Curadoria de informação sobre artes e espetáculos, por Carolina Braga

Dada a largada para o Festival Internacional de Quadrinhos de BH

Por Thiago Fonseca *

22/05/2018 às 18:35 | *Colaborador

Publicidade - Portal UAI
Foto: Ricardo Laf / Divulgação

Foi em um bate-papo na Casa Fiat de Cultura, nesta terça-feira, dia 22, que a Secretaria e a Fundação de Cultura divulgaram a programação da 10ª Edição do Festival Internacional de Quadrinhos de Belo Horizonte. O evento será realizado de 30 de maio a 3 de junho. As atividades se concentrarão na Serraria Souza Pinto e em outros pontos da cidade. Uma das exposições já está montada na Casa Fiat.  Também foi anunciada a programação dos eventos culturais de BH neste ano.

O Festival Internacional de Quadrinhos, que é bienal, dá início ao calendário 2018 de festivais da cidade. Sendo assim, abre caminhos para o “Noturno no Museu’, que será realizado em julho, seguido do ‘Seminário BH Lê’ e da ‘5º Conferência de Cultura’, em agosto. No segundo semestre, BH ainda receberá o ‘Festival Descontormo Cultural’, em agosto, a ‘14ª edição do Festival Internacional de Teatro’, em setembro, e a ‘Virada Cultural’, em novembro.

“Todos os eventos que vamos realizar neste ano já fazem parte da vida cultural da cidade. Antes de assumir a secretaria conversei com a área cultural de BH para entender as demandas. O FIQ, o FAN, o FLI, o FIT e a Virada Cultural estavam presentes nas conversas. Dessa forma, vamos dar continuidade e renovação”, explica o secretário municipal de cultura, Juca Ferreira. Assim, ficarão dois festivais e a Virada Cultural a cada ano. Em 2018 Será a vez do FIQ e do FIT. Já em 2019, BH receberá o FAN e o FLI.

 

 

Festival Internacional de Quadrinhos de Belo Horizonte

A abertura do FIQ será no dia 30 de maio, quarta-feira, às 16h30, na Serraria Souza Pinto. Com a temática “Processos Colaborativos” a edição contará com 26 debates, quatro exposições e cinco oficinas. Ainda homenagens, lançamentos, rodada de negócios, sessões de autógrafos e de cinema de animação, duelo de quadrinhos e atividades interativas. Todas as atrações têm entrada gratuita.

Todo o espaço possui acessibilidade. Dessa forma, haverá intérprete de LIBRAS em todas as sessões realizadas no auditório. A curadoria do FIQ-BH 2018 é assinada por Ana Koehler, Carol Rossetti, Daniel Werneck e Fabiano Azevedo. O evento receberá mais de 500 profissionais, que além de participarem da programação, vão expor seus trabalhos em 217 mesas e 22 estantes.

A homenageada desta edição é Érica Awano. Quadrinista profissional com reconhecida projeção internacional. Além de sua trajetória artística ser retratada em uma exposição que leva o seu nome, ela participará de um bate-papo sobre sua vida e carreira e de uma sessão de autógrafos. Érica iniciou sua carreira na área com a minissérie em quadrinhos “Street Fighter Zero 3”, escrita por Marcelo Cassaro.

Quadrinistas de renome internacional também dessembarcarão no Festival. Entre eles estão o britânico Dave McKean, a belga Flore Balthazar, a francesa Gauthier, a alemã Claudia Ahlering e os italianos Zerocalcare e Mario Alberti. Há ainda, uma centena de convidadas e convidados nacionais, como Eloar Guazzelli, Marcelo D’Salete, Dika Araújo e Rebeca Prado.

 

Continua após a publicidade...

 

Novidades

A democratização dos processos de seleção da participação dos quadrinistas e a aproximação do FIQ de áreas estratégicas, como os games e a animação, são as novidades dessa edição. Desse modo, o MIS Cine Santa Tereza receberá a programação da Mostra FIQ de Cinema. Em nove sessões de cinema de animação, serão exibidos longas-metragens internacionais nos gêneros aventura, ficção científica e fantasia. Por fim, a participação integrada dos setores da Secretaria e da Fundação também é inédita.

Segundo o coordenador do FIQ-BH, Afonso Andrade, a proposta desta edição é abordar os aspectos colaborativos fundamentais na criação de quadrinhos, que serão refletidos na própria programação do festival. “Fizemos uma programação que envolva produções que dialogam com o tema e que procure dialogar com todos da cidade. Assim, queremos oferecer a BH uma mostra rica e aumentar a formação de leitores. Ainda queremos que as pessoas conhecem o trabalho dos quadrinistas”.

