fbpx
Curadoria de informação sobre artes e espetáculos, por Carolina Braga

Djonga lança clipe emocionante de “Procuro alguém”, música dedicada à filha Iolanda

"O clipe mais bonito que eu já fiz" disse Djonga sobre o novo trabalho que dedicou à filha e à companheira Malu, mãe de Iolanda

Por Jaiane Souza *

13/11/2020 às 14:15 | *Colaborador

Publicidade - Portal UAI
Frame do clipe "Procuro alguém" que tem distribuição digital de ALTAFONTE

Quem pensa que sexta-feira 13 é dia de azar, má sorte ou de energias negativas pode mudar de ideia já! Há alguns anos o rapper mineiro Djonga usa o dia para lançar os seus trabalhos e, desta vez, foi o clipe de Procuro alguém, música do disco Histórias da minha área, lançado em março deste ano. A música foi escrita em homenagem à filha mais nova, Iolanda. É uma verdadeira declaração de amor. 

Na divulgação, Djonga disse que esse era o clipe mais bonito que ele já tinha feito. Realmente é emocionante e todo mundo está concordando com isso. Basta dar uma passadinha nos assuntos mais comentados do Twitter. A produção foi feita em Belo Horizonte e, assim, mostra os principais pontos do centro da cidade. Em alguns momentos, Iolanda aparece gigante em meio aos cenários. 

Mais do que uma música para a filha, Procuro alguém é um clipe que enaltece a vida de Iolanda. Ela nasceu prematura aos oito meses de gestação e passou dias na UTI. Curiosamente o vídeo  também chega oito meses após do lançamento de Histórias da minha área, trabalho mais recente do rapper. 

 

procuro alguém djonga

Frame do clipe “Procuro alguém”. A bailarina Hadassa Baptista representou o coração de Iolanda. O clipe tem distribuição digital de ALTAFONTE

Agradecimentos

No Instagram, Djonga agradeceu às pessoas que compartilharam o momento e a produção do videoclipe. “Todo mundo que trabalhou nesse projeto sabe como a vida da Ioio é um milagre dos mais importantes pra nós e por isso geral pôs muito ali”. Além disso, ele agradeceu ainda à bailarina e modelo Hadassa Baptista “por ser o coração da minha neném nessa obra”. A cena é simplesmente linda, a bailarina dança “dentro” do corpo de Iolanda ainda no útero.

É interessante destacar como a produção audiovisual dos clipes está cada vez mais de braços dados com o cinema. Djonga também agradeceu toda a equipe da produção “feita em BH, por vários profissionais de BH e com vários pretos envolvidos”, concluiu o rapper. 

Em resumo: viva Djonga! Viva Iolanda e Malu!

 

Confira o clipe a seguir.

 

photo

Confira filmes imperdíveis para assistir no Festival Mix Brasil

O Festival Mix Brasil em 2020 será híbrido. Ou seja, até 22 de novembro, o público poderá conferir 101 filmes de 24 países em três plataformas de streaming, no Cine Sesc e outros espaços em São Paulo. O foco, como sempre, será a comunidade LGBTQIA+. Dessa forma, as produções escolhidas abordam a diversidade do tema. […]

LEIA MAIS
photo

Razões para ver a série Afronta! na Netflix

Cantores, compositores, grafiteiros, youtubers, cineastas, dançarinos, rappers e modelos. Quem foi que disse que o povo preto não pode ser diverso, estar onde quiser e conquistar posições de protagonismo? A série Afronta!, da cineasta Juliana Vicente, que estreou em outubro na Netflix prova isso e muito mais. São 26 episódios na primeira temporada que contam […]

LEIA MAIS
photo

Jabuti 2020: conheça cinco autores finalistas deste ano

O Jabuti, maior prêmio literário brasileiro, já tem data marcada para a cerimônia de premiação e já divulgou os cinco finalistas de cada uma das 20 categorias. No dia 26 de novembro, às 19h, conheceremos os nomes destaque da literatura nacional em cerimônia virtual realizada pelo Facebook e YouTube da Câmara Brasileira do Livro.  A edição […]

LEIA MAIS