Curadoria de informação sobre artes e espetáculos, por Carolina Braga

Dia Internacional das Mulheres: bate-papo com Érica Toledo e Bebel Soares

Gostou? Compartilhe!

Livraria do Belas sedia, neste 8 de março, Dia Internacional das Mulheres, uma conversa sobre temas ligados ao universo feminino

O Dia Internacional da Mulher (ou das Mulheres), celebrado no dia 8 de março, é uma baliza de luta social, para reivindicar mudanças no palco público dos direitos, dos reconhecimentos e das mentalidades, mas é também um dia para se pensar sobre o “trabalho de dentro” que precisa ser feito. É o que defende a psicanalista, jornalista e escritora Érica Toledo, que vai falar sobre o assunto num bate-papo com a também psicanalista e escritora Bebel Soares, nesta sexta-feira (8), às 19h, na Livraria do Belas. 

Na ocasião, as duas vão abordar várias nuances, incluindo a importância de que as próprios mulheres atuem na mudança de paradigmas, fortalecendo a necessidade de se tornarem timoneiras da própria vida, das próprias escolhas. “A gente precisa elaborar e avançar também naquilo que dentro de nós se identifica com as situações de opressão e abuso, que são traumas que nos põem numa posição de vítima. Porque essa contribui para que nos sujeitemos a retraumatizações de novas relações abusivas”, afirma Érica.

Érica Toledo e Bebel Soares discutem temas pertinentes ao Dia Internacional das Mulheres (Fotos de divulgação: Donald Rayment e Studio Malagheta, respectivamente)
Érica Toledo e Bebel Soares discutem temas pertinentes ao Dia Internacional das Mulheres (Fotos de divulgação: Donald Rayment e Studio Malagheta, respectivamente)

“Faca de Ponta”

Érica Toledo, vale lembrar, é autora, junto a Andrea Viviana Taubman, do livro “Faca de Ponta” (Editora Aletria), que traz a troca de cartas entre duas mulheres desconhecidas, que se confessam uma à outra. Assim, são 21 correspondências, ao longo das quais Iara e Clô percorrem histórias de abusos sexuais, violências de gênero, depressão e a experiência com um filho transexual. Desse modo, a revelação dos segredos das personagens, convocada pelo acolhimento anônimo, produz uma profunda reflexão sobre a condição das mulheres. O nome “Faca de Ponta” refere-se ao sentimento defensivo que se instala desde cedo em cada menina e adolescente exposta à violência. 

Sobre a obra, Érica Toledo explana: “Eu acho que a literatura alcança lugares que o nosso discurso, às vezes panfletário, não chega. A poesia chega fundo onde não chega a razão”. Ela lembra que já aconteceu de as duas autores estarem dando entrevista sobre “Faca de Ponta” e a entrevistadora chorar, tal como a cinegrafista. “Porque estamos falando de todas nós. Sendo assim, acho que a melhor forma de falar não é com técnica, com teoria terapêutica, não é com dado estatístico de jornalista. Ou seja, é a gente falar de gente. E a Clô e a Iara são muito gente, porque elas têm muito das nossas histórias pessoais, minha e da Andrea”, prossegue.

Padecendo

Desse modo, a conversa na Livraria do Belas vai caminhar junto à literatura nessa dinâmica. Foi o que Bebel Soares viabilizou há mais de dez anos, quando criou a comunidade Padecendo no Paraíso, de troca de histórias sobre a maternidade. Ela, que narrou a experiência com essa rede de mulheres no livro “Sem Paraíso e Sem Maçã” (Literare Books International), além das próprias vivências relacionadas à maternidade, à depressão e ao tratamento de um câncer, vai se juntar a Érica para abordar temas que dizem respeito a muitas representantes do sexo feminino.

Ainda de acordo com Érica, iniciativas como essa podem corroborar para o reconhecimento de violências, bem como para o discernimento do que disso não é natural. Tal qual, avaliar o que dessas dores, depressões e adoecimentos das mulheres está ligado à realidade de viver em um mundo no qual tantas ameaças pairam o tempo todo. “É preciso ir desvendando isso, porque falar sobre estes temas ajuda a simbolizar, interpretar, a tratar o trauma”.

Serviço

De Objeto a Sujeito – Bate-papo no Dia Internacional da Mulher

Conversa com as autoras Érica Toledo (@ericatoledo_) e Bebel Soares (@padecendo)
Quando. Dia 8 de março (sexta), às 19h
Onde. Livraria do Belas (Rua Gonçalves Dias, 1.581, Lourdes)

Gostou? Compartilhe!

[ COMENTÁRIOS ]

[ NEWSLETTER ]

Fique por dentro de tudo que acontece no cinema, teatro, tv, música e streaming!

[ RECOMENDADOS ]