fbpx
Curadoria de informação sobre artes e espetáculos, por Carolina Braga

Trattoria D’Agostim Di Paratella inova cardápio pensando no Outono

Tradicional restaurante italiano traz em novo menu carnes exóticas e frutos do mar

Por Gabriel Lacerda *

25/05/2019 às 11:01 | *Colaborador

Publicidade - Portal UAI
Foto: Osvaldo Castro / Divulgação.

Belo Horizonte é capital dos bares e, daqui um tempo, dos restaurantes. Aqui existem vários estabelecimentos que já são tradição para o público mineiro e talvez de todo Brasil. Tanto é que agora a cidade concorre ao título de Cidade da Gastronomia cedido pela UNESCO. Legal, né? E um dos lugares que contribuíram para isso é o D’Agostim Di Paratella.

Antes de começar a contar sobre a casa você sabe o que é um trattoria? E qual a diferença para uma Osteria e um Ristorante? Em resumo, a trattoria é um estabelecimento mais casual. Dessa maneira, Delas são feitas receitas da forma antiga, aquela ‘raiz’!

A osteria, é um outro tipo de lugar que serve vinho e alimentos que exaltam o sabor desta bebida. Em síntese, o que nós podemos chamar de harmonizações. Ok? E o ristorante é bem óbvio. É um estabelecimento bem semelhante ao nosso modelo de restaurante. Nele são encontradas maiores diversidades de comidas e bebidas.

O D’Agostim é considerado uma trattoria. Mas nem sempre foi assim, como conta o chef e sócio-proprietário da casa, Matheus Paratella . “O Thiago tinha uma cafeteria que chamava DA’ Gostim Café & Empório e que o nome remitia: dar gosto! Assim, resolvemos juntar os dois nomes o “DA’ Gostim” e com meu sobrenome “Paratella” e surgiu o D’ Agostim di Paratella”, explica.

A casa foi criada com cuidado nos mínimos detalhes. As luzes são mais baixas, a decoração em madeira e o espaço reduzido foram feitos para trazer o cliente para o mais próximo possível de uma cantina italiana e as tradicionais casas das nonnas.

 

Foto: Osvaldo Castro / Divulgação.

 

Para comer e beber

Apesar do número de restaurantes italianos que seguem à risca o modo de preparo e fogem de “brasilidade” serem baixos, eles existem. No D’Agostim é assim. “O brasileiro é muito difícil de aceitar as tradições, principalmente se não conhece determinada cultura. Gosto de dizer que isso é uma aposta que fazemos ao trazer a tradição italiana para os mineiros. Nós, graças a Deus, conquistamos um público fiel ao nosso restaurante, que tem gostado cada vez mais da culinária piemontesa e que valoriza nossas”, relata o chef do restaurante.

O cardápio da casa muda de acordo com as estações na Itália. Sendo assim, Matheus conta que a cada início de estação eles já alteram todo o menu. Dessa maneira, ele consegue os ingredientes de melhor qualidade e os leva à mesa dos mineiros. Desta vez, podemos destacar como novidades o javali (Cinghiale in Civet – R$ 84) e o ensopados de peixes e mexilhões (LA Riviera – R$ 76) .

Além das comidas italianas, as bebidas também são típicas do país da bota, como o negrone (R$ 26), o aperol spritz (R$ 25) e limoncello (R$ 10). Além dessas, uma das bebidas que devem ser experimentaras é a grappa. O destilado típico da Itália é feito com bagaço de uva e tem, no mínimo, 37,5% de álcool. Por R$ 18 você pode apreciar essa iguaria. Lembre-se: se beber, não dirija.

A cartela de vinhos também é totalmente italiana, variando de R$ 492 (Barolo DOCG 2014 Cordero Di Montezemolo) até R$ 29 que são os vinhos da casa. Esses últimos são servidos em jarras que variam de 200 a 450 ml. Dica importante: peça ao chef sugestões de harmonizações e surpreenda-se.

D’ Agostim Di Paratella

Rua Bernardo Guimarães, 2520 – Lourdes
Funcionamento: Ter 12h – 14h30; Qua – Qui 12h – 14h30 | 20h às 0h; Sex 20h às 0h
Sáb 12h – 16h00 | 20h às 0h; Dom 12h – 16h00

Reservas: (31) 3347-7126

 

Foto: Osvaldo Castro / Divulgação.

photo

Museus para todos: cinco pontos sobre as tendências da área

Rio de Janeiro – Qual a percepção que o brasileiro tem sobre museus? Essa foi uma das perguntas que nortearam a pesquisa ‘Narrativas para o futuro dos museus’, encomendada pelo Oi Futuro e feita em parceria pela Consumoteca. Os resultados, apresentados em evento no Rio de Janeiro, confirmam impressões que sempre tivemos sobre o consumo […]

LEIA MAIS
photo

De Gil a Djonga: Festival Sarará divulga primeiros nomes da edição 2019

2019 será o ano de Gilberto Gil em terras mineiras. Isso porque além de ser o responsável pela trilha sonora do novo espetáculo do Grupo Corpo, ter passado recentemente pelo Meca Inhotim, o baiano é um dos grandes nomes na programação do Festival Sarará, marcado para o dia 31 de agosto. Primeira lista de atrações […]

LEIA MAIS
photo

Cinco motivos para você explorar o universo da Dreamworks no CCBB

Banguela, Soluço, Shrek, Melman, Po. Se você gosta de um desses personagens  de filmes como ‘Como treinar seu dragão’, ‘Shrek’, ‘Madagscar’ ou de tantos outros do universo criado pela Dreamworks pode abrir o sorriso. A exposição que o ocupa o Centro Cultural Banco do Brasil até o dia 29 de julho vai apresentar o avesso […]

LEIA MAIS