fbpx
Curadoria de informação sobre artes e espetáculos, por Carolina Braga

Julia Branco lança 3ª temporada do projeto “Soltar a conversa”

Disponível em três temporadas no YouTube e no IGTV do Instagram da artista, o programa transita por música, gastronomia, filosofia, feminismo e outros temas

Por Jaiane Souza *

10/02/2021 às 19:27 | *Colaborador

Publicidade - Portal UAI
A cantora, compositora e atriz Julia Branco. Foto: Caca Zech / Divulgação

Em tempos de pandemia, os artistas precisaram se reinventar. Sendoassim, seja no formato, no conteúdo ou na interação, a classe artística foi, e está sendo, uma das mais desafiadas ao longo dos últimos meses. Uma das alternativas encontradas pela cantora, compositora e atriz Julia Branco foi a estreia do programa Soltar a conversa. O nome é derivado do primeiro disco da carreira da artista, Soltar os cavalos.  Em resumo: é uma busca por uma via de encontro. 

A terceira temporada é dedicada a pensar a criatividade e a cultura em 2021. Para isso, Julia Branco conversou com mulheres mineiras com atuação nacional em variados segmentos da cultura. Entre elas, por exemplo, estão Laura Damasceno, que é curadora e jornalista, Sara Lana, artista e pesquisadora, Flora Guerra, engenheira e técnica de som, e Tamara Franklin, rapper e pesquisadora da arte afro-brasileira. Todas as entrevistas estão disponíveis no YouTube e no IGTV do Instagram de Julia Branco. 

 

 

Temporadas anteriores

O Soltar a conversa surgiu em julho do ano passado com conversas gravadas pelo Zoom. O material está disponível no YouTube e IGTV. O objetivo? Se manter perto do público, dos desejos e realizar trocas artísticas.

Já a segunda temporada trouxe uma perspectiva mais amadurecida do confinamento. Dessa maneira, Julia também reflete sobre a importância das conversas. Os encontros duram cerca de 30 minutos. Eles transitam, por exemplo, por temas como astrologia, gastronomia, filosofia, artes visuais, feminismo e, claro, música. Alguns dos nomes que já passaram pelo programa foram Lio Sores (Tuyo), a ativista Preta Ferreira e o astrólogo Dimitri Camiloto, a cozinheira Carol Dini e a filósofa Jéssica Miranda. 

 

soltar a conversa

Foto: Rafael Sandim / Divulgação

 

photo

Site Almanaque do Samba resgata sambas-enredo antigos do Carnaval de BH

A década de 1980 marcou o auge do desfile de escolas de samba na capital mineira. O Carnaval de passarela em BH era o segundo maior do Brasil, ficando atrás apenas do Rio de Janeiro. Nem São Paulo tinha essa grandeza. Pensando em recontar e preservar essa história, o site Almanaque do Samba – A […]

LEIA MAIS
photo

O que esperar da primeira live de Maria Bethânia?

É difícil imaginar essa cena, mas Maria Bethânia disse ao jornal O Globo que aprendeu muito vendo lives. Fico imaginando o que passou pela cabeça dela ao ter se ouvido em um breu absoluto felicitando Gal Costa. Depois, como teria reagido àquela série de equívocos que foi a live da colega. Imagino que Bethânia também […]

LEIA MAIS
photo

A incrível história da Ilha das Rosas: uma utopia baseada em história real

A história de um engenheiro muito do criativo que decide construir uma ilha em “águas internacionais” e declará-la como uma nação independente. Essa é a história do filme A incrível história da Ilha das Rosas, filme italiano disponível na Netflix e dirigido por Sydney Sibilia. Parece loucura, mas trata-se de uma história real retratada com […]

LEIA MAIS