Curadoria de informação sobre artes e espetáculos, por Carolina Braga

Após um hiato de 14 anos, Xuxa volta aos cinemas com “Uma fada veio me visitar”

Gostou? Compartilhe!

No filme “Uma fada veio me visitar”, cujo roteiro adapta o livro de Thalita Rebouças, Xuxa interpreta a fada Tatu

Por Helena Tomaz | Assistente de Conteúdo

Nova investida de Xuxa Meneghel nas telas de cinema, o filme “Uma fada veio me visitar”, adaptação do livro homônimo de Thalita Rebouças, entra em circuito nas salas de todo o Brasil na próxima semana. Apesar de a data de lançamento escolhida ser o 12 de outubro, Dia das Crianças, o filme chega aos cinemas com um objetivo mais ambicioso: o de unir gerações. 

Xuxa e Tontom Perisse como Tatu e Luna. Foto: Blad Meneghel
Xuxa e Tontom Perisse como Tatu e Luna. Foto: Blad Meneghel

Geração X, alfa e z

Isso porque, apesar de se tratar de um longa infantojuvenil, quem contracena com a estreante Tontom Périssé – que, na tela, dá vida à adolescente Luna – é ninguém menos que Xuxa, que, no longa, vive a fada Tatu. Inicialmente, é pertinente lembrar que, apesar de toda a fama que cerca a rainha dos baixinhos, o público-alvo dos filmes do gênero (isto é, crianças e adolescentes de até cerca de 14 anos), no caso da nova geração, não estabeleceu, assim, vínculos tão fortes com a apresentadora. Assim, o papel de Xuxa no filme parece ter outra finalidade: dialogar com quem acompanha o público infantojuvenil no cinema. 

Exatamente por isso, o filme é recheado de referências aos anos 1980. Essa escolha, inclusive, foi uma alteração do texto original, a pedido da própria Xuxa. É que, no livro de Thalita Rebouças, a Fada Tatu tem um guarda-roupa típico dos anos 1960. Em entrevista coletiva, realizada no dia 04 de outubro, da qual participaram jornalistas de todo o Brasil, Xuxa contou: “Quando eu li o livro, fiquei, obviamente, apaixonada. A história é incrível. Eu falei para ela [Thalita] assim: ‘Em vez de a fada ter vestimentas dos anos 1960, que é o que tem no livro, eu poderia fazer dos anos 1980?’. E ela já pirou! Falou: ‘Cara, eu quero!’, Daí, já ficou me imaginando com as ombreiras. 

Da esquerda para a direita, Tontom Perissé, Thalita Rebouças e Xuxa. Foto: Blad Meneghel
Da esquerda para a direita, Tontom Perissé, Thalita Rebouças e Xuxa. Foto: Blad Meneghel

Na entrevista, o elenco de “Uma fada veio me visitar”, também presente, relatou a emoção de contracenar com uma lenda viva da TV brasileira. Thalita Rebouças revelou: “Eu não acreditei (que teria uma das obras dela levada ao cinema com Xuxa no elenco). Ela tem meu Whatsapp, fala comigo, ela sabe meu nome! […] É a fada da minha vida vivendo a fada do meu livro!”, brindou. Já Henrique Camargo, que vive o galã da história, involuntariamente acabou assinalando a diferença geracional em uma fala: “A Xuxa foi uma enorme profissional, sou muito fã. Minha mãe surtou (ao saber que o filho contracenaria com a apresentadora).”

Na verdade, as diferenças geracionais são inclusive tratadas no filme, seja pela idade da personagem Luna, seja pela idade de Tatu. A própria Xuxa explica: “Por mais que a gente fale, no próprio trailer, que o problema dela (Luna) é ser adolescente, a gente tratou os problemas (inerentes a essa fase da vida) com muito respeito.” Thalita Rebouças emendou: “Esse tema, da adolescência, sempre foi muito importante para mim. Estou com eles (adolescentes) há 23 anos, escrevendo.” A autora acrescenta que trabalhar a temática do etarismo (preconceito ligado à idade de alguém) também foi um pedido de Xuxa, e com o qual ela imediatamente se identificou: “Afinal, eu também estou muito nessa!”. 

Xuxa vira Angélica

Ao longo do trailer de “Uma fada veio me visitar”, é possível ver que, dentre as roupas características do período correspondente à era de ouro da apresentadora, Xuxa encarna outros ícones (mais especificamente, nove deles) dos anos 1980, como Madonna, a cantora mineira Clara Nunes e… Angélica (por muito tempo vista como rival de Xuxa)!

Durante a coletiva de imprensa, quando perguntada sobre quais dessas personalidades mais gostou de interpretar, Xuxa respondeu rapidamente: “Vou precisar falar da minha amiga. Foi a Angélica. Porque, aliás, aquela pinta, foi ela que me deu.” Quando os jornalistas sentados à frente dela riram do comentário, Xuxa explicou: “Estou falando sério. Ela tem adesivos da pinta (que tem na perna). Quando falei: ‘Vou fazer você’, ela respondeu: ‘Pode deixar que a pinta eu te mando’. Na hora, achei estranho ela falar isso, mas, pouco depois, chegou, lá em casa, uma caixinha com vários adesivos! Ela tem a pinta dela em adesivo!”

Xuxa como Angélica ao lado de Tontom Perissé como Luna. Foto: Blad Meneghel
Xuxa como Angélica ao lado de Tontom Perissé como Luna. Foto: Blad Meneghel

Tontom Périssé

Apesar de estreante no cinema, Tontom Perissé recebeu vários elogios dos colegas de set durante a coletiva. Xuxa, por exemplo, comentou: “Eu nem posso dizer que é o primeiro trabalho dela, porque, na verdade, acho que ela já nasceu sabendo atuar”. Mais tarde, Tontom confirmou: “Foi meu primeiro trabalho, e fiz com todo esforço e dedicação possíveis’. 

Além de estrelar o filme, Antônia Périssé (que, sim, é filha da atriz Heloísa Périssé) gravou uma música para a trilha sonora, batizada de “Como Iguais”. A faixa também integrará um EP, que será lançado em breve. Vale dizer que a atriz, hoje com 16 anos, se dedica à música há bem mais tempo que a atuação. Nas mídias sociais, inclusive, ela posta vídeos em que canta e toca alguns instrumentos. 

Ao lado dela e de Xuxa, o elenco de “Uma fada veio me visitar” também traz Dani Calabresa, Zezeh Barbosa, Denise Del Vecchio e Lívia Inhudes, além do já citado Henrique Cardoso. A direção é de Vivianne Jundi.

Gostou? Compartilhe!

[ COMENTÁRIOS ]

[ NEWSLETTER ]

Fique por dentro de tudo que acontece no cinema, teatro, tv, música e streaming!

[ RECOMENDADOS ]