fbpx
Curadoria de informação sobre artes e espetáculos, por Carolina Braga

Livros e filmes para entender e repudiar o fascismo

Confira livros e filmes para entender como regimes extremistas podem prejudicar a democracia

Por Jaiane Souza *

03/06/2020 às 09:30 | *Colaborador

Publicidade - Portal UAI
Cena do filme V de Vingança. Crédito: Warner Bros

Nos últimos dias, o Brasil e o mundo vêm passando por diversas manifestações antifascistas e a favor da democracia. Por aqui os atos são principalmente contra o presidente Jair Bolsonaro e os seus apoiadores, que pedem intervenção militar (sim, igual na ditadura) e no Supremo Tribunal Federal, o STF. Por outro lado, nos Estados Unidos, além de antifascistas, os protestos são em repúdio à violência contra a população negra. Isso porque George Floyd, homem negro, foi morto por um policial branco em Minneapolis. Ele ficou cerca de oito minutos ajoelhado sobre o pescoço de Floyd.

Todos esses fatos trazem à tona discussões sobre o fascismo, um sistema político, entre outras diversas características, autoritário, totalitário, antidemocrático e repressivo, que surgiu na Itália no período entre guerras e foi criado por Benito Mussolini.

No campo da arte, esses fatos são retratados para refletir sobre assuntos complexos por diferentes pontos de vistas e perspectivas. Por isso, selecionamos livros e filmes que vão te fazer pensar sobre o assunto e repudiar políticas opressoras. Confira!

Mussolini e a Itália fascista, de Martin Blinkhorn

Com linguagem descomplicada e precisão nas explicações, o historiador Martin Blinkhorn explica o que é o fascismo, passando pelo seu significado, ascensão na Europa e também como Mussolini desenvolveu a política e chegou ao poder na Itália com um regime autoritário. É uma opção interessante para ter uma base sobre o assunto e entender o contexto do seu surgimento, bem como comparar com o momento no qual vivemos. O livro foi lançado em 1984 e é considerada uma das principais obras sobre o tema, servindo para estudantes e demais pessoas interessadas no assunto. 

Disponível a partir de R$ 22,41

O que é Fascismo?, de George Orwell

Conhecido por distopias de sucesso como 1984 e A revolução dos bichos, Orwell também atuou como jornalista, sendo repórter e colunista de diferentes veículos. Dessa forma, na coletânea O que é fascismo? estão presentes 24 ensaios publicados entre 1930 e 1940, que retratam o fascismo e outras vertentes e pensamentos políticos. É uma oportunidade para conhecer um Orwell além da ficção e das distopias, já que ele analisa e reflete a política, o cinema e outros temas. 

À venda a partir de R$ 23,90.

O Nexo Jornal publicou um trecho do livro no site. Clique aqui se já quiser ir adiantando a leitura.

Como conversar com um fascista, de Marcia Tiburi

Neste livro a filósofa e escritora Márcia Tiburi reflete sobre o autoritarismo no dia a dia do Brasil e defende o diálogo como forma mais eficaz de resistir ao fascismo e aos ataques à democracia. Tudo isso com linguagem acessível e de fácil entendimento, “sem cair no jargão acadêmico”, como diz a descrição da obra. 

Como conversar com fascistas foi publicado em 2015, quando Dilma Rousseff assumiu pela segunda vez a presidência do Brasil. As discussões políticas acaloradas podem ser refletidas pelo livro de Tiburi, que se torna atual novamente diante do cenário político, econômico e social, brasileiro e mundial. 

Disponível a partir de R$ 29.

fascismo Cena do filme A onda. Crédito: Constantin Film e Highlight Film

Cena do filme A onda. Crédito: Constantin Film e Highlight Film

V de vingança, de  James McTeigue (2008)

O filme se passa em uma Inglaterra futura e distópica, regida por um governo totalitário liderado pelo ditador fascista Adam Sutler (John Hurt). Ele é responsável por comandar as forças de segurança, a mídia e provocar sequestros, tortura e assassinato aos opositores. Além disso, a censura está presente em todas as suas formas e impede manifestações culturais artísticas e religiosas.

