Curadoria de informação sobre artes e espetáculos, por Carolina Braga

Filmes (com links!) para maratonar em casa nas férias

Longas que se destacaram entre a crítica ou em festivais internacionais nos últimos dois anos

Por Carol Braga

27/12/2018 às 11:07

Publicidade - Portal UAI
Buscando lançamento da Sony Pictures. Foto: Sony Pictures/Divulgação

Com tantos serviços de streaming disponíveis, as janelas de exibição estão cada vez mais curtas. Isso significa que os filmes que chegam aos cinemas, passam bem rápido pela telona e logo estão disponíveis para você ver em casa. Em 2018 parece que esse movimento se acelerou.

A seguir você confere cinco sugestões de longas que já estão disponíveis para ver em casa e que eu fiquei com muita vontade de ver quando eles estiveram nos cinemas mas não deu tempo ;)! Vamos juntos nessa?

 

Buscando… (2018)

O longa dirigido por Aneesh Chaganty apareceu em muitas listas como uma das surpresas de 2018. É o filme de estreia dele, um suspense de categoria. Conta a história do desaparecimento de uma jovem e a busca incessante do pai. Foi lugar comum entre os críticos brasileiros e internacionais dizer que o roteiro é redondo e eficiente. Como se trata de um suspense, pode saber que é daquele tipo de filme que não deixará sua atenção se perder.

Onde você pode ver?

Itunes – Aluguel  R$ 14,90 e Compra R$ 44,90

Now

Google Play – Aluguel R$ 9,90 e Compra R$ 24,90

YouTube – Aluguel R$ 9,90

 

 

Bird Box é lançamento da Netflix. Foto: Netflix/Divulgação

Bird Box (2018)

O ano em que o terror teve destaque entre os lançamentos termina com a chegada de Bird Box na Netflix. Sandra Bullock é a protagonista deste longa dirigido por Susanne Bier. O elenco ainda tem John Malkovich. De acordo com o Filmmelier, a produção tem vibe parecida com a de ‘Um Lugar Silencioso’. A trama gira em torno de um mistério que leva as pessoas a cometerem suicídio. Tenso!

 

Onde você pode ver?

Lançamento exclusivo Netflix

 

The Square: a arte da discórdia. Foto: Pandora Filmes

 

The Square: A Arte da Discórdia (2017)

O filme dirigido por Ruben Östlund fez história em 2017 ao ganhar a Palma de Ouro no Festival de Cannes. Sabe por que? É uma comédia e, em geral, o gênero não costuma ser agraciado em premiações deste naipe. O longa critica com muita ironia a arte contemporânea. Foi indicado ao Globo de Ouro 2018 na categoria de melhor filme estrangeiro.

Onde você pode ver?

Itunes – Alugar R$ 7,90 e Comprar R$ 14,90

Now

Google Play – Alugar R$ 6,90

YouTube – A partir R$ 6,90

Vivo Play

 

Uma noite de doze anos. Foto: Vitrine

 

Uma Noite de 12 Anos (2018)

Este foi representante do Uruguai a uma das vagas ao Oscar de melhor filme em língua estrangeira mas não passou para a final. Reproduz um fragmento importante da história do país. É baseado no livro ‘Memórias do Calabouço’, de Mauricio Rosencof e Eleuterio Fernández Huidobro Logo. Logo após o golpe de 1973 eles foram presos políticos junto com José Alberto “Pepe” Mujica Cordano, o protagonista dessa história que se tornou presidente do Uruguai. Os três quase enlouqueceram e assumiram juntos o compromisso de que se sobrevivessem, contariam essa história juntos. A produção é dirigida por Alvaro Brechner.

Onde você pode ver?

Now

Google Play – Aluguel R$ 9,90

YouTube – Aluguel R$ 9,90

 

Paraíso Perdido. Foto: Vitrine Filmes

 

Paraíso Perdido (2018)

O Brasil não poderia ficar de fora dessa ‘shortlist’ né? O escolhido foi o longa dirigido por Monique Gardenberg e tem entre seus protagonistas ninguém menos que Erasmo Carlos. Ele faz o José, um gerente de uma boate chamada Paraíso Perdido cujas atrações principais são os próprios filhos. Estreou nos cinemas em maio. A qualidade do elenco foi um dos principais aspectos destacados pelas críticas. Também estão no filme Jaloo, Júlio Andrade, Seu Jorge, dentre outros.

Onde você pode ver?

Netflix

 

Continua após a publicidade...

 

photo

Para além dos protestos: as especulações sobre os filmes favoritos ao Globo de Ouro

É bem provável que os comentaristas de moda que costumam fazer a festa no tapete vermelho do Globo de Ouro exercitem variações sobre o mesmo tema em 2018. “Meryl Streep usa um pretinho básico”. “Saoirse Ronan ousa no preto”. E assim por diante com Jessica Chastain, Emma Stone, Frances McDormand, Michelle Williams, Nicole Kidman, Margot […]

LEIA MAIS
photo

‘O cidadão ilustre’ revela a fina ironia dos argentinos sobre o culto às celebridades

A ironia dos argentinos me encanta. Por isso, foi um prazer ver O cidadão ilustre, filme distribuído pela Cineart Filmes em cartaz no Brasil. A produção dirigida em parceria por Gastón Duprat e Mariano Cohn foi a enviada pelo país à disputa do Oscar de melhor filme em língua estrangeira. Ainda que discretamente, podemos fazer […]

LEIA MAIS
photo

‘The Handmaid’s Tale’: um incômodo do início ao fim

Por Victória Farias*  The Handmaid’s Tale, baseado no livro de Margaret Atwood de mesmo nome, promete ser umas das melhores séries de 2017. É o tipo de programa que primeiro assusta com o seu roteiro forte, mas depois encanta com o desdobramento, atuações e fotografia. O incômodo sofrido do início ao fim de cada episódio é […]

LEIA MAIS