fbpx
Curadoria de informação sobre artes e espetáculos, por Carolina Braga

Miles Davis, carne e Pampulha: conheça Soul Jazz Burger

Por espculturadoria

21/09/2018 às 11:42

Publicidade - Portal UAI
Foto: Gabriel Lacerda/Culturadoria

Por Gabriel Lacerda burger

Como se destacar no mercado gastronômico competitivo de BH? Essa foi uma das perguntas que Bárbara, Bruno, Érico e Maíra fizeram antes de abrir a Soul Jazz Burger. Os quatros amigos, amantes do ritmo musical, perceberam que não existiam locais na capital mineira no qual as pessoas pudessem aproveitar clássicos do Jazz e ainda comerem bem.

A casa, localizada próximo ao aeroporto da Pampulha, oferece um cardápio vasto. Isto é, são 14 burgers variados e que agradam todos os gostos. Dessa forma, para quem não come carne, a opção fica por conta do Valarie (com salmão) e o At Last (vegetariano). Pensando nas crianças, a Soul Jazz oferece, com preço justo, uma versão de burger infantil, o ABC.

Foto: Luiza Ananias/Divulgação

Diferenciais

Alguns detalhes do lugar chamam a atenção e conquistam os clientes. Por exemplo, os nomes dos sanduíches são de clássicos do jazz e os guardanapos são personalizados com notas musicais. A decoração do ambiente é charmosa. Fotografias de grandes nomes do Jazz e Blues, e alguns instrumentos musicais pendurados no teto enfeitam o ambiente. Quando você for lá, comente aqui sobre a decoração do banheiro. Lá tem algo muito diferente!

Todos os itens juntos dão ao estabelecimento um charme especial. Talvez isso explique a diversidade do público na hamburgueria. Em síntese: eram famílias, casais, amigos e amantes de um dos estilos musicais mais charmosos que existem. Além dos pratos e da decoração, duas coisas também chamam bastante a atenção: o atendimento e a acessibilidade. Pode até parecer estranho, mas a questão da acessibilidade sempre é algo que deve ser falado. A Soul Jazz possui rampas e corredores que facilitam o acesso ao banheiro.

Continua após a publicidade...

Experimentando

Louis Armstrong ficaria feliz com a homenagem do hambúrguer que leva o nome de sua música Summertime (Preço: R$ 31). O prato é um burger de boi, acompanhado de queijo, alface, ovo, cebola caramelizada no pão de australiano. Ou seja, bem apresentado, quente, saboroso e molhado na medida certa. A batata frita que acompanha todos os pratos da casa já vem temperada com sal, então, caso não queira, avise ao garçom!

Outra opção que foi experimentada é o Take Five (Preço: R$ 26). Hambúrguer de boi, cheddar, bacon, cebola caramelizada, alface e tomate no pão australiano com aioli. Um prato que chama a atenção por ser saboroso e a carne ser bem suculenta. Ele vem com molho temperado à parte e estava bem gostoso, sem gosto forte de alho. Certeza que Dave brubeck se deliciaria.

Em resumo: seja para sair com a família, amigos, namorada, ou sozinho, lá é um bom lugar. O charme e a comida são duas coisas que casaram bem e agradam bastante. Não deixe de aproveitar e experimentar esse pedacinho de BH.

 

Foto: Gabriel Lacerda/Culturadoria

Soul Jazz Burger

Endereço: Rua Noraldino Lima 387, Belo Horizonte, MG, 31270-650 – Telefone: (31) 3222-9759

Horário: Terça – Domingo (18h às 00h)

 

Continua após a publicidade...

photo

É oficial: BH volta a ter Secretaria Municipal de Cultura

Por Thiago Fonseca * Pausa na Virada Cultural de 2017, novas diretrizes para o Fundo Municipal de Cultura, manutenção de eventos importantes como Festival Internacional de Teatro Palco e Rua de BH, o FIT-BH, Festival Internacional de Quadrinhos, o FIQ, Festival de Arte Negra, o Fan e outros. Este foram alguns dos temas brevemente tratados […]

LEIA MAIS
photo

Estão à venda os ingressos para Gira, novo espetáculo do Grupo Corpo em BH

Já estão à venda os ingressos para a estreia de Gira, o novo espetáculo do Grupo Corpo em Belo Horizonte. A 39ª montagem da companhia mineira faz uma homenagem a Exu, entidade da Umbanda. Gira tem trilha de Metá Meta e será apresentado junto com Bach, outro marco no repertório do grupo com música criada […]

LEIA MAIS
photo

Curiosidades que fazem a diferença na exposição de Ai Weiwei no CCBB

É claro que ver 1254 bicicletas de Weiwei empilhadas ao lado do Centro Cultural Banco do Brasil, impressiona. Também é surpreendente se deparar com duas toneladas de sementes de girassol, feitas à mão, em porcelana. E os troncos? Gigantescos, no pomposo foyer do prédio histórico. Mesmo que as obras do chinês Ai Weiwei – cada […]

LEIA MAIS