Curadoria de informação sobre artes e espetáculos, por Carolina Braga

Online e gratuita: LÂMINA – Mostra Audiovisual Preta ocorre até 9 de junho

A programação da mostra conta com exibição de filmes, sessões especiais, feira, masterclasses, curso e debates

Gostou? Compartilhe!

Voltada para a exibição e discussão do cinema contemporâneo brasileiro produzido e realizado por artistas pretas e pretos, ocorre até o dia 9 de junho a 1ª edição da LÂMINA – Mostra Audiovisual Preta. O evento pretende colocar sob os holofotes expressões e manifestações minoritárias e incentivar a multiplicidade e pluralidade. Ademais, gerar maior disseminação de produções de pessoas pretas para todo o Brasil. Por fim, funcionar como inventário sobre como questões raciais têm ajudado a desenvolver um novo campo semântico e simbólico no mundo das artes, principalmente no audiovisual. Para isso, a LÂMINA conta com exibições de filmes, sessões especiais, feira, masterclasses, curso e debates.

Para compor a programação, a mostra recebeu inscrição de quase 300 filmes de 21 estados do Brasil e do Distrito Federal. Dessa forma, 27 foram selecionados e distribuídos em cinco sessões: Diários pretos, com curadoria de Gabriel Martins; Sonoridade, com curadoria de Castiel Vitorino Brasileiro; Crescer no Cinema, com curadoria de André Félix; ]in[filtr]a]ções], com curadoria de Charlene Bicalho; e PretEspaços, com curadoria de Kênia Freitas. Em resumo, as obras refletem a multiplicidade da linguagem audiovisual, passando por clipes musicais, vídeo-performances, documentários, ficção e outros formatos híbridos. 

Formação e programação

Atividades formativas ocorrem pelo Zoom, todas com vagas limitadas a 90 pessoas com inscrição prévia. Por outro lado, os debates são realizados sempre às 19h pelo canal do YouTube da LÂMINA. Eles contam com a presença de um dos curadores responsáveis pela sessão e dos realizadores de cada produção correspondente. 

LÂMINA
Imagem do filme "Gargaú", de Bruno Ribeiro. Crédito: Pente Garfo Filmes

A programação completa, os vídeos e demais atividades você confere no site da mostra clicando aqui.

LÂMINA
Imagem do filme “Ser feliz no vão”, de Lucas H. Rossi dos Santos. Crédito: Baraúna, Coletivo Preto e Quarentena Voadora

Gostou? Compartilhe!

[ COMENTÁRIOS ]

[ NEWSLETTER ]

Fique por dentro de tudo que acontece no cinema, teatro, tv, música e streaming!

[ RECOMENDADOS ]