Curadoria de informação sobre artes e espetáculos, por Carolina Braga

Palácio da Liberdade recebe obras sacras de Hélio Faria

Gostou? Compartilhe!

A exposição “É Noite de Natal: Pinturas do Artista Hélio Faria” traz nove obras em óleo sobre tela do publicitário e artista

A arte sacra de Hélio Faria (1929-2020) compõe a exposição “É Noite de Natal: Pinturas do Artista Hélio Faria”, que será inaugurada nesta terça-feira, dia 5 de dezembro, no Palácio da Liberdade. São nove obras, todas realizadas a partir da técnica óleo sobre tela. A mostra tem curadoria da Fundação Clóvis Salgado (FCS) e integra a programação do Natal da Mineiridade. Os quadros, vale dizer, compõem o acervo do Palácio da Liberdade.

A exposição poderá ser visitada pelo público em geral desta quarta-feira, dia 6, até o domingo, dia de janeiro de 2024. A entrada no Palácio da Liberdade é gratuita, e a classificação, livre. Publicitário reconhecido, Hélio Faria também se dedicou à pintura sacra e à literatura infantojuvenil, tanto escrevendo quanto ilustrando livros. Como artista plástico, realizou diversas exposições em Minas, São Paulo, Rio de Janeiro, Salvador e Santa Catarina. O artista faleceu em 2020, aos 91 anos.

Uma das telas de Hélio Faria que estarão na mostra do Palácio da Liberdade (Hélio Faria/FCS/Divulgação)
Uma das telas de Hélio Faria que estarão na mostra do Palácio da Liberdade (Hélio Faria/FCS/Divulgação)

Sagradas famílias

Com obras que vão de 1990 a 1996, os quadros da exposição “É noite de Natal” trazem releituras da natividade por meio de imagens tipicamente mineiras. Assim, entram em cena as montanhas, serras, igrejas e comunidades de Minas. Hélio Marques de Faria, um dos seis filhos do artista, reforça o impacto da religião na obra do pai. “A relação dele com a fé está em tudo que fez, seja como publicitário, mas principalmente como artista plástico. A dedicação à pintura sacra, expondo os principais fatos da Bíblia como se acontecidos em Minas, deixa clara a proximidade com o divino”, ressalta.

As nove obras também se destacam por evocar o universo lúdico das crianças, por meio de cores saturadas, formas arredondadas – mas ainda assim muito figurativas – e traços simples. Ou, ainda, aos livros para colorir dados às crianças. Uiara Azevedo, gerente de Artes Visuais da Fundação Clóvis Salgado, afirma que a força das obras do artista mineiro reside justamente na combinação desse olhar e do tema, universais, junto a uma ambientação regionalizada. “A estética ‘infantil’ – no sentido mais bonito e criativo da palavra – é o que torna as imagens criadas por Hélio Faria tão próximas de todos nós”.

Serviço

Exposição de obras de Hélio Faria

Data: 6/12/23 (quarta-feira) a 7/1/24 (domingo)

Horários de visitação: De quarta a sexta-feira, de 12h às 17h, e aos sábados, domingos e feriados, das 10h às 17h

Local: Palácio da Liberdade (Praça da Liberdade, s/nº)

Classificação Indicativa: Livre

Entrada franca

Informações para o público: (31) 3236-7400

Gostou? Compartilhe!

[ COMENTÁRIOS ]

[ NEWSLETTER ]

Fique por dentro de tudo que acontece no cinema, teatro, tv, música e streaming!

[ RECOMENDADOS ]