fbpx
Curadoria de informação sobre artes e espetáculos, por Carolina Braga

Que fim levaram os desenhos da TV Globinho?

Programa ficou no ar de 2000 a 2015 e fez companhia para a criançada nas manhãs durante a semana. Ainda é possível ver os desenhos na internet e na televisão.

Por Jaiane Souza *

14/10/2020 às 07:10 | *Colaborador

Publicidade - Portal UAI
Foto: Fuji Television

Falar em TV Globinho é sinônimo de nostalgia para uma geração inteira: aquelas pessoas que foram crianças nos anos 2000. Afinal de contas era o máximo acordar, pegar um cobertor e ir para a sala assistir a desenhos diversos. O programa foi exibido na Globo de 2000 a 2015. Sendo assim, foi responsável por trazer ao Brasil animações como Homem-Aranha, Dragon Ball Z, Caverna do Dragão e Os Simpsons

Tudo começou com inserções de desenhos no programa Bambuluá, apresentado por Angélica. A partir daí, foi ganhando audiência e espaço até se tornar um programa solo. Em 2012, passou a ser transmitido apenas aos sábados, dando lugar ao É de Casa. Mais tarde, saiu do ar de vez. Isso ocorreu por razões comerciais. O público em geral começou a migrar para a TV a cabo. Especialmente porque passaram a existir canais voltados exclusivamente para o público infantil. Inclusive, a Globosat criou o seu próprio, o Gloob. Mas o que aconteceu com os desenhos depois disso? Continuaram? Onde passaram a ser exibidos?

Dragon Ball Z

O desenho gerou picos de audiência para a Globo durante muitos anos e foi carro-chefe da emissora. No entanto, já havia terminado anos antes, pois foi produzido entre 1989 e 1996. Com 261 episódios, a série mostra a jornada de Goku, um extraterrestre (os Saiyajins) que tem a missão de proteger e conquistar a Terra. Entretanto, ele esqueceu desse objetivo quando aterrissou no planeta e bateu a cabeça. Dragon Ball Z é uma continuação da série anterior Dragon Ball, também exibida pela TV Globinho. Outra continuação foi o Dragon Ball GT.

Vários episódios e até compilados com todos os episódios estão disponíveis no YouTube. Veja aqui

Três espiãs demais!

Todo mundo que via esse desenho tinha vontade de ter um pó compacto que era um comunicador ou um batom com ferramentas no estilo canivete e raio laser. A produção mostra três adolescentes que vivem uma vida comum na escola, mas também são agentes secretas. Elas ajudam a capturar vilões e a resolver crimes em vários lugares do mundo. Ao mesmo tempo em que salvam o mundo, Sam, Clover e Alex lidam com problemáticas típicas da adolescência e adoram fazer compras. 

O desenho foi produzido entre 2001 e 2014, em uma parceria entre França e Canadá. Atualmente está disponível no YouTube e na Netflix

Yu-Gi-Oh

Além de Dragon Ball Z, outro anime japonês transmitido pela TV Globinho, e que fez muito sucesso, foi Yu-Gi-Oh. O desenho acompanha um adolescente que se conecta e divide a mente com um espírito conhecido como Faraó. Isso ocorre após ele completar um artefato egípicio, o Enigma do Milênio. A partir disso, passa a disputar duelos de cartas para se tornar rei dos duelistas. 

Na época da transmissão, as cartas viraram febre nas escolas. A hora do recreio era o momento para a disputa entre amigos. As cartinhas eram encontradas em bancas de jornal, por exemplo. 

A animação é baseada em uma série de mangás escrita por Kazuki Takahashi e foi exibida entre 2000 e 2004. As três temporadas estão disponíveis na Netflix

Os Padrinhos Mágicos

Imagine ter fadas madrinhas para auxiliar em momentos difíceis, ajudar a realizar fantasias e até mesmo dar puxões de orelha quando necessário? Nesse desenho, Timmy Turner tinha isso e muito mais. Com pais extremamente ocupados e uma babá muito da malvada, o garoto de 10 anos tem Cosmo e Wanda como melhores amigos e companheiros. 

O desenho foi transmitido originalmente entre 2001 e 2017 pela Nickelodeon, tendo ficado alguns desses anos na TV Globinho, quando a Disney adquiriu os direitos no Brasil. Atualmente está de volta na Nickelodeon e é um dos grandes sucessos ao lado de Bob Esponja, outra animação transmitida pela TV Globinho. 

Além da TV a cabo, vários episódios estão disponíveis no YouTube. 

Caverna do Dragão

O desenho com mais teorias da nossa lista, foi exibido na Globo, inicialmente, no programa da Xuxa, em 1986. Ele acompanha um grupo de seis adolescentes que atravessam um portal enquanto andam de montanha russa em um parque de diversões. Dessa forma, ficam presos em outro mundo com armas mágicas e precisam enfrentar uma série de desafios para conseguir voltar para casa.

A transmissão original foi de 1983 a 1985 pela rede CBS. São apenas 27 episódios, sendo que o último não foi produzido. A emissora alegou falta de audiência, embora não pareça. O fato é que os especialistas afirmam que foi uma produção muito à frente do seu tempo, com questões místicas e complexas. Nesse artigo da Rolling Stone você encontra algumas das teorias sobre o fim da animação. 

Todos os episódios estão disponíveis no YouTube

TV globinho
Foto: Marathon Media Group / Marathon Media Group The Walt Disney Company France
photo

Projeto mapeia lugares turísticos inusitados em Belo Horizonte

O projeto Visite Belo Horizonte teve que migrar para o digital em 2020. Sendo assim, na quarta edição, criou um vídeo sobre lugares turísticos inusitados em Belo Horizonte. O material percorre e apresenta 15 espaços da cidade que muitas das vezes passam despercebidos aos nossos olhos. Tem o cemitério do Bonfim, Feira dos Produtores, Bares do Santa […]

LEIA MAIS
photo

Programação de lives da semana: 12 a 18 de outubro

A cada semana que se passa a agenda de lives diminui. Os grandes shows e espetáculos estão raros. Contudo, na programação desta semana tem atração para as crianças comemorarem o dia delas. Destaque para os bate-papos. Tem com Sérgio Pererê, Gilberto Gil e Humberto Werneck. Tem ainda, concerto da Lucerne Symphony Orchestra. A orquestra Suíça, […]

LEIA MAIS
photo

Conheça produtos para crianças criados por artistas da música

Que a maioria dos artistas são versáteis não há dúvidas. Pensando musicalmente, eles interpretam diferentes ritmos, canções etc. Entretanto, muitos deles também se aventuram e criam até produtos para crianças, seja para passar um recado, experimentar. Ajudar a desmitificar padrões, tabus ou defender causas. Por isso, aqui vão cinco dicas de artistas da música da […]

LEIA MAIS