fbpx
Curadoria de informação sobre artes e espetáculos, por Carolina Braga

Jão: 5 músicas para conhecer o artista da nova MPB

O cantor e compositor Jão chega a BH neste fim de semana para lançar novo disco no Grande Teatro do Palácio das Artes

Por Jaiane Souza *

28/10/2019 às 10:47 | *Colaborador

Publicidade - Portal UAI
Capa do disco Anti-herói Foto: Arte de Sergio Cupido

Tudo começou com um canal de vídeos cover no YouTube. João Vitor Romania Balbino fazia versões intimistas de canções que estavam bombando nas paradas de sucesso. Só para exemplificar, ele já cantou Eu sei de cor, de Marília Mendonça, Na sua estante, Pitty e Bang, de Anitta. Uma das que mais se destacou foi Medo bobo, de Maiara e Maraísa. No vídeo, Jão, como ficou conhecido artisticamente, usa apenas um microfone, um fundo branco e um jaqueta rosa como composição. No entanto, o que chama atenção é a interpretação do cantor. Essa foi a música que mais bombou e levou reconhecimento para o artista. Em resumo: os românticos ficaram devastados e apaixonados e os profissionais da música de olho no novo talento da música brasileira. Esses mesmos românticos viraram, então, os fãs de Jão.

Nesta sexta, 01/11, ele se apresenta no Grande Teatro do Palácio das Artes. Traz a BH o show de lançamento do álbum Anti-Herói, que está fresquinho na praça. Saiu dia 10 de outubro, também com dez canções. Ele mantém mesmo clima romântico dos covers que o tornaram conhecido no Brasil.

Jão nasceu em Américo Brasiliense, em São Paulo, foi para a capital do estado estudar Publicidade e Propaganda na USP. Um dia, chutou o pau da barraca e decidiu que a música seria a sua vida. Assim, cantava em bares, karaokês e começou a fazer vídeos para a internet. Mas e aí? O que houve em seguida? Nós selecionamos 5 músicas para você entender quem é o Jão e por que ele conquistou e conquista tantos corações por aí. Confira!

1- Medo Bobo

Já que citamos Medo bobo precisamos falar dela, não é? A música é de uma das duplas revelações do chamado feminejo: Maiara e Maraísa. O cantor chamou a atenção de produtores musicais como Pedro Dash e Marcelinho Ferraz, que atuam em um selo da gravadora Universal Music. Além de fazer sucesso com um hit sertanejo, Jão também cantou outras canções, digamos, diferentonas. 

A música Amor perfeito, por exemplo, originalmente a música é interpretada por Roberto Carlos e também teve gravação de Cláudia Leitte. Jão, mais uma vez acrescentou romantismo à canção e fez com que todo mundo a visse com outros olhos.

2 - Dança pra mim

Em 2016, Jão deu o primeiro passo para a carreira autoral com o lançamento de Dança pra mim. A música foi feita em parceria com o produtor Pedrowl, um dos diversos DJs que entrou em contato quando estava iniciando no mundo da música. Música pronta, clipe simples e no banheiro. Resultado? Mais de dois milhões de visualizações no vídeo. 

3 - Imaturo e Ressaca

Ainda em 2016, o cantor lançou o seu primeiro álbum, mas, antes disso, vieram outros dois singles, Imaturo e Ressaca. Do mesmo modo que a primeira foi sucesso de visualizações, Imaturo atingiu o topo do Spotify Brasil. De maneira idêntica, o YouTube não ficou de fora. Até o momento, o clipe da música tem quase 32 milhões de views. A letra da música fala sobre jovens e os seus sentimentos. 

As imagens do clipe revezam entre crianças com uniforme de escola primária. Jão e outros dois atores usam a mesma vestimenta. Você pode ver o clipe completo para tirar as suas conclusões. Nessas duas músicas, o tom pop e eletrônico ficaram mais evidentes. 

Em seguida, veio o primeiro álbum, Primeiro Acústico, com versões acústicas das músicas lançadas anteriormente. São elas Álcool, Ressaca, Imaturo e Aqui. Este última, inédita. 

4 - Vou morrer sozinho

Bom, aí veio mais sofrimento, como não poderia deixar de ser. Uma das características de Jão é falar muito sobre os sentimentos e as relações. Basicamente, muita coisa que acontece com ele vira música. Não precisa nem explicar muito do que se trata a letra da música Vou morrer sozinho. Mas vale destacar o clipe da música, que tem um tom mais sombrio, só que a música é até animadinha.

