Foto: Reprodução Inhotim Arte Presente’
31 out 2018

Inhotim vira tema de série que discute arte e natureza

A multiplicidade de linguagens artísticas contemporâneas encontradas no Inhotim ultrapassou plataformas e agora ganha uma série. ‘Inhotim Arte Presente’ tem direção de Pedro Urano, produzida pela Camisa Listrada e coproduzida pela Quarteto Filmes. Dividida em treze episódios a série documental mostra, dessa maneira, diversas perspectivas da arte.

A produção será exibida no Canal Curta! a partir do dia 13 de novembro. Entretanto, nesta quinta-feira, dia 1, o público poderá conferir os dois primeiros episódios no Sesc Palladium. Às 19h, será exibido o episódio sobre a fotógrafa Claudia Andujar. Logo em seguida, às 20h30, o dedicado a Giuseppe Penone. A sessão será comentada. Os ingressos devem ser retirados 30 minutos antes.

Já de 15 a 18 de novembro, o Inhotim exibirá quatro episódios da série por dia, na igrejinha do Instituto durante a tarde. É só chegar.

A montagem

Foi durante a abertura da galeria Psicoativa, quando foi gravar um vídeo, que Pedro pensou em fazer uma série sobre o Inhotim. Em 2016, a produtora Júlia Nogueira recebeu convite do Canal Curta! e pensou no diretor para o projeto.

Dessa forma, durante dois anos, eles gravaram cenas no Inhotim e no estúdio dos artistas espalhados pelo mundo. Sendo assim, estão na série Giuseppe Penone, Matthew Barney, Tunga, Cildo Meireles, Olafur Eliasson, Claudia Andujar, Chris Burden, Miguel Rio Branco, Rirkrit Tiravanija, Jorge Macchi, Jochen Volz, Allan Schwartzman, Gianfranco Maraniello, por fim, Davi Kopenawa e outros.

“A série está dividida em duas partes. Dez episódios com os artistas que possuem obras no Inhotim e outra com três episódios sobre o Instituto. Queremos mostrar a complexidade da arte de nosso tempo e sua perspectiva sobre a atualidade. Dessa maneira, mostrar a história da arte contemporânea, do lugar e dos artistas. Muitos deles reconhecidos e importantes. São conversas que ultrapassam a arte, falam do mundo e de questões mais profundas”, explica Pedro.

 

 

Inhotim na TV

De acordo com o diretor, a série pode ser vista sem necessariamente estar em uma ordem. Os episódios tem pouco mais de 50 minutos. Serão exibidos sempre às terças-feiras, às 23h, com reexibições ao longo da semana. Depois, ‘Inhotim Arte Presente’ estrará disponível na plataforma de streaming Net Now.

“Essa é uma oportunidade de mostrar para o público o que é o Inhotim e a interação de integração de arte e natureza. Hoje o Instituto é o segundo mais importante do Brasil. Um lugar que as pessoas tem uma experiência que não é só com a arte, mas também com a natureza. É uma oportunidade interessante onde a gente consegue falar disso em uma serie documental. Não é uma produção rasa.  É profunda. Nos faz pensar sobre a arte”, afirma a produtora Julia Nogueira.

 

Continua após a publicidade

Gostou? Compartilhe!

Artigos Relacionados

Quatro tópicos sobre o filme Bohemian Rhapsody

Com tantas opções de entretenimento que temos hoje, grande parte delas você nem precisa sair de casa, quando decide ir ao cinema, por exemplo, tem que ser uma experiência que realmente faça diferença. Pois Bohemian Rhapsody, a cinebiografia do Queen, é um filme que deve ser visto sim na tela grande. Se for no IMAX, […]

Leia Mais

Pérolas no Mar: o poético cinema contemporâneo da China

Jianqing (Boran Jing) é um jovem do interior da China que sonha em se dar bem no mercado de videogames de Pequim. É um rapaz romântico. Xiaoxiao (Dongyu Zhou) também é uma garota de uma cidade pequena. Procura ser alguém na vida no competitivo mercado da capital. Não é tão ambiciosa. É uma moça que […]

Leia Mais

O primeiro homem: experiência com grife Damien Chazelle

Não há dúvidas de que o diretor de O primeiro homem, Damien Chazelle, é um garoto prodígio. Aos 33 anos ele já recebeu três indicações ao Oscar e tem uma estatueta em casa pela direção de La La Land (2016). Mas não é isso que faz dele um jovem cineasta fora da curva. É o […]

Leia Mais

Comentários