Curadoria de informação sobre artes e espetáculos, por Carolina Braga

Pacífica Pedra Branca: a leveza profunda do novo disco de Jennifer Souza

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Além do Brasil, Pacífica Pedra Branca foi lançado em toda América Latina, Europa e Japão. Disco tem participações de Tiganá Santana e da banda Moons. 

Por Carol Braga | Editora

Chique. Coerente. Profundo. Emocionante. Leve. Esses são alguns dos adjetivos que passam pela minha cabeça ao pensar em Pacífica Pedra Branca, o segundo disco solo de Jennifer Souza. Integrante das bandas Moons e Transmissor, uma das idealizadoras do projeto Cantautores e, mais recentemente, agitadora do Teatro Casa Dourada – um espaço que já estou doida pra conhecer – Jennifer é uma mulher que tem a arte como propósito de vida. 

Jennifer Souza. Foto: Luiza Ananias
Jennifer Souza. Foto: Luiza Ananias

Sendo assim, tudo o que faz tem consistência. Pacífica Pedra Branca, então, é o oposto necessário no mundo cada vez mais superficial. O disco tem o patrocínio do UniBH, assim como o Culturadoria.

O álbum gravado durante a pandemia tem nove faixas. Como foi pensado para também sair em vinil, a ordenação das canções tem uma lógica própria. Inclusive, respeita o Lado A e Lado B. Sendo assim, como uma se comunica com a outra, o ouvinte dá o play e faz uma viagem. 

Entrevista

No podcast Culturadoria Entrevista, Jennifer conta que Pacífica Pedra Branca foi um disco construído ao seu tempo. Ou seja, um encontro de canções feitas em diversos tempos e fases da vida. Dessa maneira, tudo isso confere uma textura especial para o trabalho. Confira aqui a entrevista completa: 

Impressões pessoais

O que sempre me chamou atenção nos álbuns solo de Jennifer Souza é como me emocionam. Geralmente, me encanto primeiro pela sonoridade, depois pela maneira como ela canta e, por fim, reparo as letras. Aí, vivo no replay. 

Entre as nove canções, apenas três delas foram compostas com parceiros. Ou seja, com Luiz Gabriel Lopes, Jennifer fez Ultraleve. Na ponta dos pés, é uma criação conjunta com Rafa Castro e Ser no espaço a minha luz, com Fabio Góes. Pacífica Pedra Branca também tem participações de Moons e Tiganá Santana.

Inclusive, ouça sempre Oração ao Sol quando precisar se conectar com você, com o tempo, com o amor que vive em cada gesto. É quase uma meditação guiada que faz bem. A propósito, muito bem!  

Jennifer Souza. Foto: Luiza Ananias
Jennifer Souza lança Pacífica Pedra Branca. Foto: Luiza Ananias

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

[ COMENTÁRIOS ]

[ NEWSLETTER ]

Fique por dentro de tudo que acontece no cinema, teatro, tv, música e streaming!