Curadoria de informação sobre artes e espetáculos, por Carolina Braga

Projeto Noites Rocinante chega a BH com shows no Clube do Jazz

Gostou? Compartilhe!

O músico Rafael Macedo abre a temporada nesta quinta-feira, com apresentação no Clube do Jazz do Café com Letras

A capital mineira recebe, a partir desta quinta-feira (20 de abril), uma série de shows do projeto Noites Rocinante, que leva para o palco apresentações dos artistas que compõem o catálogo do selo Rocinante.

Com início no Rio de Janeiro, a temporada de shows passou pelo nordeste e por São Paulo e, agora, chega BH, ocupando o palco do Clube de Jazz do Café com Letras.

O músico Rafael Macedo, em foto de Isis de Medeiros
O músico mineiro Rafael Macedo, em foto de Isis de Medeiros

O mineiro Rafael Macedo foi o nome escolhido para abrir a temporada Rocinante. Até o mês de julho, também passarão por BH os artistas Erika Ribeiro, Sylvio Fraga e Thiago Amud. 

Rocinante, o início

A gravadora e fábrica de discos de vinil Rocinante foi criada em 2018, em Petrópolis (RJ), a partir do encontro do músico e poeta Sylvio Fraga com o engenheiro de som Pepê Monnerat.

O selo Rocinante lança discos em vinil e em formato digital, com destaque para a canção e a música instrumental brasileira na composição de seu catálogo. 

Sair do estúdio

O projeto de shows nasceu do desejo dos donos da Rocinante de sair do estúdio e levar seus músicos para apresentações pelo Brasil, como forma de difundir a música públicos diferentes.  

Em tempo; o nome da gravadora vem do clássico “Dom Quixote”, de Cervantes. Rocinante é o nome do cavalo do protagonista. 

Catálogo

Atualmente, a Rocinante reúne cancionistas veteranos, como Jards Macalé, João Donato, Nelson Ângelo, junto a jovens talentos, como Ilessi, Rafael Macedo, Thiago Amud e o próprio Sylvio Fraga.

No cast da Rocinante, há espaço tanto para uma big band revolucionária (Letieres Leite & Orkestra Rumpilezz) quanto para uma virtuose do piano clássico (Erika Ribeiro). 

Novidades

Também compõem o catálogo os tambores ancestrais e vanguardistas do grupo Aguidavi do Jêje.

E, ainda, expoentes de uma nova música livre brasileira, como o guitarrista Bernardo Ramos, o trompetista José Arimatéa e o pianista Marcelo Galter, dentre outros.

Os discos em vinil são prensados na própria fábrica da Rocinante, com prensas modernas Newbilt, e também em formato digital.

Rafael Macedo

Compositor, arranjador, pianista e cantor, Rafael Macedo, primeiro do selo Rocinante a subir ao palco do Clube do Jazz no projeto, já se apresentou com Hermeto Pascoal, grupo Uakti, Gabriel Grossi e Toninho Horta.

Macedo foi saudado por Arrigo Barnabé de modo arrebatado: “Bem-te-vi portador da esperança, fazendo o som jorrar da rocha estéril com as batidas de teu cajado, salve!”.

Seu primeiro álbum foi “Quase em Silêncio” (2009). Lançado em 2018 pela Rocinante, “microarquiteturas” é o nome do segundo disco de Macedo (dividido com o grupo Pulando o Vitrô).

Pré-lançamento

Abrindo a edição Noites Rocinante BH, Rafael Macedo apresenta parte do repertório do terceiro disco, além de canções inéditas e arranjos de canções emblemáticas da música brasileira.

No palco, ele estará na companhia de Ayran Nicodemo (violino), Alberto Fernandes (contrabaixo), Joana Boechat (piano) e Kamila Druzd (viola). Para a apresentação da noite, Rafael Macedo convida a cantora Jhê.

Serviço

Noites Rocinante –  Rafael Macedo convida Jhê

Quando: Nesta quinta-feira (20), às 20h. Abertura da casa: 19h

Onde: Clube de Jazz (rua Antônio de Albuquerque, 47, Funcionários)

Ingressos no site www.clubedejazzdocafe.com

Preços: área interna: R$ 40 – área externa: R$ 20

Gostou? Compartilhe!

[ COMENTÁRIOS ]

[ NEWSLETTER ]

Fique por dentro de tudo que acontece no cinema, teatro, tv, música e streaming!

[ RECOMENDADOS ]