Curadoria de informação sobre artes e espetáculos, por Carolina Braga

Sete filmes que provam que Nicolas Cage tem um dos currículos mais bizarros de Hollywood

Gostou? Compartilhe!

Nicolas Cage é bom no que faz, mas, ao longo dos anos, acumulou papéis que são, no mínimo, inusitados.

Por Caio Brandão | Repórter

Voltando à mídia após uma aparição bizarra como um boneco de CGI no novo filme do super herói Flash, e viver um vampiro excêntrico no filme “Renfield: Dando o Sangue Pelo Chefe”, Nicolas Cage é um ator que, irrefutavelmente, ajudou a definir uma geração. No entanto, o modo com o qual alcançou tal status é curioso. Famoso por aceitar quase qualquer papel, Cage conta com personagens e tramas completamente malucas no currículo, e o Culturadoria separou sete obras que demonstram isso.

Nicolas Cage é muito bom no que faz, mas, ao longo dos anos, acumulou papéis que são, no mínimo, inusitados.
Nicolas Cage em "Um Estranho Vampiro - Foto: Metro-Goldwyn-Mayer Studios Inc.

Willy’s Wonderland: Parque Maldito

Começamos a lista com, talvez, o melhor exemplo de todos. Em “Willy’s Wonderland: Parque Maldito”, o personagem de Cage aceita um trabalho em um parque de diversões para poder consertar o próprio carro. Ele não contava, porém, com a legião de animatrônicos assassinos que habitam o local, e acaba tendo que travar uma guerra contra esses bonecos bizarros.

Jiu Jitsu

Não existe nada de jiu-jitsu em um filme que, literalmente, se chama “Jiu Jitsu”. No entanto, o que existe no longa, de fato, é Nicolas Cage vivendo um mestre de artes marciais que é o escolhido para conter uma invasão de ninjas alienígenas na base da porrada.

Fúria Sobre Rodas

Superficialmente, “Fúria Sobre Rodas” parece apenas um filme de ação genérico, feito para pegar carona no hype de outras grandes franquias do gênero. A trama, contudo, se ergue a partir de um culto satânico que, não satisfeito em matar a filha do personagem de Cage, ainda sequestrou sua neta. Cabe, então, ao nosso herói, salvá-la antes que ela seja sacrificada pelo culto.

Army of One

Bonecos animatrônicos, ninjas alienígenas, um culto… Quando você acha que já viu de tudo, Cage surpreende e arruma um inimigo ainda mais inusitado. Assim, em “Army of One”, o personagem do ator, após “receber” uma missão diretamente de Deus, começa a bolar um plano para matar, simplesmente, Osama Bin Laden. Sim, é isso mesmo que você leu.

Mom and Dad

Incorporando, dessa vez, um papel mais sombrio, Cage estrela no filme “Mom and Dad”. A trama acontece no momento em que uma misteriosa histeria em massa faz com que pais ajam agressivamente contra os próprios filhos durante 24 horas. Tal premissa traz à tona um Nicolas Cage em uma das performances mais insanas da carreira.

Um Estranho Vampiro

Em “Um Estranho Vampiro”, o verdadeiro inimigo do personagem de Cage é a própria mente. No longa, o protagonista acredita que foi mordido por uma vampira após acordar com uma ferida no pescoço depois de um encontro. Indo contra todos os conselhos de uma psiquiatra, o personagem alimenta a ilusão, gerando situações, digamos, esquisitas.

Mandy: Sede de Vingança

Mais uma vez, cultistas vieram atrapalhar a vida de Nicolas Cage. Dessa forma, em “Mandy: Sede de Vingança”, o personagem de Cage tem a vida arruinada por um líder de culto. Então, como sugere o nome do filme, o protagonista embarca em uma psicodélica e visceral jornada para vingar a vida da esposa, assassinada durante o ataque.

Gostou? Compartilhe!

[ COMENTÁRIOS ]

[ NEWSLETTER ]

Fique por dentro de tudo que acontece no cinema, teatro, tv, música e streaming!

[ RECOMENDADOS ]