Curadoria de informação sobre artes e espetáculos, por Carolina Braga

Livros de poesia para adicionar à lista de leituras

De Carlos Drummond de Andrade, passando por Leminski e chegando a nomes contemporâneos como Ana Martins , Angélica Freitas e Elisa Lucinda.
Por Jaiane Souza
livros de poesia
O poeta Carlos Drummond de Andrade. Foto: Evandro Teixeira

Que nem todo mundo gosta de poesia é fato. Mas você já deu uma chance para esse gênero literário? Já compartilhamos aqui algumas dicas para começar a ler em versos. No entanto, chegou a vez de indicar alguns livros de poesia para quem já ama e também para aqueles que querem começar a se aventurar no estilo. Dessa forma, selecionamos títulos que passam pelos mais diferentes assuntos e épocas, do modernismo à contemporaneidade. Confira!

O livro das semelhanças, de Ana Martins Marques

Reunião de uma poeta de grande relevância na contemporaneidade. Natural da capital mineira, Ana Martins Marques já lançou sete livros e venceu o Prêmio cidade de Belo Horizonte e o Alphonsus de Guimaraens pelos livros A vida submarina (2009) e Da arte das armadilhas (2011). O livro das semelhanças veio em seguida, em 2015, e mostra como a escritora versa sobre a tentativa de recuperar o mundo e as coisas por meio da palavra. No entanto, sempre de forma arriscada e desafiadora. Dessa forma, o livro se divide em quatro partes: Livro, Cartografia, Visitas ao lugar-comum e O livro das semelhanças. Em resumo, fala sobre amores, solidão, viagens, do mar e até mesmo sobre livros. Leia alguns poemas aqui.

Compre aqui.

Eu te amo e suas estreias, de Elisa Lucinda

Elisa Lucinda é uma artista plural: jornalista, cantora, atriz e escritora. Ficou conhecida nacionalmente principalmente pelos trabalhos na televisão e no teatro. No entanto, a poesia é um campo rico pelo qual ela também caminha. Em Eu te amo e suas estreias, a artista conversa com o público com provocação, espontaneidade e muita emoção. Emoção essa que vem em forma de declarações de amor pela presença, pela falta, pelo verso, pela verdade, pela certeza e a dúvida. 

Compre aqui.

Um útero é do tamanho de um punho, de Angélica Freitas

O título é uma coleção de poemas que tem a mulher como temática central. É tido como um clássico contemporâneo por refletir a temática com humor, inteligência e tratar de questões de gênero. Além disso, a escritora faz uma subversão de imagens já gastas do que se espera do gênero feminino, como, por exemplo, capas de revista, vitrine de lojas de departamento etc. Tudo isso sempre refletindo também sobre os tempos atuais. 

Adquire aqui.

Toda poesia, de Paulo Leminski

O poeta brasileiro Paulo Leminski tinha uma escrita instigante marcada por trocadilhos, jogos com ditados populares, brincadeiras, influências do haicai, um estilo de poema japonês, etc. Tudo isso aliado à irreverência, coloquialidade na escrita e à concisão, além de se basear em elementos da poesia concretista no Brasil dos anos 1950. Sendo assim, um poeta inovador não poderia ficar de fora das nossas dicas. O livro Toda poesia reúne toda a trajetória poética de Leminski, oferecendo ao leitor uma panorama ampliado da sua poesia do começo ao fim.  

Compre aqui.

A rosa do povo, de Carlos Drummond de Andrade

Por fim, para encerrar com chave de ouro, Carlos Drummond de Andrade, um dos maiores poetas da história da literatura brasileira. Junto com Oswald de Andrade foi um dos precursores do modernismo no Brasil. Além de ser um dos poetas mais influentes do século XX, foi também cronista e contista. A rosa do povo é um título composto por 55 poemas que remetem ao passado: a Segunda Guerra Mundial e faz referência à ditadura de Getúlio Vargas. Além disso, se baseou na produção do poeta estadunidense Walt Whitman, considerado o “pai do verso livre”.

Compre aqui.

livros de poesia
Capa do livro “Toda poesia”, de Paulo Leminski. Crédito:Companhia das Letras

[ COMENTÁRIOS ]

[ NEWSLETTER ]

Fique por dentro de tudo que acontece no cinema, teatro, tv, música e streaming!