fbpx
Curadoria de informação sobre artes e espetáculos, por Carolina Braga

Conheça o Refazenda, um pedacinho do interior no coração da capital

Restaurante Refazenda aposta em alimentos típicos do Cerrado brasileiro para atrair público que frequenta o Santê

Por Gabriel Lacerda *

01/02/2019 às 09:46 | *Colaborador

Publicidade - Portal UAI
Foto: Victor Schwaner - Área de Serviço/Divulgação

Cagaita, jurubeba, guariroba e pequi são alimentos que não fazem parte do nosso cotidiano. E muita gente também não sabe que esses frutos são típicos de um bioma brasileiro pouco lembrado na gastronomia: o cerrado. É com a ideia de reverter esse quadro que o Refazenda chega à capital mineira.

Inaugurado há três meses pelo cozinheiro e empresário Gustavo Falco, o restaurante recria as casas da zona rural de Minas. “Eu cresci no interior e de lá vieram minhas inspirações. Tudo aqui me faz lembrar de lá”, conta.

Ao entrar, logo é possível ver a parede com detalhes em tijolo. Ao lado, as plantas que foram colocadas harmoniosamente remetem aos jardins de casa de vó. As luzes são baixas e em cores quentes, o que proporciona a sensação de aconchego.

Gustavo explica que o cardápio é pensado no Cerrado e que o objetivo é mostrar que nesse bioma existe muito o que pode ser aproveitado. “São muitas opções de alimentos que podem ser aproveitados em cada região. Eu sabia que não podia chegar com o cardápio só com alimentos de lá”, explica. “A ideia é, aos poucos, acostumar e conquistar o público com alguns pratos que eles conhecem e aí apresentar nossas especialidades”, finaliza.

 

Foto: Victor Schwaner – Área de Serviço/Divulgação

México e o cerrado combinam?

Tacos de frango com maionese de pequi. Soa estranho, mas o sabor surpreende. Por R$ 24 você consome o prato, que serve bem duas pessoas. Mesmo que tacos não seja seu forte, experimente a maionese. Valerá a pena!

Conhece a jurubeba? Ainda não? Então, experimente o tártare de carne de sol com chips de banana da terra (R$ 28). A refeição serve duas pessoas e harmoniza bem com as cervejas da casa (R$ 6-17).

Para quem deseja almoçar, são sempre duas opções, sendo uma vegetariana, por R$ 12.

Gustavo ainda fala sobre suas ideias para o cardápio, que é trocado quatro vezes ao ano. “Quero ser diferente. Colocar mais pratos vegetarianos e menos com carnes”, conta.

Outra opções na casa são os hambúrgueres de carne serenada (R$ 24), pão com linguiça caipira (R$ 15) e o wrap veggie (R$ 17). A salada (R$ 16) e o mexidinho Refazenda (R$ 21) são outras boas pedidas.

Foto: Victor Schwaner – Área de Serviço/Divulgação

Bebidas e bolo no pote versão raiz

As bebidas são as tradicionais. Cerveja long neck e de 600 ml, refrigerante (R$ 5), e suco natural (R$ 7). O destaque aqui vai para os drinks Paloma (R$ 21) e o Taverna Fire que custa R$ 16.

Creme de chocolate 70% cacau, sorvete de caramelo salgado e bolo de chocolate juntos não tem como ficar ruim. Agora, imagine isso servido num vasilhame de barro e com uma folha de hortelã em cima. Pensou? Pois é, assim que a sobremesa Terrinha de chocolate vem.

A invenção do cozinheiro e dono da casa custa R$ 16 reais e é espetacular!

Roça e modão? Que nada! Roça e Jazz

Toda quinta-feira, o bar e restaurante Refazenda abre as portas para o jazz entrar. Segundo Gustavo, a ideia é que as pessoas fujam do comum e possam relaxar ao som de uma boa música. Então, não percam!

Refazenda Bar e Restaurante 

Endereço: Rua Mármore, 113, Santa Tereza. Funcionamento: Seg 10h – 15h; Ter a Sáb 10h – 23h; Dom 11h – 19h. Instagram: @refazendabh

Preço: $$

 

Continua após a publicidade...

photo

O mundo no Floresta: conheça Trip Food Sapucaí 

A arquitetura, os idiomas e os sotaques, os costumes, as artes e a gastronomia são elementos que nos ajudam a conhecer a cultura de um povo. Foi com a ideia de levar aos belo-horizontinos sabores de outros locais que o Trip Food abriu em BH. A segunda unidade foi inaugurada na badalada da rua Sapucaí, região […]

LEIA MAIS
photo

Vinho simplificado: La Vinicola abre segunda unidade no Buritis

Vinho descomplicado. Foi com essa proposta que os sócios Gustavo Cruz, Ramon Cruz, Victor Barbieri e Vitor Pacheco abriram o La Vinicola em Belo Horizonte. Primeiro, um espaço relativamente pequeno em Lourdes. Aos poucos, cresceu para a loja do lado. Agora, ganhou mais uma unidade no Bairro Buritis. Ou seja, sinal claro de que o […]

LEIA MAIS
photo

Cofice: trabalho, diversão e gastronomia no mesmo lugar

Mesa, cadeira, computador, grampeador e muito papel em cima da mesa com as tarefas da semana. Esse é o típico cenário dos escritório nas capitais, não é? Mas ainda bem que tudo muda e agora é possível fazer aquela reunião semanal em um lugar totalmente diferente, bonito, confortável e, claro, com um cafezinho. Aliás, um […]

LEIA MAIS