Escritora mineira Paula Pimenta - Foto: Daniel Bianchini / Divulgação
26 jun 2018

Paula Pimenta apresenta novidades da carreira no Fliaraxá

Desde que o Fliaraxá – Festival Literário de Araxá – surgiu, há sete anos, a escritora mineira Paula Pimenta não perde uma edição. Grávida, sete meses, estará entre os 120 convidados confirmados em 2018. O evento será realizado no Tauá Grande Hotel de Araxá do dia 27 de junho a 01 de julho. Esta edição tem como patrono Guimarães Rosa e Graciliano Ramos. Ainda homenageia as escritoras Ana Maria Machado e Marina Colasanti. É um dos principais Festivais de Literatura do Brasil.

“É muito emocionante estar no Fliaraxá, pois mobiliza a cidade inteira, muitos autores e amigos. Isso é importante para o fomento e incentivo a literatura. Vejo fãs meus que me acompanham em todas as edições. É lindo. A cidade respira literatura”, conta a escritora.

Quando vê as proporções que o evento tomou Paula Pimenta lembra do início de tudo. Com carreira em ebulição a escritora mineira esta engajada na produção do filme do seu livro ‘Cinderela Pop’. Esse não será o único. Paula revela que já vendeu o direito de todos os seus livros e que eles vão virar filmes. “O próximo é ‘Fazendo meu Filme’, podem aguardar”. Ela ainda trabalha no quinto livro da série ‘Minha Vida Fora de Série’, em mais um da Coleção Princesas e de outros três projetos paralelos.

Para falar sobre essas novidades, a carreira e processo de escrita é que ela desembarca no Fliaraxá. “Meu encontro com meus fãs será na sexta-feira, dia 29, às 15h, no Cine Teatro Tiradentes. Em suma, um bate-papo informal com o público onde tirarei as dúvidas, conversarei sobre meu trabalhos e relembrarei minha trajetória”. A carreira de escritora de Paula deslanchou após a ida para Londres, em 2005, quando se matriculou em um curso de escrita criativa. “Lá foi onde tive a vontade de escrever. Você se vê num ambiente cercado de literatura e assim, sente vontade de fazer”. A escritora vê no Fliaraxá o mesmo ambiente e clima do curso que a motivou.

 

 

‘Alma, Leitura e Revolução’

Para criar essa ambientação o evento conta com atrações para todas as idades, exposição de fotografias, shows, gastronomia, concurso de redação, oficinas, debates, palestras e atividades para as crianças. Tudo de graça. O tema desta edição é ‘Alma, Leitura e Revolução’. O evento dá às honras aos patronos Guimarães Rosa, que faria 110 anos, e a Graciliano Ramos cujo clássico ‘Vidas secas’ completa 80 anos.  Da mesma forma, edição ainda terá como autoras homenageadas: Ana Maria Machado e Marina Colasanti. Por fim, como patrono local, o poeta João Rios Montandon e autora homenageada local, Leila Ferreira.

A curadoria do evento é composta por um time de peso: Afonso Borges, criador do evento, a professora Heloisa Starling, o jornalista Eugenio Bucci e o escritor  Leo Cunha. Os curadores locais são Luiz Humberto França e Rafael Nolli. Entre os destaques internacionais da programação estão o angolano Gonçalo Tavares, o mexicano Juan Pablo Villalobos, e o francês Philippe Lobjois. Entre os autores brasileiros convidados estão Leonardo Boff, Monja Coen, Marcia Tiburi, Luiz Ruffato, Ricardo Aleixo, Marcelo Rubens Paiva, Amyr Klink, a youtuber JoutJout, Paula Pimenta e outros.

 

Foto: Daniel Bianchini / Divulgação

Atividades para todos os gostos

Além da presença dos autores o Festival contará com outras ações. Como por exemplo, o ‘Prêmio de Redação Maria Amália Dumont’ para alunos de escolas locais; biblioteca com 830 metros quadrados; exposição ‘Imagens de um Flâneur Brasileiro em Paris’, de Fernando Rabelo; espaço gastronômico com valorização em cardápios locais; e transmissão dos jogos da copa. O Fliaraxá ainda abrirá espaço para apresentação de artistas locais como Marcelo Veronez, Aline Calixto, Lagum e outros.

As mesas com os autores serão transmitidas ao vivo pela página do evento no Facebook. A programação completa você confere aqui.

[O QUE] VII Festival Literário de Araxá – Fliaraxá [QUANDO] 27 de junho a 1 de julho, às 08h [ONDE] Tauá Grande Hotel de Araxá, Barreiro – Araxá/MG [QUANTO] Gratuito

 

Gostou? Compartilhe!

Artigos Relacionados

Miles Davis, carne e Pampulha: conheça Soul Jazz Burger

Por Gabriel Lacerda burger Como se destacar no mercado gastronômico competitivo de BH? Essa foi uma das perguntas que Bárbara, Bruno, Érico e Maíra fizeram antes de abrir a Soul Jazz Burger. Os quatros amigos, amantes do ritmo musical, perceberam que não existiam locais na capital mineira no qual as pessoas pudessem aproveitar clássicos do […]

Leia Mais

Primavera dos Museus 2018: onde ir e o que fazer

A décima segunda edição da Primavera dos Museus é nesta semana. Até o dia 23 de setembro mais de 900 instituições em todo o país participam do projeto. O tema é “Celebrando a Educação em Museus”. Dessa forma, o evento propõe uma reflexão sobre uma das principais funções do museu, como educar e contribuir no […]

Leia Mais

Confira o processo de montagem das três novas exposições do Inhotim

O primeiro adesivo de poá, dos muitos, que compõe a obra ‘I’m Here, But Nothing’, de Yayoi Kusama, exposta na Galeria Lago, foi colado por María Eugenia Salcedo, diretora artística adjunta do Inhotim. Ela e a curadora assistente, Cecília Rocha, acompanham de perto cada detalhe do processo de montagem das 17 obras temporárias que serão inauguradas […]

Leia Mais

Comentários