Curadoria de informação sobre artes e espetáculos, por Carolina Braga

Leo Gandelman apresenta projeto Quadrilátero CCBB BH

Saxofonista Leo Gandelman apresenta série com quatro shows, cada um dedicado a um naipe de instrumento e com quatro convidados diferentes
Projeto Quadrilátero Foto Duharte Fotografia
Projeto Quadrilátero Foto Duharte Fotografia

Valorizar os encontros e explorar potencialidades de quatro famílias de instrumentos. Assim podemos resumir o Quadrilátero, projeto que chega ao Centro Cultural Banco do Brasil de Belo Horizonte no dia 28 de julho para temporada presencial até o dia 01 de agosto. Idealizado pelo músico Leo Gandelman, cada show tem uma temática própria e também um quarteto de músicos. 

A estreia do Quadrilátero será no dia 29 de julho com Pretinho da Serrinha, Robertinho Silva, Marcos Suzano e Marcelo Costa, na percussão (dia 29/7). “Esses quatro percussionistas são músicos com tendências bem diferentes”, ressalta Gandelman. A noite de estreia tem como tema Da África às Américas

Na sexta, 30 de julho, será a vez do próprio Leo Gandelman se encontrar com Mauro Senise, Zé Carlos Bigorna e o mineiro Nivaldo Ornelas. “Acho que o Nivaldo tem hoje uma influência sobre todos os saxofonistas vivos hoje no Brasil”, comenta Leo. A programação segue com o tema choro e Afro Sambas com Rogério Caetano, Luis Barcelos, João Camarero, Henrique Cases. 

O projeto Quadrilátero termina no dia 01 de agosto com um quarteto feminino formado por Janaina Salles, Carla Rincon, Inah Kurrels, Jocelynne Huiliñir Cárdenas tocando Radamés Gnattali, Astor Piazzolla e Villa Lobos. 

O retorno 

Leo Gandelman voltou a pisar em um palco de teatro com o retorno do projeto ao Centro Cultural Banco do Brasil no Rio de Janeiro. Ele conta que em um primeiro momento estava muito assustado. Agora, para a temporada em BH, se sente mais seguro com as duas doses da vacina. Serão, no máximo, 120 pessoas na plateia.

“A gente está desacostumado a viver esses momentos de interação social. A pandemia criou não só novos hábitos mas também certos medos. É um movimento de tentar retornar àquela vida que a gente conhecia antes”, conta.

Projetos

Ao mesmo tempo em que percorre os CCBBs com o projeto Quadrilátero, Leo Gandelman se mantém ativos com projetos paralelos. Atualmente ele grava duas séries audiovisuais relacionadas a música. Vamos tocar revisita a história da MPB e Hip Hop Machine apresenta um olhar para o futuro. 

“As letras falam muito da realidade, do pé no chão, da cultura popular”, comenta. Baco Exu do Blues, 3030 e muitos outros participaram da primeira temporada, também disponível no Spotify. A segunda temporada vai buscar as origens e a tradição do rap brasileiro. 

Veja a entrevista completa com Leo Gandelman

Serviço Projeto Quadrilátero

Dia 28 de julho, às 20 horas – Percussão – Pretinho da Serrinha, Marcos Suzano, Marcelo Costa e Robertinho Silva. Tema: Da África às Américas

Dia 29 de julho, às 20 horas – Sax – Leo Gandelman, Mauro Senise, Zé Carlos Bigorna, Nivaldo Ornellas. Tema: Ary Barroso e Moacyr Santos

Dia 30 de julho, às 20 horas – Cordas dedilhadas: Rogério Caetano, Luis Barcelos, João Camarero, Henrique Cases. Tema: Choro e Afro Sambas

Dia 31 de julho, às 15 horas – Masterclass com Leo Gandelman

Dia 1º de agosto, 20 horas – Cordas de arco: Janaina Salles, Carla Rincon, Inah Kurrels, Jocelynne Huiliñir Cárdenas. Tema: Radamés Gnattali, Astor Piazzolla e Villa Lobos

[ONDE] Centro Cultural do Banco do Brasil (CCBB) – Teatro 1 – Endereço: Praça da Liberdade 450 – Belo Horizonte

[QUANTO] R$ 30,00 (inteira) / R$ 15,00 (meia)

[COMPRE AQUI]

Leo Gandelman Foto_ Cafi
Leo Gandelman Foto_ Cafi

[ COMENTÁRIOS ]

[ NEWSLETTER ]

Fique por dentro de tudo que acontece no cinema, teatro, tv, música e streaming!