Curadoria de informação sobre artes e espetáculos, por Carolina Braga

Mimulus leva “Por um Fio” ao palco do Teatro Santo Agostinho

Gostou? Compartilhe!

O elogiado espetáculo “Por um Fio”, da Mimulus Companhia de Dança, terá duas apresentações neste final de semana

Criado em homenagem a Arthur Bispo do Rosário, o espetáculo “Por um Fio” é um dos maiores êxitos do repertório da Mimulus Cia de Dança. Assim, a montagem, de 2009, já foi apresentada mais de 80 vezes, seja no Brasil ou em países como EUA, Portugal, França, Itália e Bélgica. Para quem ainda não viu, ou deseja rever o espetáculo, uma boa notícia. É que “Por um Fio” volta aos palcos de BH neste final de semana. Deste modo, as apresentações, marcadas para sábado e domingo, acontecem no Teatro Santo Agostinho – que, aliás, está completando 25 anos de atividades.

Diretor artístico da Mimulus, Jomar Mesquita fala sobre o retorno de “Por um Fio”. “Primeiramente, vivemos um momento em que Bispo do Rosário é reconhecido mundialmente. Assim, suas obras são expostas nos principais museus. Por isso estamos de volta a BH com essa criação. E, também, a convite do Teatro Santo Agostinho, por conta da comemoração dos 25 anos da casa”.

Cena de "Por um Fio", da Mimulus Cia. de Dança (Foto: Guto Muniz/Divulgação)
Cena de "Por um Fio", da Mimulus Cia. de Dança (Foto: Guto Muniz/Divulgação)

Arthur Bispo do Rosário

Ainda segundo Jomar, o fato de “Por um Fio” se manter em repertório deve-se, também, à parceria com o Instituto Unimed BH. O espetáculo, vale dizer, tem sido apresentado para estudantes e também adaptado a espaços alternativos, em fragmentos ou nas intervenções urbanas. “É do caráter da Mimulus humanizar espaços públicos, popularizar a cultura, conhecer pontos de vista dos espectadores sobre aspectos da vida contemporânea. E, além disso, de envolvê-los em ações artísticas e de áreas afins. A arte como forma de inclusão e como fonte de pesquisa e de aproximação com o público”.

Em “Por um Fio”, a Mimulus transpõe o fascínio de Arthur Bispo por bordados, escritos e amontoados para braços e corpos que bordam coreografias. Emaranhado de fios elétricos, filamentos das lâmpadas incandescentes. Elementos que se confundem com os fios condutores das coreografias e com a sucata do trabalho dos bailarinos, que lhes servem de matéria prima para a composição da obra.

Assim, cenário e luz partem do emaranhado que tece a memória das coisas. Do mesmo modo, dos inventários do mundo e de suas coleções, das repetições que reverberam o anonimato. Nele se fazem presentes a luz e a sombra, a loucura, a memória, o outro lado da vida intrincada no seu fazer”.

Serviço

“Por um Fio” – Mimulus Cia. de Dança
Apresentações neste sábado, 2, às 21h, e no domingo, às 19h.
No dia 5 de setembro; terça-feira, às 15:00: ensaio aberto para estudantes de escolas públicas, seguido de bate-papo com a equipe de criação.

Teatro Santo Agostinho (Rua Aimorés, 2.679, Santo Agostinho)
Ingressos: R$ 50 (inteira) e R$ 25 (meia)
Vendas pelo Sympla

Gostou? Compartilhe!

[ COMENTÁRIOS ]

[ NEWSLETTER ]

Fique por dentro de tudo que acontece no cinema, teatro, tv, música e streaming!

[ RECOMENDADOS ]