Curadoria de informação sobre artes e espetáculos, por Carolina Braga

Mês do Terror: lançamentos para assistir hoje nos cinemas 

Gostou? Compartilhe!

Outubro é oficialmente o mês dos lançamentos de terror e suspense no cinema, não é mesmo?

Por Gabriel Pinheiro | Colunista de Literatura

Outubro é oficialmente o mês dos lançamentos de terror e suspense no cinema, não é mesmo? Após um longo inverno de produções interrompidas ou lançadas diretamente no streaming devido à pandemia, outubro de 2022 já está bombando de lançamentos. E mais: tem outros filmes imperdíveis por vir.

Smile, representante do Terror. Foto: Paramount
Smile, representante do Terror. Foto: Paramount

Sorria

A terapeuta Rose Cutter atende uma mulher em aparente crise nervosa, que testemunhou dias antes o suicídio de um professor. Levada aos prantos para o pronto-socorro psiquiátrico, a paciente alega estar sendo perseguida por uma entidade, que finge se passar por outras pessoas e estampa um sorriso escancarado no rosto – um sorriso nada amigável, mas amedrontador. Questionada por todos ao seu redor acerca da própria sanidade, a mulher comete suicídio em frente à Rose. A partir daí, a própria terapeuta passa a sofrer com supostas alucinações e acontecimentos estranhos, semelhantes àqueles narrados pela paciente.

“Sorria” é o primeiro longa de Parker Finn, inspirado no curta “Laura Hasn’t Slept”, também dirigido por ele, de 2020. O filme é protagonizado por Sosie Bacon, filha dos atores Kevin Bacon e Kyra Sedgwick. Talvez você a conheça de “Mare of Easttown”, série protagonizada por Kate Winslet. Bacon brilha no elenco estelar daquela produção.

Filme

Sosie entrega aqui uma ótima performance, responsável por boa parte do impacto do filme no espectador. Assim, sentimos de maneira muito próxima o tormento da personagem, numa evolução crescente rumo à uma espiral de desespero causada pela presença da entidade maligna. A direção de Parker é sólida, remetendo ao trabalho de James Wan – responsável por uma muito bem vinda renovação no cinema de horror contemporâneo que, por sua vez, bebeu na fonte de Alfred Hitchcock – nos movimentos de câmera e uso da trilha sonora. Repleto de bons jump scares, o filme também assusta no uso da luz e sombra, onde tentamos identificar o que se esconde no escuro.

O longa é uma bela adição a esse subgênero dentro do horror, onde maldições são passadas de uma vítima para outra, como “O chamado”, de Gore Verbinski, e “Corrente do mal”, de David Robert Mitchell. Para além do horror sofrido pela protagonista, é interessante observar, ainda, o comportamento daqueles ao redor da personagem, enquanto creem que ela está sofrendo um colapso mental, expondo a maneira como, muitas vezes, lidamos com distúrbios mentais e suas consequências em outrem.

Morte. Morte. Morte.

Um grupo de jovens se reúne em uma mansão para passarem juntos por uma grande tempestade, em uma festa – em inglês, uma “hurricane party”. Enquanto, do lado de fora, a chuva se torna cada vez mais torrencial, do lado de dentro, doses cavalares de álcool, drogas e medicamentos embalam a noite do grupo. Até que os convidados decidem dar início a um jogo. Em resumo: alguém é assassinado e todos precisam descobrir quem é o culpado. O que era para ser uma brincadeira termina numa sequência de mortes reais e os sobreviventes precisam descobrir o assassino antes que seja tarde.

Primeiro filme em língua inglesa da diretora holandesa Halina Reijn, é produzido pela famigerada A24, empresa responsável, por exemplo, por “Midsommar” e “Hereditário”, longas de horror do americano Ari Aster. O elenco inclui as atrizes Amandla Stenberg (a Rue da franquia “Jogos Vorazes”) e Maria Bakalova (indicada ao Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante por “Borat 2”).

Slasher

O longa trabalha elementos do terror, sobretudo do gênero slasher, de maneira bem inventiva. Ou seja, não espere um terror no sentido estrito do termo. Então, caminhando entre o gênero e a comédia ácida, o longa de Halina Reijn tem como principal foco uma crítica a comportamentos da Geração Z, do esvaziamento dos discursos ao abuso de drogas como forma de fuga da realidade. 

Pensa num grupo de jovens ricos, que não saem da tela do celular e sentem que o mundo gira ao redor deles e de seus problemas? Uma série de clichês dessa geração dominam os diálogos do grupo de amigos que, enquanto correm contra a morte, soltam lugares comuns acerca de temas como gaslighting, saúde mental, silenciamento e lugar de fala. Assim, pulseiras neon e as lanternas do celular iluminam a maior parte da trama, quando a energia da casa cai devido à tempestade, num trabalho interessante de fotografia, que contribui para o suspense.

Próximas estreias de terror para ficar de olho:

Halloween Ends

Estreia: 13 de outubro

Em Halloween Ends a saga de Michael Myers e Laurie Strode chega ao fim no último filme da série. Em resumo: o filme promete ser a última participação de Jamie Lee Curtis, a eterna Rainha do Grito, na franquia.

Convite maldito

Estreia: 27 de outubro

Após a morte da mãe e não tendo outros parentes conhecidos, Evie (Nathalie Emmanuel) faz um teste de DNA e descobre um primo que desconhecia. Convidada pela recém-descoberta família para um casamento luxuoso em Inglaterra, Evie é seduzida pelo sensual anfitrião e atirada para um pesadelo enquanto descobre os segredos e as intenções inquietantes por detrás da sua generosidade.

A Luz do Demônio

Estreia: 02 de novembro

O longa narra a história da Irmã Ann, que é atormentada por um demônio desde a sua infância. Com a alta dos casos de possessões demoníacas, a Igreja Católica cria escolas de exorcismo destinadas somente para padres. Um professor enxerga o potencial de Ann em expulsar demônios e decide ensiná-la a dominar o seu dom, a tornando a primeira freira exorcista.

Terror Halloween Ends. Crédito: Universal
Terror Halloween Ends. Crédito: Universal

Gabriel Pinheiro é jornalista e produtor cultural. Escreve sobre literatura aqui no Culturadoria e também no Instagram: @tgpgabriel

Gostou? Compartilhe!

[ COMENTÁRIOS ]

[ NEWSLETTER ]

Fique por dentro de tudo que acontece no cinema, teatro, tv, música e streaming!

[ RECOMENDADOS ]