Curadoria de informação sobre artes e espetáculos, por Carolina Braga

Instante Invisível: o esporte como arte nas fotografias de Eugênio Sávio

Exposição com 138 fotos produzidas ao longo de mais de 30 anos na cobertura de eventos esportivos ao redor do mundo
Instante Invisível. Foto Carol Braga
Instante Invisível. Foto Carol Braga

Já posso confessar que o espírito olímpico demorou um pouco para chegar até aqui? Me emocionei na abertura dos jogos de Tóquio. Mas, o coração vibrou mesmo, foi com a conquista das medalhas por Rayssa Leal, Italo Ferreira e Rebeca Andrade. O esporte desperta algo muito bom na gente. Foi exatamente isso o que também senti ao visitar a exposição Instante Invisível. Ela reúne as fotografias de Eugênio Sávio no Centro Cultural Unimed-BH Minas (Rua da Bahia, 2.244, bairro de Lourdes). Quanta beleza! 

São 138 imagens registradas ao longo de 30 anos dedicados à fotografia, sobretudo a esportiva. Com curadoria de João Castilho e Pedro David, Instante Invisível apresenta como arte o trabalho realizado muitas vezes com finalidade jornalística. Mostra como estes dois universos se conectam graças a um olhar que sempre procurou o instante único, diferenciado. É o caso de Eugênio Sávio.

Viagem

A experiência em uma exposição precisa ir além dos objetos de arte em si. Neste caso, a fotografia. A maneira como elas estão dispostas. A escolha das cores que ocupam as paredes da galeria, das texturas (também feitas a partir dos cliques do Eugênio). Em resumo: são detalhes que fazem diferença na viagem que o artista e os curadores nos propõem.

Instante Invisível foi pensada a partir de três eixos. No entanto, divido minha experiência em cinco partes. Tem o futebol à direita, os esportes olímpicos à esquerda. Duas instalações com registros de natação e futebol ficam no centro, assim como as mesas com as credenciais de eventos do mundo inteiro e as revistas.

A última parte é dedicada a belos cliques despretensiosos de outros temas, incluindo viagens. Dessa maneira, Instante Invisível estimula nosso olhar com cores vibrantes e nosso coração com a memória do que o esporte é capaz de fazer com a gente.

Dedique um tempo a observar os detalhes dessa exposição. Por exemplo, os curadores tiveram o cuidado em alinhar elementos que podem passar despercebidos. Sendo assim, logo na entrada, não deixe de ler o texto que apresenta a mostra. A essência do Eugênio Sávio está ali assim como a origem do fotógrafo. Bem do ladinho, observe a primeira foto. Tudo começou em um jogo do Galo dia 23 de setembro de 1982. 

Venha visitar um pouco de Instante Invisível com a gente! 

Instante Invisível fica aberta à visitação de terça-feira a sexta-feira, das 10h às 20h. Sábado, domingo e feriados, das 11h às 18h. A entrada é gratuita com limite de 30 pessoas. O uso de máscara é obrigatório. Para agendar visitas mediadas, presencial ou on-line, encaminhe um e-mail para educativogaleria@minastc.com.br. 

SERVIÇO INSTANTE INVISÍVEL

[O QUE] EXPOSIÇÃO “INSTANTE INVISÍVEL”

[QUANDO] Até 26 setembro de 2021. Terça-feira a sexta-feira, das 10h às 20h. Sábado, domingo e feriados, das 11h às 18h.

[ONDE] Galeria de Arte do Centro Cultural Unimed-BH Minas (rua da Bahia, 2.244. Lourdes) em resumo

Instante Invisível. Foto Carol Braga
Instante Invisível. Foto Carol Braga

[ COMENTÁRIOS ]

[ NEWSLETTER ]

Fique por dentro de tudo que acontece no cinema, teatro, tv, música e streaming!