fbpx
Curadoria de informação sobre artes e espetáculos, por Carolina Braga

Orquestra Ouro Preto celebra aniversário com nova casa em BH

Por Thiago Fonseca *

16/03/2018 às 16:11 | *Colaborador

Publicidade - Portal UAI
Fotos: Naty Torres / Divulgação

A Orquestra Ouro Preto completa 18 anos e recebe um ótimo presente: durante todo o ano, passará a levar o selo de residente do Sesc Palladium. Agora, ela poderá contar com espaço para ensaios, experimentações e realização de atividades formativas ao longo de todo o ano. A primeira apresentação será no próximo domingo, dia 18, pela Série Domingos Clássicos. A estreia é do concerto “The Beatles Volume 2”.

A parceria das instituições já é antiga, começou por meio da Série Domingos Clássicos, há cinco anos. Agora, o Sesc decidiu evoluir e convidar a Orquestra para ser residente no espaço. Além dos concertos, o público poderá participar de atividades formativas e aproximar-se ainda mais da música.

“Essa parceria repercute a confiança de uma instituição depositada na Orquestra. Continuamos com nossa programação em nossa cidade e fora de Minas. Mas, agora teremos um trabalho mais afetivo e mensal em BH”, diz Rodrigo Toffolo, maestro da Orquestra.

Uma das novidades do projeto é o Fala, Maestro!. Trinta minutos antes de cada concerto, o público terá a oportunidade de participar de um bate-papo e tirar todas as dúvidas com Rodrigo. “Tivemos essa ideia quando identificamos a necessidade do diálogo e da aproximação das orquestras com as pessoas. Com isso, a gente se preocupa com a formação do público e queremos que ele entenda o concerto. O público ainda terá chance de ouvir as histórias e conhecer curiosidades sobre o repertório”, explica Toffolo.

 

Fotos: Naty Torres / Divulgação

PROGRAMAÇÃO DIVERSIFICADA

Durante o ano serão dez atividades abertas ao público a preços populares. A primeira delas será neste domingo, dia 18. É a estreia do concerto Orquestra Ouro Preto – “The Beatles Volume 2”. Com novas canções no repertório e arranjos inéditos, a apresentação propõe uma viagem sonora pela biografia musical da banda. O arranjo mescla a essência da Orquestra a partir de uma combinação inusitada: a união, em um mesmo palco, de uma orquestra de cordas e uma banda de rock.

No dia 08 de abril, domingo,  o Palladium receberá o espetáculo “Valencianas”. Nele, Alceu Valença e Orquestra Ouro Preto apresentam canções com arranjos para música de concerto.  Em 13 de maio, é a vez do “CPLP – Comunidade de Língua Portuguesa”. O objetivo é promover o diálogo entre os acervos musicais dos países de língua portuguesa. Ainda, difundir a música contemporânea de concerto latina, com ênfase na música brasileira.

O lançamento do DVD “Música para Cinema”, no dia 10, marca o mês de junho. Gravado em Ouro Preto, o trabalho presta homenagem à sétima arte, em uma cuidadosa seleção de trilhas sonoras de filmes clássicos do cinema internacional e nacional

Fotos: Naty Torres / Divulgação

HOMENAGENS

Em julho, a Orquestra promove uma troca de passes entre o russo Piotr Ilitch Tchaikovsky e o brasileiro Heitor Villa-Lobos, destacando grandes obras da música universal. O concerto “A Rússia e o Brasil – A música de Tchaikovsky e Villa-Lobos” é inspirado pela Copa do Mundo da Rússia, e será realizado no dia 08.

Agosto é a vez de “Ressurreição – Chico Mário 70 anos”, uma homenagem ao músico mineiro. No dia 12, o concerto contará a história do Brasil, por meio do tempo e dos grandes acontecimentos históricos e musicais do país.

No mês seguinte, no dia 9 de setembro, o Concerto“Quem Perguntou Por Mim: Orquestra Ouro Preto e Fernando Brant” traz a música e poesia. A ideia é  brindar a arte e a cultura de Minas Gerais. O concerto revive grandes clássicos da produção poética de Brant, imortalizadas pela música de Milton Nascimento e a voz de Elis Regina.

Outubro é o mês das crianças e elas não ficarão de fora da programação. O mundo de sonhos de “O Pequeno Príncipe” serve como fonte de inspiração para o novo espetáculo da Orquestra, no dia 14. Escrito pelo Maestro Rodrigo Toffolo, ele explora a linguagem do Teatro de Bonecos, contando a história do personagem.

Em novembro, no dia 11, entra em cena “O Circo de Charles Chaplin”. A Orquestra executará a trilha sonora de O Circo (1928), cobrindo de música as imagens do filme que será exibido durante o concerto. O espetáculo revive ainda os tempos das projeções fílmicas do Cine Palladium.

Encerrando o ano de atividades da Orquestra no Sesc, os músicos apresentam um concerto emocionante para ficar na memória do público, o “Especial de Natal”, no dia 16 de dezembro.

Fotos: Naty Torres / Divulgação

A ORQUESTRA

Criada em 2000, a Orquestra de Ouro Preto é considerada uma das mais prestigiadas formações orquestrais do país. A direção artística e gerência é do titular do Maestro Rodrigo Toffolo. O grupo é premiado nacionalmente e vem se apresentando nas principais salas de concerto do Brasil e do mundo.

No ano em que completa 18 anos a Orquestra terá agenda de atividades cheia. Tem estreias, turnês, gravações e novas parcerias. Percorrerá Minas Gerais, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, São Paulo, Rio Grande do Sul, Bahia, Rio Grande do Norte, Paraíba e Pernambuco. Além do Volume 2 de The Beatles, a Orquestra viajará o país com os espetáculos “Valencianas”, “Música Para Cinema” e “Pequeno Príncipe”.

 

photo

Lenine leva ‘tecnologia do afeto’ para show em Inhotim

“Confesso que como cidadão nunca vi tanta falta de justeza”, desabafa Lenine. Assim mesmo, usando uma palavra que parece fora do lugar para falar sobre adequação. “É porque a justiça está banalizada. Isso gera um desencanto, essa cor sombria que o projeto ‘Em Trânsito’ tem”, justifica. É também por isso que ele abre o disco […]

LEIA MAIS
photo

Festival Palco Hip Hop aposta em programação multifacetada

Releituras de músicas clássicas dos anos 1960, 1970 e 1980, em versões Hip Hop no projeto Poliphonicos. Este é um dos destaques da oitava edição do Festival Palco Hip Hop – Danças Urbanas. O evento é parte da programação do Verão Arte Contemporânea. Dessa forma, ocupará o CCBB-BH e Sesc Palladium do dia primeiro a […]

LEIA MAIS
photo

O indie folk de Devendra Banhart encanta plateia de BH

É muito bonito ver um artista que está no palco para uma real troca com a plateia. É essa a sensação mais marcante depois de ver o encontro de Devendra Banhart e o público de BH. Não que ele tenha feito “o” show diferentão. Foi até bem comum, mas foi de verdade, foi generoso e, […]

LEIA MAIS