fbpx
Curadoria de informação sobre artes e espetáculos, por Carolina Braga

Racionais MCs vem aí, veja por que ele é o grupo mais importante do rap nacional

O Racionais MCs se apresenta neste fim de semana em BH e comemora 30 anos de história

Por Jaiane Souza *

10/09/2019 às 10:07 | * Escreveu com a supervisão de Carolina Braga

Publicidade - Portal UAI
Foto: Klaus Mitteldorf

Os Racionais MCs estão completando 30 anos de carreira e, claro, o grupo de rap mais famoso do Brasil comemora com turnê! Dessa maneira, o show Racionais 3 décadas chega a Belo Horizonte neste fim de semana com sucessos que marcam as três décadas de história. O tema central das composições é a denúncia e a destruição dos pobres e jovens negros da periferia. Além disso, as músicas passam pela temática da miséria, crime, violência, exclusão social, drogas e atuação do Estado. 

Desde a sua criação, em 1988, os Racionais MCs abordam assuntos que são caros à sociedade. Só para ilustrar como ainda é atual, e vai ser por muito tempo, tomamos como exemplo a participação de Mano Brown no show do Djonga no Festival Sarará. Djonga é um dos nomes mais prestigiados do trap/rap atual. A apresentação foi um verdadeiro encontro de gerações, não só pela música, mas também pelos protestos e críticas. 

Em resumo, Mano Brown, Edi Rock, Ice Blue e o DJ KL Jay vêm aí e são nomes fundamentais na história do rap. Vamos ver os motivos?

 

Malcolm X e Public Enemy

Tanto o líder ativista Malcolm X como o grupo norte-americano de hip hop Public Enemy foram as fontes que os componentes dos Racionais beberam no início da carreira. Foi em uma entrevista do grupo Public Enemy que os Racionais conheceram Malcolm X. Ele foi foi um dos maiores defensores do nacionalismo negro nos Estados Unidos. Lutava contra os crimes cometidos contra a população afro-americana e mobilizava os povos negros e brancos a lutar pela mesma ideia. E assim como Malcolm X, os Racionais também defendem os direitos da população negra e periférica, por isso, Malcolm e seu discurso são tão influentes na vida do quarteto do rap.

 

Mano Brown
Foto: Stephanie Hahne

Nome do grupo

Os quatro rappers nomearam o grupo a partir do álbum Tim Maia Racional Vol. 1. O disco do síndico foi lançado após um curto período do artista na Cultura Racional e foi um grande sucesso, já que Tim Maia se afastou das drogas e a voz dele ficou melhor por causa disso. Nesse mesmo período, entre 1974 e 1975, Tim Maia foi para os Estados Unidos e adquiriu referências da soul music. Esse foi outro fator que contribuiu para a  obra dele. Sendo assim, os Racionais MCs se inspiraram não só no nome do trabalho de Tim Maia, mas também nas referências que contribuíram e fortaleceram a cultura negra.

Só para exemplificar como Tim tem influência em Racionais, podemos observar a música Um homem na estrada. Tal canção utiliza Ela partiu como batida e entoa alguns versos do refrão.

Diário de um detento

Em 2 de outubro de 1992 ocorria um dos mais graves massacres em presídios no Brasil: o do Carandiru. Ao todo foram 111 presos mortos pela polícia. Tendo esse triste fato como referência, os Racionais, mais especificamente Mano Brown, escreveu a música Diário de um detento. Além da música, um clipe também foi lançado e fez sucesso. A música ficou em 52º lugar na lista das 100 maiores músicas brasileiras publicada pela revista Rolling Stone.

