Curadoria de informação sobre artes e espetáculos, por Carolina Braga

Tire sua ideia do papel: primeiros passos para começar a empreender

Dicas para começar a estruturar um negócio do zero
Começar a empreender/Foto: Canva
Foto: Canva

Esse post vai para você que: sabe a área em que irá empreender, tem uma noção do seu negócio ou precisa estruturar as ideias. Depois de encontrar com o que quer trabalhar e os tipos de produto irá vender, é hora de ver se o que planejou é possível e, assim, fazer os ajustes possíveis. Aqui vão os primeiros passos para começar a empreender testados na prática.

Propósito

Para mim, o mais importante é trabalhar com propósito. Simplesmente, não consigo me envolver por muito tempo e me doar por inteiro por algo que não acredito. Assim como, sua conexão com seus clientes vai se dar pelo que você crê e quem você é. Por isso, a primeira coisa que fiz para construir minhas empresas foi preencher o “Golden Circle”. Já ouviu falar nele? Simon Sinek (que vocês devem seguir e procurar as palestras, por sinal) fala sobre como uma empresa pode perseverar e atingir o inatingível. Afinal, saber a essência da sua marca é o que vai te ajudar em campanhas, produtos, relacionamento com cliente. Tudo!

 

Aliás, o Simon Sinek têm dois livros ótimos para você que ainda não sabe qual seu propósito de vida ou de marca: “Comece pelo porquê” e “Encontre seu porquê”.

Daqui há 1 ano, quero estar…

Então, quais são os sonhos e metas? É importante saber o que você quer com seu negócio, fazer planos para saber os lugares que quer chegar. Além de ajudar no planejamento, você irá conseguir ver com mais clareza a estrutura de negócio que quer construir para atingir suas metas. Também irá te ajudar nas estratégias e planejamento das ações da sua empresa.

Se sua marca fosse uma pessoa, quem ela seria?

Qual tipo de hábitos sua empresa teria? Qual linguagem usaria? O que gostaria de fazer? Fazer esse exercício te trará mais clareza sobre a sua marca. Além disso, você começará a fortalecer seu branding ao criar a sua brand persona (personificação da sua marca). Esse passo te ajudará e muito a entender como deve se comunicar com seus clientes e é um excelente estudo para começar a empreender. Mesmo que sinta dificuldade no início, não deixe de preencher as características.

Caso precise de mais um empurrãozinho, olhe para os seus concorrentes e faça uma análise: como conversam, se portam, que tipo de conteúdo produzem, o que a marca consegue transparecer para você. Mas lembre-se de olhar para entender como deve fazer e não para copiar a brand persona de outra marca ein! O segredo do sucesso está bastante na autenticidade e a originalidade de fazer e comunicar os produtos, além de outros motivos.

Canvas de Modelo de Negócio

Por fim, é hora de estruturar sua ideia como negócio e ver se ele é realmente viável. Te apresento o canvas de modelo de negócio. Muita gente imprime e preenche com post-its. Mas para facilitar sua vida, te indico o site do Sebrae com a ferramenta para preencher online. Inclusive, foi como eu fiz para a Velu. Tenha atenção na hora de escrever em cada tópico. O truque na hora de pensar em um negócio é ter paciência. Ler, reler e reescrever até achar a melhor versão. Para ter um entendimento inicial de como usar o Canvas, aqui vai um vídeo incrível da Nathalia Arcuri!

Aliás, ela também criou um Canvas personalizado para o Me Poupe na Web. Clique aqui para baixar!

 

Por fim, depois de passar por esses passos para começar a empreender, você pode aprofundar no branding, na criação da persona e etc. É essencial que revisite sempre as informações que anotou. Afinal, o negócio pode evoluir, pivotar (mudar de direção), dentre outras coisas!

Começar a empreender - Simon Sinek/James Duncan Davidson
Foto: Simon Sinek/James Duncan Davidson

[ COMENTÁRIOS ]

[ NEWSLETTER ]

Fique por dentro de tudo que acontece no cinema, teatro, tv, música e streaming!