Quadrinistas executam obra da exposição “Inarredáveis! Mulheres Quadrinistas”, em exibição na Casa Fiat de Cultura até o dia 29 de julho – Foto: Ricardo Laf / Divulgação.

Exposições

Para que o Festival não dure apenas nos cinco dias, quatro exposições darão ao evento um ar perene. Três serão exibidas na Serraria Souza Pinto. Uma delas dedica-se à trajetória da homenageada da edição deste ano, Érica Awano. A segunda, “Traçado na memória’, mostra o trabalho de 15 quadrinistas de BH e região metropolitana. Em suma, eles retrataram 15 diferentes patrimônios da cidade. Por fim, em “Nilson – Humor, amor e combate” o público poderá conhecer a  história do cartunista nos quadrinhos e no cartum do Brasil.

A quarta exposição do Festival terá enfoque nas mulheres cartunistas e ficará em exibição na Casa Fiat de Cultura, de 22 de maio a 29 de julho. “Inarredáveis! Mulheres Quadrinistas” destaca mais de 80 obras de 12 artistas belo-horizontinas. O nome faz uma alusão ao dito popular mineiro e ao lugar que as mulheres conquistaram e que não vão sair.  Um dos objetivos é mostrar a variedade, o potencial da narrativa dos quadrinhos contado por mulheres.

A quadrinista Chantal Herskovic é uma das artistas que integra a exposição. Ela participa do FIQ desde a primeira edição e destaca a importância do Festival e a Mostra. “Para nós a iniciativa é importante para termos contatos com outros artistas e para podermos divulgar nosso trabalho. Antes de mais nada, uma troca, reflexão e aprendizado sobre o setor. A Cidade também ganha conhecendo essa forma que tem haver com leitura e criação”. Ela não apenas integra a mostra, como também, lançará no Festival seu livro “Juventude”.

Formação

Com o intuito de formar o público e capacitar profissionais o FIQ ainda promoverá cinco oficinas, sendo três de formação e duas básicas. Elas são livres e os interessados podem se inscrever uma hora antes do início de cada oficina. Os dois cursos serão oferecidos nos cinco dias de programação, em horários alternados. Já as Rodadas de Negócios serão realizadas nos dias 30 e 31 de maio, pela manhã, no Centro de Referência da Juventude. Ela são encontros que tem por objetivo ampliar o networking profissional.

O Festival

O FIQ surgiu em 1987 como a Bienal de Quadrinhos, realizada nos espaços nobres e históricos da Serraria Souza Pinto. Entretanto, foi em 1989 que recebeu o nome de Festival Internacional de Quadrinhos (FIQ). Hoje, é considerado o principal festival do gênero na América Latina. Uma vez que, proporciona espaço de encontro para profissionais e reúne diversas atividades que estimulam a capacitação de profissionais e incentivam formação de jovens quadrinistas. Em 2015, o evento recebeu mais de 80 mil pessoas do Brasil e de outros países.

A programação completa do Festival você confere aqui.

[O QUE] 10º Festival Internacional de Quadrinhos de Belo Horizonte [QUANDO] 30 de maio a 3 de junho [ONDE] Serraria Souza Pinto – Avenida Assis Chateaubriand, 809, Centro – BH [QUANTO] Gratuito

photo

Oito atrações especiais para aproveitar o dia das crianças em BH

Este post é especialmente dedicado para quem estará com a meninada em casa no feriado e procura um programa especial para o Dia das Crianças. Afinal, o dia é delas e merecem muita diversão. Tem programação em museus, shows e muito mais. O Culturadoria te dá um norte para aproveitar bem o feriado! Inhotim No […]

LEIA MAIS
photo

Ópera pelo avesso: nos bastidores de ‘La Traviata’

Ao terceiro sinal todos os 11 solistas e 140 músicos da Orquestra Sinfônica e do Coral Lírico de Minas Gerais  estão a postos. Se distribuem entre palco e foço. O abrir da cortina mostra o quão grandiosa é a produção. É o avesso dela que nos interessa revelar. Além dos solistas, músicos e do coral […]

LEIA MAIS
photo

Conheça os artistas que influenciam os ambientes da CASACOR

Amilcar de Castro, Hélio Oiticica, Isaura Pena, Nuno Ramos, Rivane Neuenschwander, Leonilson, Vik Muniz. Estes são apenas alguns dos representantes da fina arte brasileira que marcam presença na CASACOR 2018. Pois é, não pense que o evento montado no Casarão da Rua Sapucaí é uma mostra estritamente de decoração e arquitetura. Aliás, será possível dissociar […]

LEIA MAIS