Em toda história, Diário de um detento foi a única música do grupo a aparecer na lista. Já em dezembro de 2012, o clipe apareceu na segunda colocação na lista de O melhor Clipe Brasileiro de Todos os Tempos, organizado pelo jornal Folha de São Paulo. Além disso, ganhou o prêmio de melhor clipe do MTV Video Music Brasil, VMB, em 1998. Veja a matéria especial do UOL sobre os 20 anos de lançamento do videoclipe

 

 

Os integrantes

Desde a fundação, os Racionais mantêm os mesmos integrantes. Em primeiro lugar, destacamos KL Jay. Ele é DJ e nos Racionais fica responsável pela criação das bases que acompanham o canto. Entretanto, a carreira não começou no grupo de rap. Ele fazia bailes em casas ao lado de Edi Rock, também integrante do grupo. Ao lado de Mano Brown e Ice Blue ele é um dos responsáveis por compor canções, entre os maiores sucessos estão Negro Drama, Rapaz comum, Mágico de OZ e Tempos difíceis.

Em 2012, Edi lançou a música That’s my way, em parceria com Seu Jorge, que foi indicada para Melhor Videoclipe no VMB da MTV Brasil. Contudo, perdeu para Marighella, justamente dos Racionais MCs. Ademais, em carreira solo lançou Contra nós ninguém será com nomes como Flora Matos, Falcão, Emicida, Racionais (de novo eles) e Túlio Deck. 

Ice Blue é o nome artístico de Paulo Eduardo Salvador. O apelido do rapper vem da música Nego blie, de Jorge Ben Jor, porque, segundo Mano Brown, ele sempre andava arrumadinho. Ice Blue é apresentador do programa Balanço Rap, na rádio 105 FM e já organizou festivais de rap em São Paulo. Por último, mas não menos importante, está Mano Brown. Ele é um dos principais compositores dos Racionais e já fez parte da lista dos 100 maiores nomes da música brasileira pela Revista Rolling Stone. Ele ficou com o 28º lugar.

 

Ice Blue
Foto: Webert da Cruz

Dicionário de expressões

Certamente nem todas as expressões ditas e cantadas pelos Racionais são compreendidas de primeira. Geralmente as letras são compostas por palavras tradicionais do contexto do quarteto e do contexto da periferia. Pensando nisso, Hugo Cacique criou o Dicionário Capão. O projeto reúne verbetes escritos à mão em cima de folhas de dicionário. A intenção do fã do grupo é que sejam publicados, pelo menos, 400 verbetes. Por outro lado, o dicionário também é uma homenagem ao grupo, já que ele é referência para Hugo. Ele cresceu em um bairro próximo ao Capão Redondo e, assim como os artistas, tem apreço pelas palavras.

 

COR.RE
s.m.
correria, trampo, bico, tarefa, iniciativa: “E no corre do cash tem que ganhar mais que perder, financiar o seu sonho e acreditar em você”
(Eu Compro)

 

[O QUE] Racionais MC’s: 3 Décadas [QUANDO] 14 de Setembro, 23h30 [ONDE] Km de Vantagens Hall BH, MG [QUANTO] R$ 40 a R$ 80

[COMPRE AQUI]

photo

Arnaldo Antunes vem aí! Leitor do Culturadoria tem desconto para o show

Setembro tem Arnaldo Antunes em BH. E o melhor: os leitores e seguidores do Culturadoria tem 10% de desconto para conferir o show. Ele chega acompanhado do RSTUVXZ Trio para uma apresentação que mistura samba e rock. Bom, o que não falta à carreira de Arnaldo Antunes é referência em diversos gêneros, musicais e literários. […]

LEIA MAIS
photo

Cinco aprendizados sobre Djonga no lançamento do disco ‘Ladrão’

O único artista de rap que eu vi ao vivo foi Criolo. Ou seja, tenho pouquíssima experiência nesse quesito. Eu quis ver Djonga. Talvez já tivesse a sensação do que ele representa. Também do quanto é importante ouvir o que ele tem a dizer. Mais que isso: ver e estar a aberta a tudo o […]

LEIA MAIS
photo

Oficina Feminina de Rap cria espaço permanente para mulheres no hip hop

Você já reparou que em duelos de MCs, eventos de rap e hip hop a presença de mulheres é minoria? Dayana Paula, percebeu e decidiu mudar esse cenário junto de duas amigas: Mikaela Grabriele e Walkiria Gabriele. Elas criaram, então, o projeto Oficina Feminina de Rap a partir do edital da Lei Incentivo à Cultura […]

LEIA MAIS