora: Petra Costa. A cineasta de 36 anos tem três longas-metragens no currículo e dois curtas. Todos eles têm algo em comum. Em resumo: é um cinema que Petra procura analisar o mundo, mas sempre a partir […]

LEIA MAIS