Curadoria de informação sobre artes e espetáculos, por Carolina Braga

Agenda especial celebra oito anos do Teatro Raul Belém Machado

Gostou? Compartilhe!

Apresentações – shows e peça teatral – podem ser apreciadas desta quinta-feira (11) a domingo (14), no Espaço Cênico Yoshifumi Yagi /Teatro Raul Belém Machado 

A partir desta quinta-feira, 11 de abril, uma programação especial celebra os oito anos de existência do Espaço Cênico Yoshifumi Yagi/Teatro Raul Belém Machado. A iniciativa, que segue até o domingo (14), integra o Circuito Municipal de Cultura. Localizado no Alípio de Melo, o equipamento cultural recebe os shows da banda Suvaco Xêroso, da cantora Giselle Couto e da Velha Guarda Baluartes do Samba. Não bastasse, o espetáculo cênico musical “Três Fadas Moribundas”. Os ingressos são gratuitos.

Música

A programação começa nesta quinta-feira, 11, às 20h, com a Quinta no Raul, que recebe a banda Suvaco Xêroso. No palco do teatro, o grupo apresenta canções de Luiz Gonzaga, Dominguinhos, Fagner, Zé Ramalho e Gal Costa, entre outros. Na sexta-feira (12), às 20h, é a vez da cantora Giselle Couto. Ela mostra o show do projeto “Sem Samba Não Dah”, roda de samba caracterizada por sambas e brasilidades.

Giselle Couto se apresenta nesta sexta-feira (12), às 20h, no Espaço Cênico Yoshifumi Yagi/Teatro Raul Belém Machado (Alexandre Rezende/Divulgação)
Giselle Couto se apresenta nesta sexta-feira (12), às 20h, no Espaço Cênico Yoshifumi Yagi/Teatro Raul Belém Machado (Alexandre Rezende/Divulgação)

Já no sábado (13), também às 20h, quem se apresenta é a Velha Guarda Baluartes do Samba. Formado em 2000, o grupo reúne sete bambas: Nonato do Samba, Fabinho do Terreiro, Lulu do Império, Bira Favela, Raimundo do Pandeiro, Paizinho do Cavaco e Evair Rabelo.

Teatro

Fechando a programação especial, no domingo (14), às 17h, o Espaço Cênico Yoshifumi Yagi/Teatro Raul Belém Machado recebe a peça “Três Fadas Moribundas”. O espetáculo cênico musical tem direção de Joyce Malta e dramaturgia do mineiro Byron O’Neill. No elenco, Carol Oliveira, Paloma Mackeldy e Gustavo Djalva. Na narrativa, as fadas procuram pela asa perdida de uma delas. Desse modo, em meio à busca, falam sobre amizade, perdão e afeto. “Três Fadas Moribundas” questiona padrões rígidos do que se entende por sublime ou grotesco, racional ou insano.

O espaço

O Espaço Cênico Yoshifumi Yagi/Teatro Raul Belém Machado abriga o primeiro teatro público municipal construído fora do perímetro da avenida do Contorno, em BH. O espaço foi inaugurado em 2016 e, em seu nome, rende homenagem a duas personalidades importantes para a cultura da cidade. Primeiramente, o imigrante japonês Yoshifumi Yagi, antigo morador do Alípio de Melo. Falecido em 2009, que protagonizou várias iniciativas pela melhoria da qualidade de vida do bairro e, tal qual, idealizou o pólo cultural. Do mesmo modo, o premiado figurinista, cenógrafo e professor Raul Belém Machado, ou seja, uma figura fundamental das artes cênicas em Minas. Raul Belém faleceu em 2012.

Com área total de 6.655,62 m², o equipamento tem dois ambientes: um espaço aberto (Esplanada), com capacidade para mil espectadores; bem como a Sala de Teatro, para 160 pessoas, que leva o nome de Teatro Raul Belém Machado. Assim, entre 2017 e 2023, o local realizou 793 atividades por lá, totalizando um público de mais de 67 mil espectadores.

Serviço

Serviço | Circuito Municipal de Cultura

Aniversário do Espaço Cênico Yoshifumi Yagi/Teatro Raul Belém Machado

Quando. De 11 a 14 de abril

Onde. Espaço Cênico Yoshifumi Yagi/Teatro Raul Belém Machado (Rua Leonil Prata, s/n – Alípio de Melo)

Quanto. Ingressos são gratuitos. Retirada  pela Sympla

Mais. Outras informações no site do Circuito Municipal de Cultura

Gostou? Compartilhe!

[ COMENTÁRIOS ]

[ NEWSLETTER ]

Fique por dentro de tudo que acontece no cinema, teatro, tv, música e streaming!

[ RECOMENDADOS ]