Curadoria de informação sobre artes e espetáculos, por Carolina Braga

Filarmônica recebe público para concerto com obras de Elgar, Villa-lobos e Beethoven

Programa terá Serenata para cordas em mi menor, op. 20, de Elgar; as Bachianas Brasileiras nº 1, de Villa-Lobos, e a Sinfonia nº 2 em Ré maior, op. 36, de Beethoven.
Foto: Rafael Motta / Divulgação.

Respeitando todos os limites da legislação, a Orquestra Filarmônica de Minas Gerais recebe o público na Sala Minas Gerais para os concertos nos dias 29 e 30 de julho, às 20h30. Na quinta, a apresentação será para assinantes e na sexta aberta ao público em geral.

Sob a regência do maestro Fabio Mechetti, o programa terá Serenata para cordas em mi menor, op. 20, de Elgar; as Bachianas Brasileiras nº 1, de Villa-Lobos, e a Sinfonia nº 2 em Ré maior, op. 36, de Beethoven.

A Sala Minas Gerais está operando com 26% da sua capacidade, ou seja, serão até 393 pessoas no espaço. Também por causa das novas regras, o público pode entrar até cinco minutos antes do início do concerto. Ou seja, 20h25 serão fechadas as portas. 

Uma conversa sobre a música clássica

Durante o intervalo, a Filarmônica também oferece mais uma edição do Concerto Comentado. Este projeto é muito legal! Enquanto o público espera, o percussionista da Filarmônica, Werner Silveira conversa com a plateia sobre o repertório da noite. Pode se preparar para aprender muito e também conhecer curiosidades sobre o universo da música clássica. 

Repertório

A abertura da noite ficará por conta de Serenata para cordas em mi menor, op. 20, composta por Edward Elgar (1857-1934) em 1892. De acordo com o material de divulgação do concerto, a peça escolhida era uma das favoritas do autor e que apresentou os primeiros sinais de maturidade dele. 

Bachianas Brasileiras nº 1, composta por Heitor Villa-Lobos (1887-1959) em 1930 dá sequência ao programa. Foi apresentada pela primeira vez no Rio de Janeiro e revela a influência de Johann Sebastian Bach no trabalho do brasileiro. 

Por fim, a Orquestra Filarmônica apresenta Sinfonia nº 2 em Ré maior, op. 36 (1801/1802), de Ludwig van Beethoven (1770-1827). É uma composição característica da primeira fase do austríaco e que já apresenta sinais de distanciamento das influências do mestre Haydn. 

Serviço

[O QUE] Orquestra Filarmônica de Minas Gerais

[QUANDO] 29 e 30 de julho, 20h30

[ONDE] Sala Minas Gerais (Sala Minas Gerais – Rua Tenente Brito Melo, 1090 – BH – MG, (31) 3219-9000)

[QUANTO] R$ 50 (Coro), R$ 50 (Terraço), R$ 50 (Mezanino), R$ 60 (Balcão Palco), R$ 80 (Balcão Lateral), R$ 105 (Plateia Central), R$ 135 (Balcão Principal) e R$ 155 (Camarote).

[COMPRE AQUI]

Filarmônica de Minas Gerais
Foto: Flora Silberschneider / Divulgação

[ COMENTÁRIOS ]

[ NEWSLETTER ]

Fique por dentro de tudo que acontece no cinema, teatro, tv, música e streaming!