fbpx
Curadoria de informação sobre artes e espetáculos, por Carolina Braga

Bia Lessa dirigirá Macunaíma com Cia Barca dos Corações Partidos

Por Thiago Fonseca *

30/10/2018 às 10:18 | *Colaborador

Publicidade - Portal UAI
Foto: Igor Oliveira / Divulgação

A companhia Barca dos Corações Partidos vai montar Macunaíma com direção de Bia Lessa. Foi o que revelou Alfredo Del Penho e Renato Luciano, em entrevista ao Culturadoria. Eles estão em cartaz em Belo Horizonte com o espetáculo ‘Suassuna – O Auto do Reino do Sol’.  A montagem tem previsão de estrear em março de 2019, no Rio de Janeiro.

“Decidimos fazer o texto e pensamos em fazê-lo com Cacá Carvalho. Mas, depois de discutir, chegamos a conclusão que a Bia seria uma boa opção. Isso pela linguagem de teatro dela que a gente nunca frequentou. Fizemos o convite e ela aceitou.”, conta. O texto de Macunaína é Mário de Andrade com adaptação de Verônica Stigger. O espetáculo terá direção musical de Alfredo Del Penho e Beto Lemos. A idealização e direção de produção é de Andréa Alves.

Clássico

Ainda segundo Alfredo, Macunaína significa muito para o grupo e além de ser uma das obras mais importantes da literatura brasileira. “Olhar para aquela obra é saber que é uma referência para o Brasil, para o cinema, literatura e o teatro. Uma das peças mais emblemáticas. A literatura é uma paixão dos integrantes do grupo. Estamos muito felizes”.

Quem conhece a companhia e os trabalhos de Lessa pode esperar coisa boa pela frente. Ainda mais aliado ao texto de Mário de Andrade. Macunaíma foi publicado em 1928, é considerado um dos principais romances modernistas do país. A obra é um fragmento de poema sobre a formação do Brasil, em que vários elementos nacionais se cruzam numa narrativa que conta a história de Macunaíma, o herói sem nenhum caráter.

Bia Lessa é uma das mais consagradas diretoras de teatro do Brasil. Dirigiu recentemente ‘Grande Sertão: Veredas’. Ainda soma no currículo direção de vários espetáculos e shows de Maria Bethânia. A companhia Barca dos Corações Partidos nasceu depois da montagem do musical “Gonzagão – A Lenda”, no ano de 2012. Depois disso, embarcou em vários outros espetáculos recebendo diversos prêmios, como por exemplo, o Shell.

Confira a entrevista

[youtube modulo=”2″]9ke8FP5sDak[/youtube]

 

Continua após a publicidade...

photo

‘Sobre ratos e homens’: um clássico que não perde validade

Prepare-se para os dez minutos finais de Sobre Ratos e Homens. O espetáculo em cartaz no Centro Cultural Banco do Brasil pode ser considerado um clássico. Foi escrito por John Steinbeck em 1937. Para aquela época, tratou de um tema contemporâneo: o impacto que a crise de 1929 deixava na vida das pessoas. Lá se […]

LEIA MAIS
photo

‘Gritos’ é a emocionante combinação entre técnica, estética e força poética

Quem fica no pátio interno do CCBB-BH e arrisca olhar o semblante de quem sai da sessão de Gritos, da Cia Dos à Deux, em cartaz por lá até 12 de junho, deve se assustar com a tristeza. É uma jornada que não passa de uma hora. Pouquíssimas palavras são ditas durante esse tempo. Mas […]

LEIA MAIS
photo

‘Cão sem plumas’: a arte sobre o inadmissível de Deborah Colker

Deborah Colker não teve o menor medo. Mesmo com o alerta de Cláudio Assis – sim, o cineasta e novo parceiro de trabalho – sobre risco de briga entre cinema e dança, a bailarina não se importou. “Tem que estar tudo ali. O que for mais espesso, fica. Não tem essa briga”, reproduziu no seu […]

LEIA MAIS