Curadoria de informação sobre artes e espetáculos, por Carolina Braga

Cinco filmes para ver no Festival O Novíssimo Cinema da Paraíba

O evento vai até o dia 18 de agosto com curtas e longas na programação com acesso gratuito

Gostou? Compartilhe!

Se você estava sem o que ver no fim de semana o seus problemas acabaram! Até o dia 18 de agosto, a Prefeitura de João Pessoa e o Belas Artes À La Carte realizam o Festival O Novíssimo Cinema da Paraíba. Composta por seis longas e 17 curtas, a mostra exibe a mais nova safra do cinema do estado. Dessa forma, a ideia é dar visibilidade e valorizar a produção, distribuição, formação e circulação do cinema paraibano. 

Para assistir gratuitamente às produções, é só você entrar no site do Belas Artes À La Carte, escolher e clicar no filme que quer ver e rolar a tela até o fim. Abaixo das opções de plano mensal e anual de pagamento, o filme estará disponível para exibição gratuitamente. 

Já que tem muitas opções entre longas e curtas, destacamos cinco produções que você não pode deixar de ver no Festival O Novíssimo Cinema da Paraíba. Confira!

Festival O Novíssimo Cinema da Paraíba
Imagem do filme "Sol alegria". Crédito: Boulevard Filmes

Sol alegria, de Tavinho Teixeira e Mariah Teixeira

Neste longa o Brasil é comandado por um junta militar ao mesmo tempo em que pastores fazem um alarde sobre a chegada do apocalipse. Atrelado a isso, uma família muito da diferentona, sem lei e excêntrica, caminha pelo interior com vários objetivos. O primeiro é entregar uma remessa de armas para um grupo de freiras militantes. Elas partiram em retiro à selva e vivem da renda de uma plantação da cannabis.

Contando com participação de Ney Matogrosso, o longa fez sua première no Festival de Roterdã. No Brasil, foi exibido no Olhar de Cinema, em Curitiba, onde recebeu o prêmio especial do júri do festival. Além disso, passou pelo Cine Ceará epela 43ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo. 

Veja aqui.

Jackson – Na Batida do pandeiro, de Marcus Villar e Cacá Teixeira

Nome fundamental para a música brasileira, Jackson Pandeiro é figura central deste filme, que revela diferentes faces do artista, mas principalmente a da genialidade e originalidade musical que influenciam artistas até hoje. Dessa forma, o documentário explora também momentos dramáticos e polêmicos da vida de Jackson. São depoimentos inéditos sobre o artista (como Gilberto Gil e Alceu Valença) junto com participação dele em filmes, programas de rádios, parcerias, relações pessoais conturbadas, ostracismo e retomada artística, até a morte, em 1982.

Veja aqui o filme aqui.

Faixa de Gaza, de Lúcio César Fernandes

O curta-metragem é estrelado por Marcélia Cartaxo, de Pacarrete, e se passa em um conjunto habitacional da periferia. Nele, Mago chefia um grupo de jovens aliciando e cometendo crimes no meio de uma guerra de facções que vira notícia no rádio. Dessa forma, Nazaré e Naldin acabam se deparando diretamente com a violência do conflito entre as facções. Isso porque estão no lugar errado e na hora errada, a faixa de gaza. O curta já passou por mais de 15 mostras e festivais de cinema, incluindo duas participações internacionais (EUA e Angola). Além disso, coleciona 10 prêmios e uma menção honrosa. 

Confira o curta aqui.

O seu amor de volta (mesmo que ele não queira), de Bertrand Lira

Mais um documentário na lista! O filme narra quatro histórias de pessoas distintas, mas com uma coisa em comum: recorreram ao poder da magia, das cartas e dos búzios para conquistar a pessoa amada. Dessa forma, os quatro personagens contam as desventuras que vivem no amor e são colocados frente a frente a videntes e cartomantes que podem direcioná-los para uma saída, ou dar uma alternativa. Veja o longa aqui.

Beiço de estrada, de Eliézer Rolim

Relata a história de uma mulher que prostituiu as três filhas. Agora, ela é avó de dois netos, ambos filhos da prostituição. Dessa forma, juntos, tentam sobreviver em condições precárias em um antigo bordel chamado Beiço de Estrada. Uma das netas leva consigo a promessa de livrar a família da prostituição. Do outro lado, o outro neto cava buracos na estrada para obrigar os carros a pararem no bordel. Entretanto, um novo ciclo no local recomeça quando um boêmio visita o lugar e conquista o coração da jovem. Veja o filme completo aqui.

Festival O Novíssimo Cinema da Paraíba
Imagem do filme “Faixa de gaza”. Crédito: Extrato de Cinema

Gostou? Compartilhe!

[ COMENTÁRIOS ]

[ NEWSLETTER ]

Fique por dentro de tudo que acontece no cinema, teatro, tv, música e streaming!

[ RECOMENDADOS ]