fbpx
Curadoria de informação sobre artes e espetáculos, por Carolina Braga

Grupo Galpão lança HQ e exposição da peça Os Gigantes da Montanha

Espetáculo dirigido por Gabriel Villela se torna revista em quadrinho pelo traço de Carlos Avelino. Exposição fica em cartaz até 14 de julho

Especial para o Culturadoria | Por Jaiane Souza

03/06/2019 às 13:14

Publicidade - Portal UAI
Grupo Galpão. Carlos Avelino/Reprodução

Qual o papel da arte e da poesia neste mundo em que vivemos? Foi a partir desta indagação que os atores do Grupo Galpão, o artista plástico multimídia Carlos Avelino, o Grupo Autêntica e a Casa Fiat de Cultura desenvolveram duas novidades para os amantes da cultura. Primeiro, uma versão em historia em quadrinhos da peça Os Gigantes da Montanha. Depois, a exposição Os Gigantes da Montanha – Grupo Galpão em: Do teatro aos quadrinhos, em cartaz na Casa Fiat de Cultura.

Tudo começou quando o Grupo Galpão apresentou a montagem dirigida por Gabriel Villela na Praça Roosevelt em São Paulo. Um espectador, em especial, ficou tão encantado com tudo que viu que reproduziu tudo em traços. E mais: mandou algumas ilustrações para a capital mineira. Os atores e o diretor gostaram e resolveram, então, fazer uma história em quadrinhos.

“Quando eu vi a caracterização dos personagens, a história, aqueles figurinos lindos bordados ao estilo barroco, eu percebi que eles estavam prontos para animação”, explica Carlos Avelino, artista plástico multimídia. A obra é uma produção dele, em parceria com o Grupo Galpão e realização da Editora Nemo, do Grupo Autêntica.

Adaptação

A intenção da releitura para os quadrinhos é ampliar a abrangência do público e gerar novos interessados na obra de Luigi Pirandello, o autor do texto encenado pelo Galpão. “Foi uma experiência muito rica para todos nós colocar a obra desse artista desta forma, pois eu acredito que o formato diferente do teatro e do texto escrito apenas chama a atenção de uma outra maneira”, relata a atriz Inês Peixoto, responsável pela adaptação.

De acordo com a intérprete da condessa Ilse na peça, a versão HQ condensou os diálogos da montagem e do texto original de Pirandello de forma a criar uma fusão entre as três linguagens. Os personagens também foram reestruturados, a quantidade foi diminuída, contudo as características e estrutura deles foram mantidas. “É incrível ver como essa obra ganha um novo ponto de vista, que, com certeza, é um marco nos mais de 30 anos do Grupo Galpão”, completa Inês.

 

Grupo Galpão. Carlos Avelino/Reprodução

 

Quadrinhos no Brasil

“Pra muita gente ainda no Brasil o quadrinho não é literatura. Então é uma batalha árdua para colocá-lo em uma outra estatura. Com essa HQ do Galpão não foi/está sendo diferente”, conta Rejane Dias, fundadora do Grupo Autêntica. Segundo ela, o formato está ganhando mais espaço no mercado editorial brasileiro, uma vez que as obras clássicas, que são sempre revisitadas por estudiosos e aplicadas nas escolas, também estão sendo transpostas para os quadrinhos.

Um outro exemplo é Dom Casmurro, de Machado de Assis. A obra foi produzida em quadrinhos e foi a mais vendida no ano passado. O Ministério da Educação comprou mais de 50 mil exemplares do Grupo Autêntica para enviar às escolas.  “Essa foi uma experiência muito prazerosa. Não é um texto fácil, mas o resultado é encantador”, diz Rejane.

Exposição

Todo esse trabalho não ficou apenas nos quadrinhos. A partir de 4 de junho a 14 de julho estará em cartaz a exposição Os Gigantes da Montanha – Grupo Galpão em: Do teatro aos quadrinhos na Casa Fiat de Cultura.  O livro será vendido por R$ 49,80 no Café da Casa Fiat de Cultura durante toda a exposição. Estará disponível também no site da editora www.grupoautentica.com.br, livrarias e plataformas digitais.