Juntamente com a canção veio a maior novidade da carreira: o primeiro álbum de estúdio. Intitulado Lobos, o disco possui dez faixas autorais e entre elas singles lançados anteriormente. Sete das dez músicas da produção ficaram no TOP 200 do Spotify Brasil. Já no iTunes o álbum ficou na segunda posição. Posteriormente, para divulgar o álbum foi feita a Turnê Lobos. O início foi na capital mineira e ao todo foram 46 shows.

5 - Enquanto me beija

Em 2019, mais sofrimento. Jão lançou o segundo álbum de estúdio, que tem ainda mais melancolia ao falar de amor, já que é dedicado ao último relacionamento do artista. O primeiro single é Enquanto me beija, lançado no início de outubro e já passa de três milhões de visualizações. A canção e o novo álbum marcam o início da nova turnê, que chega no dia 01 de novembro em Belo Horizonte. 

Diferentemente do primeiro disco, Anti-herói tem a energia mais calma. O músico dedica as canções para as pessoas que tem “uma angústia pela última noite juntos, uma nostalgia sobre um dia que você bebeu demais e acabou voltando para alguém, ou um sentimento que você achou que só você tinha guardado”, de acordo com as redes sociais. O repertório da apresentação também conta com os outros sucessos de Jão, como Imaturo e Ressaca, citados anteriormente. 

Jão
Foto: Foto Arte de Sergio Cupido
photo

Paula Toller vem aí: relembre grandes momentos do Kid Abelha

Em carreira solo desde que saiu do Kid Abelha, Paula Toller traz o show ‘Como eu quero’ para a capital mineira, no Palácio das Artes. Atire a primeira pedra quem é da geração da década de 80 e não conhece o Kid Abelha. Até para os jovens atuais, o rock melódico – quase pop – […]

LEIA MAIS
photo

Festival Palco Hip Hop aposta em programação multifacetada

Releituras de músicas clássicas dos anos 1960, 1970 e 1980, em versões Hip Hop no projeto Poliphonicos. Este é um dos destaques da oitava edição do Festival Palco Hip Hop – Danças Urbanas. O evento é parte da programação do Verão Arte Contemporânea. Dessa forma, ocupará o CCBB-BH e Sesc Palladium do dia primeiro a […]

LEIA MAIS
photo

Conheça Joana Bentes: artista capixaba com coração mineiro lança novo single

Capixaba, mas com o coração mineiro. Joana Bentes além de artista da música, se aventura em uma série de ocupações. É formada em artes plásticas, é iluminadora e projecionista. Mas o coração bate forte é pela música. Começou a tocar violão aos nove anos, mas somente aos 25, ingressou na carreira musical. Sendo assim, toca, […]

LEIA MAIS
photo

Conheça Dona Jacira, mãe de Emicida, que lançará livro em BH

Se você faz parte dos milhares de seguidores do rapper Emicida, precisa conhecer urgentemente quem é Jacira Roque de Oliveira. Ou, simplesmente, Dona Jacira, como é carinhosamente chamada. Se ele chegou ao posto de um dos artistas mais interessantes no Brasil de hoje, a responsabilidade é dela. A mulher criada na periferia de São Paulo, […]

LEIA MAIS
photo

Quais são as apostas do RAP para 2020? Preste atenção nestes nomes!

A todo momento novos nomes surgem na música. Seja no pop, no rock ou no funk, cada artista aparece com novas referências e experiências para apresentar ao público. Com o rap não é diferente! O estilo surgiu em meados dos anos 1970 entre as comunidades afrodescendentes dos Estados Unidos. É um dos pilares da cultura […]

LEIA MAIS
photo

Palácio das Artes 50 anos: conheça histórias e curiosidades sobre o espaço

O socorro à Agnaldo Timóteo, as semanas ao lado de Fernando Torres – esposo de Fernanda Montenegro – o incêndio no Grande Teatro e dezenas de visitas ilustres. Antônio Carlos de Oliveira, o famoso Pelé, gestor de contrato de manutenção do Palácio das Artes, jamais esquecerá cada um desses momentos. Hoje, com 65 anos, esta […]

LEIA MAIS