Curadoria de informação sobre artes e espetáculos, por Carolina Braga

Alon Goldstein é convidado da Filarmônica de MG em apresentações com a presença do público

Serão duas apresentações, nos dias 8 e 9 de julho, às 20h30, mas a venda de ingressos estará disponível apenas para a apresentação do dia 9

Gostou? Compartilhe!

O público já pode voltar à Sala Minas Gerais depois de três meses de restrição causada pela pandemia. Dessa forma, a Orquestra Filarmônica de Minas Gerais, traz a Belo Horizonte, pela primeira vez, o pianista israelense Alon Goldstein para interpretar o Segundo concerto para piano, de Brahms. As apresentações são nos dias 8 e 9 de julho, às 20h30. Ambas terão a presença do público, mas a venda de ingressos fica disponível apenas para a apresentação de 9 de julho, a partir das 15h do dia 8 no site da Filarmônica ou na bilheteria da Sala Minas Gerais (R. Tenente Brito Melo, 1090, Barro Preto – BH). 

Por outro lado, o concerto de quinta-feira, dia 8, terá transmissão aberta e gratuita pelo canal da orquestra do YouTube. 

Alon Goldstein 

O pianista vai se apresentar pela primeira vez junto com a Filarmônica de Minas Gerais e interpretar o Segundo concerto para piano, de Brahms. Ele estreou na carreira orquestral aos 18 anos com a Filarmônica de Israel com a regência de Zubin Mehta. Nos últimos anos, tocou ao lado de orquestras como a Filarmônica de Los Angeles, Orquestra da Filadélfia e as sinfônicas de São Francisco, Baltimore, St. Louis, Houston e Vancouver. 

Alon Goldstein
Alon Goldstein. Foto: Meagan Cignoli / Divulgação

Além disso, na mesma noite, a Filarmônica de Minas Gerais apresenta a Sinfonia nº 3 em lá menor, op. 56, “Escocesa” (1829/1842, revisão 1843), de Felix Mendelssohn.

Alon Goldstein
Alon Goldstein. Foto: Meagan Cignoli / Divulgação

Gostou? Compartilhe!

[ COMENTÁRIOS ]

[ NEWSLETTER ]

Fique por dentro de tudo que acontece no cinema, teatro, tv, música e streaming!

[ RECOMENDADOS ]