Curadoria de informação sobre artes e espetáculos, por Carolina Braga

Savassi Festival tem programação gratuita em vários lugares da cidade

Gostou? Compartilhe!

A edição 2023 do Savassi Festival oferece uma série de atrações neste final de semana, na capital mineira – confira!

Em curso desde o último dia 20, a edição 2023 do Savassi Festival se despede neste domingo. Mas, até lá, várias atrações se espraiam pela capital mineira, muitas, com acesso gratuito. Com o conceito “Outros tempos”, a iniciativa envolve desde atividades voltadas para a formação de público, com projetos como o Jazzinho, direcionado a crianças, até a realização de atividades reflexivas e formativas e um congresso. Neste sábado, às 9h30, por exemplo, a Praça Floriano Peixoto recebe uma apresentação da Orquestra Jovem das Gerais. Fundada em 1997 pelos músicos mineiros Renato Almeida e Rosiane Reis, a Orquestra Jovem das Gerais é uma iniciativa voltada para a promoção do desenvolvimento humano por meio do acesso à arte, cultura e educação.

No mesmo local, mas às 10h30, o Savassi Festival traz uma apresentação do grupo Voilà. “O Jogo das Águas” traz uma “sereia vinda de mares Israelenses”, Shira Ouziel (piano e voz), que canta e convida o espectador a mergulhar nesse jazzinho. E, ainda, um menino corajoso, viajante das águas, Alberto Fernandes (contrabaixo e viola da gamba), e um mágico dos sons, Wesley Moura (percussão).

O veterano Carlos Malta, uma das atrações do Savassi Festival neste final de semana (Daniel Lobo/Divulgação)
O veterano Carlos Malta, uma das atrações do Savassi Festival neste final de semana (Daniel Lobo/Divulgação)

Celso Adolfo

Também no sábado, mas na Livraria da Rua (Rua Antônio de Albuquerque, 913), a jornalista Malluh Praxedes conversa com Celso Adolfo. O cantor e compositor repassa casos de sua trajetória para o público do Savassi Festival. A partir das 11h. Às 12h, a praça Floriano Peixoto recebe “Snoopy e Charlie Brown”, com Cliff Korman/Mauro Rodrigues Quarteto. A ideia é oferecer interpretações e releituras da trilha sonora prestigiando a mistura entre elementos do jazz e da música brasileira. Às 16h, o grupo As Chorosas convida Bárbara Carvalho para ocupar o palco Choro, na Pracinha do Clube de Jazz (Rua Antônio de Albuquerque, 47).

 O Clube de Jazz do Café com Letras (Rua Antônio de Albuquerque, 47) apresenta, às 17h, Carlos Malta Quarteto, com o show “Pimenta”. Na CasaCor Minas, às 17h, tem DJ Aída. Às 18h, na Praça Floriano Peixoto, o Onda de Calor é a bola da vez. O trio de música instrumental é composto por Frederico Heliodoro no baixo, Gabriel Bruce na bateria e Filipe Coimbra na guitarra. Às 18h30, Marcela Nunes se apresenta ali, em frente ao Clube de Jazz, ou seja, mais uma vez, na Rua Antônio de Albuquerque. A flautista apresenta o show Choro Por Elas.

Café com Letras

No Café com Letras (Rua Antônio de Albuquerque, 781, Savassi), às 19h do sábado, o Savassi Festival conta com o Bicudos, duo formado pelos multi-instrumentistas Grazi Pizani (trompetista e cantora) e Pedro Moreira (trombonista, percussionista e cantor). A dupla realiza shows acompanhada por “Seu Conjunto”, que é formado por Leonardo Gomes no violão, Rogério Clementino no contrabaixo e Matheus Marinho na bateria.

Às 20h, na Praça Floriano Peixoto, tem a banda carioca Foli Griô, que mescla o Afrobeat às manifestações populares brasileiras. Às 21h, o Savassi Festival programa, no Clube do Jazz do Café com Letras, o sexteto Aurum. O grupo surgiu a partir do anseio de jovens estudantes da EMESP Tom Jobim de fazer música juntos, e, através disso, construir uma identidade musical própria. Finalmente, às 22h30, o Clube do Jazz do Café com Letras acolhe o show de Carlos Malta.

Programação do domingo

No domingo, às 14h, o palco New Holland (Av. Getúlio Vargas (entre a Praça e Rua Paraíba), do Savassi Festival, recebe o Fantasia FM. Trata-se de uma fanfarra de Belo Horizonte. Fundada em 2022, traz a proposta de arranjar um repertório pop e radiofônico para uma versão desplugada e itinerante, em consonância com o movimento neofanfarrista. E, ainda, inspirada pelo crescimento do carnaval de rua de Belo Horizonte. Em sua formação completa, a banda agrega 13 músicos que tocam instrumentos de sopro e de percussão. No show da Fantasia o público é convidado a dançar e curtir hits dos anos 1970, 1980, 1990 e 2000. Assim, uma viagem no tempo conduzida pelo som dos saxofones, trompetes, trombones, tuba, caixa, surdo e zabumba.

Belina Orkestar

Também no domingo, no mesmo horário, mas no palco Case (Praça da Liberdade), o Savassi Festival oferece show da Belina Orkestar. Criada a partir da paixão de seus integrantes pela cultura balkan, suas fanfarras e canções tradicionais romanis, a Belina Orkestar vai errando pelas ruas de Belo Horizonte, levando um pouco do som do leste europeu com músicas fortes e festivas.

Às 16h do domingo, no palco Unimed BH (Av. Getúlio Vargas (entre a Praça e Rua Alagoas), quem se apresenta no Savassi Festival é Marcelo Galter, pianista, arranjador e compositor baiano. Galter integrou o Letieres Leite Quinteto, e, tal qual, bandas de artistas como Maria Bethânia, Carlinhos Brown e Margareth Menezes. Seu álbum “Bacia do Cobre”, de 2021, é um amálgama das claves de matriz africana com os modos de transposição limitada de Olivier Messiaen. 

A tarde do domingo segue com outras atrações da grade do Savassi Festival, que podem ser conferidas no site oficial do evento. Entre os destaques, tem Júlia Ribas e o Quinteto Fantástico, às 20h, no Palco Unimed BH, na avenida Getúlio Vargas. A atração de encerramento será James Boogaloo Bolden, acompanhado pela Bruno Marques Band, que o seguirá pela tour no Brasil. O show será no palco Case, da Praça da Liberdade, a partir das 20h. É gratuito. Ano que vem, tem mais.

Serviço

Savassi Festival 2023

De 20 a 27 de agosto, em Belo Horizonte

Mais informações: savassifestival.com.br

Instagram.com/SavassiFestival

Gostou? Compartilhe!

[ COMENTÁRIOS ]

[ NEWSLETTER ]

Fique por dentro de tudo que acontece no cinema, teatro, tv, música e streaming!

[ RECOMENDADOS ]