fbpx
Curadoria de informação sobre artes e espetáculos, por Carolina Braga

Show em BH faz manifesto sobre os riscos da mineração

Com Titane, Túlio Mourão e convidados, o show 'Paixão e Fé – Manifesto' terá a presença de ativistas ambientais e moradores de comunidades atingidas por barragens

Por Thiago Fonseca *

18/02/2019 às 10:26 | *Colaborador

Publicidade - Portal UAI
Foto: M. Mourão / Divulgação - Aline Calixto, Túlio Mourão e Titane

O rompimento da barragem na Mina Córrego do Feijão, em Brumadinho, no dia 25 de janeiro, chamou atenção para várias questões sobre os riscos da atividade. É necessário ampliar o debate e a arte faz isso muito bem. Em BH, além do espetáculo Lama, do Grupo de Teatro Andante, um show manifesto, marcado para o dia 21 de fevereiro, também propõe reflexões os sobre impactos da mineração.

No show ‘Paixão e Fé – Manifesto’, que será realizado de graça no Teatro Francisco Nunes, às 20h, os músicos Titane e Túlio Mourão convidam outros artistas, ativistas ambientais e moradores de comunidades atingidas para estimular discussões sobre as consequências da mineração no Estado.

O evento é uma extensão de um projeto realizado pela dupla em 2018 em 10 cidades mineiras que integram o circuito da Mineração em Minas. “Desde a tragédia de Mariana ficamos muito tocados. Eu e o Túlio já tínhamos um duo e resolvemos fazer um CD sobre a mineração. Ele foi gravado em 2017, em Congonhas. Depois recebemos o convite para circular entre as cidades”, conta Titane.

Nas apresentações, a dupla manteve contato com movimentos de ambientalistas e moradores que contribuíram com informações sobre a situação da mineração no estado. Eles fizeram pequenas intervenções durante as apresentações. O show em BH estava planejado para o final de março. Contudo, com o rompimento da barragem da Vale em Brumadinho, o cenário mudou e o show precisou ser adiantado.

 

Titane e Túlio Mourão – Foto: Franciane Curi / Divulgação

 

Paixão e Fé – Manifesto

“Achamos que não dava para esperar mais. A situação está mais assustadora ainda. Sendo assim, precisamos mostrar que nosso posicionamento é urgente”, salienta Titane. Além de incorporar novas canções e depoimentos, o show manifesto do dia 21 contará com nomes da música mineira. São eles: Flávio Venturini, Aline Calixto, Pereira da Viola, Luiz Gabriel Lopes, Mariana Cavanellas, Emílio Dragão e Renato Saldanha.

Com 90 minutos de duração, o show reunirá canções populares, poemas, depoimentos e projeção de imagens. Dessa forma, será dividido em dois momentos: o primeiro com um panorama do real cenário da mineração em Minas Gerais com relato de moradores das próprias comunidades e representantes de movimentos ambientais. Já o segundo, Titane, Túlio e os artistas convidados apresentam as músicas e poemas de Carlos Drummond de Andrade sobre o tema.

“Será um show intenso, pois falamos de perdas. Contudo, precisamos agir e tomar atitudes para que esse ciclo de mineração acabe. A arte tem esse papel. A gente convida todo mundo que se sentiu atingido para que se reúna e discuta conosco esse cenário”, explica Titane. “O evento é importante porque é essa a linguagem chega as pessoas. Diferente dos outros, o discurso artístico atravessa as emoções, e com isso, cria transformações mais profundas”, completa Túlio.

 

 

Continua após a publicidade...

photo

Confira o balanço do Festival Vibra, que misturou arte e esporte no Parque Municipal

Por Thiago Fonseca* A ideia de reunir música, arte e esporte ocupando um espaço público deu certo. O Festival Vibra 2017 reuniu competição de skate, basquete, slackline com pintura urbana, feira e música, tudo ao mesmo tempo. Nos três dias de festa, mostrou que a cidade precisa, e pode ser ocupada por cultura acessível, inclusiva […]

LEIA MAIS
photo

Toni Garrido leva discussões emergentes para UniBH Campus Aberto

A pauta mais falada dos últimos dias, a greve dos caminhoneiros, foi o primeiro assunto a ser tocado no bate-papo musical com Toni Garrido, no UniBH Campus Aberto, na noite desta sexta-feira, dia 25. Foi o vice-reitor, Rafael Ciccarini, que abordou o temam que também foi lembrado por Toni. O cantor ainda falou sobre a […]

LEIA MAIS
photo

Show de Roger Waters a partir da experiência de quem não pode ver

Um dia depois do show de Roger Waters, enquanto ainda tentava elaborar alguma coisa sobre o show, toca o telefone e, do outro lado, Danilo Bayão. Formamos em jornalismo juntos e, como é muito frequente, cada um seguiu seu caminho. Vez ou outra nos encontramos. O telefonema foi justamente para comentar do show. Ambos estávamos […]

LEIA MAIS