Curadoria de informação sobre artes e espetáculos, por Carolina Braga

“Papers!”, da cia espanhola Xarxa Teatre, abre oficialmente o FIT BH 2024

Gostou? Compartilhe!

A noite de abertura do FIT BH 2024 aconteceu nesta quinta-feira, dia 20 de junho, na Funarte MG, e foi encerrada com queima de fogos

Patrícia Cassese | Editora Assistente

Foi dada a largada. Com apresentação, no espaço aberto da Funarte MG, do espetáculo “Papers!”, da companhia espanhola Xarxa Teatre, na noite desta quinta-feira, 20 de junho, o Festival Internacional de Teatro Palco & Rua – FIT BH 2024 foi oficialmente aberto. O público assentiu ao convite para participar da celebração e, logo, o teto de espectadores foi atingido, fazendo com que algumas pessoas ficassem do lado de fora. No caso, torcendo para que os que já estavam dentro, por algum motivo, decidissem sair. Muita gente preferiu ver da passarela ao fundo da rua Januária. O céu estava claro, sem nuvens, o que colaborou bastante para o impacto visual

Companhia espanhola marca o início do FIT BH 2024
Companhia espanhola marca o início do FIT BH 2024

A apresentação começou pontualmente, às 19h30, e foi encerrada uma hora depois, sob aplausos. Logo na sequência, ao som de “Imagine”, de John Lennon, uma queima de fogos saudou a abertura deste que é um dos principais eventos dedicados às artes cênicas do Brasil. O FIT BH, vale dizer, chega, em 2024, à sua 16ª edição, num arco que perpassa nada menos que 30 anos. Sem dúvida, um trunfo. A nova edição segue até o próximo dia 30, com uma grade que inclui espetáculos locais, nacionais e internacionais.

“Papers!”

O Xarxa Teatre foi fundado em 1983, em Vila-real – portanto, ano passado comemorou 40 anos de atividades. O nome do espetáculo – “Papers!” – diz dos vários significados da palavra “papel”, que pode ser aplicada tanto ao dinheiro quanto aos papéis sociais. Ou, ainda, ao papéis que tornam a vida de um cidadão um mar de burocracias. Como de praxe nas encenações que marcam a abertura do FIT BH, trata-se de um espetáculo ao ar livre, sem restrição de faixa etária. Da mesma forma, embora exista uma história sendo contada, o apelo visual é tão importante quanto a narrativa – ou mais.

E, neste quesito, o Xarxa não deixou por menos. Para a apresentação, na abertura do FIT BH, foi montada uma estrutura de ferro gigantesca, como andaimes. Detalhe: como dito pelo grupo, a estrutura cênica não veio da Espanha em containers, mas foi erguida em parceria com o festival, aqui. A montagem também contou com vários elementos que causaram impacto. Caso dos gigantescos carrinhos de supermercados, que desfilaram em frente ao público.

Pirotecnias

Tal qual, um carro e muitos, muitos pneus, para citar alguns exemplos. No que tange ao apoio sonoro, a trilha se valeu do rock para embalar vários momentos. As pirotecnias geraram um grande impacto e empolgaram a plateia – com direito a fumaça, estruturas de fogo e muito mais. Como dito na sinopse, a narrativa centra-se em torno de um grupo de imigrantes que chega a um novo país, carregando a expectativa de uma vida melhor. Não tarda para que percebam que certas estruturas opressoras se encontram disseminadas mundo afora. Assim, não há alternativa senão lutar.

A julgar pelo sorriso estampado na cara das pessoas – quantos artistas estavam por lá! – que foram à Funarte MG, o FIT BH 2024 de fato começou com o pé direito.


Gostou? Compartilhe!

[ COMENTÁRIOS ]

[ NEWSLETTER ]

Fique por dentro de tudo que acontece no cinema, teatro, tv, música e streaming!

[ RECOMENDADOS ]