“Traz a atmosfera do teatro, o objetivo é colocar o público em contato com a linguagem do teatro para que ele veja a passagem dos elementos para os quadrinhos. Tudo isso com estudos e esboços de Carlos Avelino”, comenta Ana Vilela, Gestora Cultural da Casa Fiat de Cultura. Todo o processo de criação estará exposto. Tem desde o estudo inicial, tradicional, feito a lápis até a finalização digital feita por Carlos Avelino e Bruno Costa, aluno e parceiro na criação da HQ de Avelino.

Estrutura

As pessoas também terão à disposição fotos da peça Os Gigantes da Montanha e alguns figurinos confeccionados para as apresentações. Além disso, há também outras atividades preparadas para serem realizadas durante o período da exposição. A responsável é Clarita Gonzaga, coordenadora do Programa Educativo da Casa Fiat de Cultura. Pessoas surdas e cegas vão poder entrar na atmosfera do teatro da mesma forma. Haverá áudio-descrição, tabletes e uma apreciação guiada aos figurinos. Será possível tocar nas roupas para sentir as texturas, o acabamento, as camadas.

Em resumo, a exposição será dividida em algumas partes. Começa com abordagem biográfica de Pirandello a importância dele para as artes, história do Grupo Galpão. Fala também sobre como o grupo extrapolou as fronteiras de Belo Horizonte. “Centra na questão da transversalização da linguagem para pensar os possíveis diálogos que estão envolvidos durante o processo de adaptação da linguagem de fábula-teatro-HQ”, conclui Clarita.

Nós e Outros

Paralelamente à exposição na Casa Fiat de Cultura, o Grupo Galpão faz mais uma curta temporada, de Outros em BH. No fim de semana do dia 01 de junho, a companhia esteve em cartaz com Nós, a montagem anterior. “Trazer esses dois espetáculos para o Teatro Francisco Nunes novamente é uma alegria imensa porque nem todo mundo vai à Zona Leste ou tem acesso a ela, então estamos muito felizes com essa reapresentação”, comenta o ator Eduardo Moreira.

A temporada do espetáculo Outros será de 5 a 9 de junho. De quarta à sábado, às 20h, e domingo às 19h. Às sextas-feiras haverá sessão com interpretação em libras. O Teatro Francisco Nunes fica na Avenida Afonso Pena, 1277 (Parque Municipal) – Belo Horizonte. Mais informações: (31) 3277.6325 | www.grupogalpao.com.br

photo

Confira cursos e editais culturais com inscrições abertas em julho

Chegou oficialmente o segundo semestre de 2019 e, com ele, inscrições para editais, chamamentos, cursos e residências artísticas. Por isso, separamos algumas oportunidades com inscrições abertas para você! É a chance de aproveitar as férias, aprender e mostrar o seu trabalho na cidade. Entre as opções que selecionamos tem opções nas áreas de cinema, música, […]

LEIA MAIS
photo

Design italiano é tema de mostra na Casa Fiat de Cultura

Carros, sofás, luminárias, utensílios domésticos, esculturas. Você pode até não perceber mas a sua vida é rodeada de desing. Por toda parte. É justamente de objetos pensados para um uso cotidiano e que depois se transformaram em arte que é feita a exposição que ocupa a Casa Fiat de Cultura até 03 de novembro. A […]

LEIA MAIS
photo

VAC 2019 mantém qualidade mesmo enxuto

Com três dias a menos que a edição de 2018 e cortes nas categorias arquitetura e moda, o Verão de Arte Contemporânea tenta resistir em meio a cenário incerto na área. Se ano passado a edição foi mágica, esta é a base de reza e mantras diários. Funcionou. O patrocínio do UniBH deu mais força […]

LEIA MAIS