Ademais, existe um toque de recolher, mas Evey (Natalie Portman) se arrisca, sai a noite e é atacada por seguranças do governo. É aí que entra o personagem principal! V (Hugo Weaving) salva a jovem de um estupro coletivo. Ele é um opositor do governo que quer a todo custo destruir o sistema. O personagem ficou conhecido por usar a máscara de Guy Fawkes, um especialista em explosivos que fez parte da Revolução da Pólvora (1605), iniciativa que tinha objetivo de matar o rei Jaime I na Inglaterra. Atualmente a máscara também é associada ao  grupo hacker Anonymous.

O filme é inspirado na graphic novel de Alan Moore, ilustrada por David Lloyd e foi dirigido por James McTeigue.

Disponível no HBO Go, Looke, YouTube Filmes e Google Play.

A onda, de Dennis Gansel (2008)

O filme se passa em uma escola alemã, na qual os alunos precisam escolher entre duas disciplinas: autocracia ou anarquia. O professor Rainer Wenger (Jürgen Vogel) é escalado para a turma de autocracia contra a sua vontade. Assim, decide fazer o experimento de criar um governo fascista dentro da aula. Aos poucos o movimento cresce entre os alunos, que dão o nome de “A Onda” para a iniciativa e escolhem até um uniforme. Mas o que o professor não esperava é que a situação sairia de controle, tornando-se um movimento real que acaba ultrapassando os muros da escola. 

Disponível no Telecine Play.

A  outra história americana, de Tony Kaye (1998)

O filme conta a história de Derek Vinyard (Edward Norton) um jovem supremacista branco que desenvolveu ao longo da vida ódio por negros e contra as minorias. Ele é influenciado por um líder da sua cidade e acaba também se tornando comandante juvenil de skinheads da região. Após ser preso por matar brutalmente três homens negros que tentaram roubar o carro que foi do pai, Derek passa a ser um herói para uma espécie de comunidade neonazista e é admirado por todos. Entre os admiradores está o irmão Danny (Edward Furlong), que pretende seguir os passos do mais velho. No entanto, Derek, após a experiência na cadeia, começa a rever os seus valores racistas e a questionar a construção deles. A ideia, então, é fazer com que o irmão não siga os mesmos passos que ele. 

Disponível no YouTube Filmes, no Google Play e no HBO Go.

 

photo

Cinco livros para ler mais autoras e autores negros 

Como em diversas outras artes, a produção literária feita por autores negros foi e ainda continua sendo invisibilizada. Entretanto, as narrativas são diversas, passando por todos os gêneros, como poesia, biografia, poesia e romance, por exemplo. Por isso, selecionamos algumas obras para que você leia e embarque nesse universo riquíssimo da produção literária feita por […]

LEIA MAIS
photo

José Saramago: cinco livros para embarcar na narrativa do autor

Há 10 anos morria José Saramago, escritor português vencedor do Prêmio Nobel de Literatura, em 1998, e do Prêmio Camões, em 1995, o mais importante da língua portuguesa. Nome fundamental da literatura contemporânea, Saramago deixou um legado de obras que abordam a sociedade, fazendo críticas à política, reescrevendo religião (a exemplo de O evangelho segundo […]

LEIA MAIS
photo

Cinema na quarentena: Retrato de uma Jovem em Chamas

No filme Retrato de uma Jovem em Chamas, vencedor do prêmio de melhor roteiro no Festival de Cannes em 2019, a pintora Marianne (Noémie Merlant) recebe uma missão um tanto quanto diferente. Ela precisa fazer um retrato de Héloïse (Adèle Haenel) baseado, apenas, nas próprias memórias. A jovem nobre que passa temporada em uma isolada […]

LEIA MAIS