Curadoria de informação sobre artes e espetáculos, por Carolina Braga

Filarmônica de Minas Gerais recebe o saxofonista norte-americano Steven Banks

Gostou? Compartilhe!

Jovem solista em evidência, Steven Banks faz sua estreia no Brasil com a Filarmônica de Minas Gerais executando importantes obras para saxofone

Um dos jovens solistas de maior evidência no cenário musical norte-americano, Steven Banks, faz sua estreia no Brasil com a Filarmônica de Minas Gerais executando duas importantes obras para saxofone. Com o melódico “Albireo Mode”, do japonês Takashi Yoshimatsu e a célebre “Fantasia”, de Villa-Lobos, o saxofonista apresenta diferentes possibilidades do instrumento. O regente convidado Roberto Tibiricá finaliza este concerto com a vigorosa Quarta Sinfonia de Tchaikovsky. Os ingressos estão à venda no site www.filarmonica.art.br e na bilheteria da Sala Minas Gerais.

Steven Banks, saxofone

Um dos talentos emergentes no cenário da música norte-americana, Steven Banks, convidado da Orquestra Filarmônica nesta semana, foi o primeiro saxofonista a conquistar o prêmio principal da Young Concert Artists, em 2019. Formado pela Universidade de Indiana, possui especialização em estudos de jazz pela mesma instituição. Tal qual, é Mestre em Música pela Northwestern University. Como solista, esteve em diversos festivais nos Estados Unidos. Do mesmo modo, acumula performances com as orquestras de Cleveland e do Colorado.

O saxofonista norte-americano Steven Banks, que se apresenta com a Orquestra Filarmônica (Chris Lee/Divulgação)
O saxofonista norte-americano Steven Banks, que se apresenta com a Orquestra Filarmônica (Chris Lee/Divulgação)

Reconhecido por ser um artista empenhado em repensar e expandir os limites da música clássica, Banks defende mais diversidade e inclusão como forma de superar o preconceito institucionalizado contra mulheres e pessoas não brancas no meio artístico. Em 2022, foi agraciado com o Avery Fisher Career Grant, iniciativa vinculada ao Lincoln Center for the Performing Arts que busca assistir artistas com grande potencial para carreira solo.

Filarmônica

Este projeto da Orquestra Filarmônica é apresentado pelo Ministério da Cultura, Governo de Minas Gerais, Instituto Cultural Vale e Banco Inter, com patrocínio da Cemig, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura. Apoio: Circuito Liberdade. Realização: Instituto Cultural Filarmônica, Secretaria Estadual de Cultura e Turismo de MG, Governo de Minas Gerais, Ministério da Cultura e Governo Federal.

Serviço

Filarmônica de Minas Gerais

Série Allegro

9 de novembro – 20h30

Sala Minas Gerais

Série Vivace

10 de novembro – 20h30

Sala Minas Gerais

Roberto Tibiriçá, regente convidado

Steven Banks, saxofone

Repertório

T. Yoshimatsu         Concerto para saxofone soprano, op. 93, “Albireo Mode”

Villa-Lobos             Fantasia para saxofone soprano e orquestra

Tchaikovsky          Sinfonia nº 4 em fá menor, op. 36

Ingressos

R$ 50 (Coro), R$ 50 (Terraço), R$ 50 (Mezanino), R$ 70 (Balcão Palco), R$ 90 (Balcão Lateral), R$ 120 (Plateia Central), R$ 155 (Balcão Principal) e R$ 175 (Camarote).

Ingressos para Coro e Terraço serão comercializados somente após a venda dos demais setores.

Meia-entrada para estudantes, maiores de 60 anos, jovens de baixa renda e pessoas com deficiência, de acordo com a legislação.

Informações: (31) 3219-9000 ou www.filarmonica.art.br

Gostou? Compartilhe!

[ COMENTÁRIOS ]

[ NEWSLETTER ]

Fique por dentro de tudo que acontece no cinema, teatro, tv, música e streaming!

[ RECOMENDADOS ]