Curadoria de informação sobre artes e espetáculos, por Carolina Braga

Orquestra Ouro Preto celebra aniversário com nova casa em BH

Gostou? Compartilhe!

A Orquestra Ouro Preto completa 18 anos e recebe um ótimo presente: durante todo o ano, passará a levar o selo de residente do Sesc Palladium. Agora, ela poderá contar com espaço para ensaios, experimentações e realização de atividades formativas ao longo de todo o ano. A primeira apresentação será no próximo domingo, dia 18, pela Série Domingos Clássicos. A estreia é do concerto “The Beatles Volume 2”.

A parceria das instituições já é antiga, começou por meio da Série Domingos Clássicos, há cinco anos. Agora, o Sesc decidiu evoluir e convidar a Orquestra para ser residente no espaço. Além dos concertos, o público poderá participar de atividades formativas e aproximar-se ainda mais da música.

“Essa parceria repercute a confiança de uma instituição depositada na Orquestra. Continuamos com nossa programação em nossa cidade e fora de Minas. Mas, agora teremos um trabalho mais afetivo e mensal em BH”, diz Rodrigo Toffolo, maestro da Orquestra.

Fotos: Naty Torres / Divulgação

Uma das novidades do projeto é o Fala, Maestro!. Trinta minutos antes de cada concerto, o público terá a oportunidade de participar de um bate-papo e tirar todas as dúvidas com Rodrigo. “Tivemos essa ideia quando identificamos a necessidade do diálogo e da aproximação das orquestras com as pessoas. Com isso, a gente se preocupa com a formação do público e queremos que ele entenda o concerto. O público ainda terá chance de ouvir as histórias e conhecer curiosidades sobre o repertório”, explica Toffolo.

 

Fotos: Naty Torres / Divulgação

PROGRAMAÇÃO DIVERSIFICADA

Durante o ano serão dez atividades abertas ao público a preços populares. A primeira delas será neste domingo, dia 18. É a estreia do concerto Orquestra Ouro Preto – “The Beatles Volume 2”. Com novas canções no repertório e arranjos inéditos, a apresentação propõe uma viagem sonora pela biografia musical da banda. O arranjo mescla a essência da Orquestra a partir de uma combinação inusitada: a união, em um mesmo palco, de uma orquestra de cordas e uma banda de rock.

No dia 08 de abril, domingo,  o Palladium receberá o espetáculo “Valencianas”. Nele, Alceu Valença e Orquestra Ouro Preto apresentam canções com arranjos para música de concerto.  Em 13 de maio, é a vez do “CPLP – Comunidade de Língua Portuguesa”. O objetivo é promover o diálogo entre os acervos musicais dos países de língua portuguesa. Ainda, difundir a música contemporânea de concerto latina, com ênfase na música brasileira.

O lançamento do DVD “Música para Cinema”, no dia 10, marca o mês de junho. Gravado em Ouro Preto, o trabalho presta homenagem à sétima arte, em uma cuidadosa seleção de trilhas sonoras de filmes clássicos do cinema internacional e nacional

Fotos: Naty Torres / Divulgação

HOMENAGENS

Em julho, a Orquestra promove uma troca de passes entre o russo Piotr Ilitch Tchaikovsky e o brasileiro Heitor Villa-Lobos, destacando grandes obras da música universal. O concerto “A Rússia e o Brasil – A música de Tchaikovsky e Villa-Lobos” é inspirado pela Copa do Mundo da Rússia, e será realizado no dia 08.

Agosto é a vez de “Ressurreição – Chico Mário 70 anos”, uma homenagem ao músico mineiro. No dia 12, o concerto contará a história do Brasil, por meio do tempo e dos grandes acontecimentos históricos e musicais do país.

No mês seguinte, no dia 9 de setembro, o Concerto“Quem Perguntou Por Mim: Orquestra Ouro Preto e Fernando Brant” traz a música e poesia. A ideia é  brindar a arte e a cultura de Minas Gerais. O concerto revive grandes clássicos da produção poética de Brant, imortalizadas pela música de Milton Nascimento e a voz de Elis Regina.

Outubro é o mês das crianças e elas não ficarão de fora da programação. O mundo de sonhos de “O Pequeno Príncipe” serve como fonte de inspiração para o novo espetáculo da Orquestra, no dia 14. Escrito pelo Maestro Rodrigo Toffolo, ele explora a linguagem do Teatro de Bonecos, contando a história do personagem.

Em novembro, no dia 11, entra em cena “O Circo de Charles Chaplin”. A Orquestra executará a trilha sonora de O Circo (1928), cobrindo de música as imagens do filme que será exibido durante o concerto. O espetáculo revive ainda os tempos das projeções fílmicas do Cine Palladium.

Encerrando o ano de atividades da Orquestra no Sesc, os músicos apresentam um concerto emocionante para ficar na memória do público, o “Especial de Natal”, no dia 16 de dezembro.

Fotos: Naty Torres / Divulgação

A ORQUESTRA

Criada em 2000, a Orquestra de Ouro Preto é considerada uma das mais prestigiadas formações orquestrais do país. A direção artística e gerência é do titular do Maestro Rodrigo Toffolo. O grupo é premiado nacionalmente e vem se apresentando nas principais salas de concerto do Brasil e do mundo.

No ano em que completa 18 anos a Orquestra terá agenda de atividades cheia. Tem estreias, turnês, gravações e novas parcerias. Percorrerá Minas Gerais, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, São Paulo, Rio Grande do Sul, Bahia, Rio Grande do Norte, Paraíba e Pernambuco. Além do Volume 2 de The Beatles, a Orquestra viajará o país com os espetáculos “Valencianas”, “Música Para Cinema” e “Pequeno Príncipe”.

 

Gostou? Compartilhe!

[ COMENTÁRIOS ]

[ NEWSLETTER ]

Fique por dentro de tudo que acontece no cinema, teatro, tv, música e streaming!

[ RECOMENDADOS ]