Curadoria de informação sobre artes e espetáculos, por Carolina Braga

Biografias (e afins): 5 títulos recentes

Gostou? Compartilhe!

Em compasso de espera pela nova autobiografia de Rita Lee, listamos algumas biografias que foram lançados recentemente

Por Patrícia Cassese | Editora Assistente

Os últimos meses têm sido, inequivocamente, de tentação para os fãs de biografias/autobiografias (e suas variantes). É que desde o final do ano passado estão aportando, nas prateleiras das livrarias virtuais e físicas, títulos tentadores até a medula. Caso de “Um Livro dos Dias”, de Patti Smith,  que sai pela Companhia das Letras. 

Marco Nanini. Foto Paulo BeloteTV Globo.

Trata-se da publicação de fotografias e reflexões pela diva postadas em seu perfil no Instagram. De acordo com a editora, esses registros formam o que poderia ser chamado de “mapa da vida”. Em maio, no dia 22 (Dia de Santa Rita de Cássia, a pedido da própria cantora e compositora), tem a segunda autobiografia de Rita Lee, chancelada pela Editora Globo.

Listamos, aqui, outros chamarizes deste escaninho que vieram à luz recentemente. Confira!

“O Avesso do Bordado: Uma Biografia de Marco Nanini”

(Companhia das Letras, 344 páginas, R$ 119,90)

Lançado no final de janeiro deste ano, o livro da jornalista, roteirista e pesquisadora  Mariana Filgueiras esmiúça a trajetória de um dos maiores atores brasileiros. Nascido em Recife, em maio de 1948, Nanini, que também tem dito a que veio como produtor e dramaturgo, tornou-se querido dos brasileiros. Ele deu o ar da graça em novelas (seara na qual estreou em 1971, em “O Cafona”), bem como no cinema (caso de “Greta”, de 2019, dirigido por Armando Graça), no teatro (em montagens das mais diversas). Além, é claro, também nas séries (como esquecer o corretíssimo Lineu Silva, da extinta “A Grande Família”), entre outras plataformas.

O avesso do Bordado – uma biografia de Marco Nanini. Editora Companhia das Letras.

“Amigos, Amores e Aquela Coisa Terrível: As memórias do astro de Friends”

(Editora Best-Seller, 294 páginas, R$ 59,90)

Com prefácio de Lisa Kudrow, a eterna Phoebe, com quem Perry contracenou na icônica “Friends”, a autobiografia foi lançada no início deste ano. Nesta semana, no entanto, voltou a aparecer nos trendings por conta de uma menção polêmica. Em dado momento, Perry aventa o motivo de Reeves  “ainda caminhar entre nós” enquanto atores como River Phoenix já se foram. Não pegou bem, claro. O astro pediu desculpas, avisando que as próximas edições, mundo afora, terão este trecho suprimido. Mas o foco da obra é a luta do ator contra as drogas (em particular, opióides) e a bebida, com direito a várias cirurgias e internações para rehabs.

“Em Maus Lençóis – Mundo Afora e nos Bastidores com Anthony Bourdain”

(Editora Tordesilhas, 328 páginas, R$ 67,15)

Não se trata exatamente de uma biografia, mas do compartilhamento de memórias de momentos vividos pelo chef, escritor, e apresentador de televisão norte-americano, falecido precocemente em 8 de junho de 2018, aos 61 anos, narrados pelo diretor e produtor Tom Vitale. Em entrevistas, Vitale contou que lançar um livro com bastidores das viagens que fazia com Bourdain era um projeto antigo, mas que ficou em suspenso com a morte do amigo. Dessa forma, ele só retomou o projeto em 2020, e aproveitou a pandemia para analisar as fitas brutas das gravações de modo a se atentar aos detalhes e reavivar a memória. Assim, há relatos da viagem à região da Manchúria, casos ocorridos em Paris ou as memórias de uma viagem pelo Rio Congo.

“Mussum – Uma História de Amor e Samba”

(Editora HarperCollins,  416 páginas, R$ 89,90)

Na verdade, trata-se de uma reedição, revista e atualizada, da biografia do ator e músico carioca Antônio Carlos Bernardes Gomes, o Mussum (1941 – 1994). Escrito pelo jornalista Juliano Barreto, o livro foi originalmente lançado em 2014, pela LeYa. De acordo com a HarperCollins, a nova edição, que aterrissou nas livrarias em fevereiro deste ano, conta com novas fotos, atualizações sobre o legado de Mussum em áreas distintas da cultura brasileira e prefácio da humorista Bruna Braga.

Mussum – uma historia de amor e samba. Editora Harper Collins.

“Marielle: Uma Biografia”

Assassinada em 14 de março de 2018, a vereadora Marielle Franco tem sua trajetória revista em dois lançamentos recentes. O mais novo é “Marielle: Uma Biografia”, da jornalista Audrey Furlaneto, que chega ao mercado em versão audiobook pela Storytel, com narração das atrizes Dira Paes e Gabriela Loran e das cantoras Zélia Duncan e Verônica Bonfim.

Após um intenso processo de pesquisa, com direito a muitas entrevistas, Furlaneto repassa a história da mulher que, mesmo tendo fisicamente saído de cena tão precocemente, e de forma covarde, deixou um legado imenso, tendo se tornado um símbolo de liberdade e luta por dias melhores.

No final do ano passado, a irmã de Marielle, a educadora Anielle Franco, lançou o livro “Minha irmã e eu: Diário, memórias e conversas sobre Marielle” (Editora Planeta, 208 páginas, R$ 49,90). A obra traz um relato sobre a falta que a irmã faz à autora e detalha a relação das duas na infância e na adolescência.

Capa do audiolivro Marielle uma biografia. Storytel.
Biografias e afins: títulos recentes
Biografias e afins: títulos recentes

Gostou? Compartilhe!

[ COMENTÁRIOS ]

[ NEWSLETTER ]

Fique por dentro de tudo que acontece no cinema, teatro, tv, música e streaming!

[ RECOMENDADOS ]