Curadoria de informação sobre artes e espetáculos, por Carolina Braga

Festival de Cannes: o futuro distópico de Cronenberg em Crimes of the Future

Gostou? Compartilhe!

Diretor David Cronenberg apresenta no Festival de Cannes o novo longa protagonizado por Viggo Mortensen, Kristen Stewart e Léa Seydoux.

Por Carol Cassese | Correspondente

O longa Crimes of the Future, do célebre diretor David Cronenberg, definitivamente causou um rebuliço em Cannes. A fila para a pré-estreia do dia 22 de maio, dava voltas imensas. O que mais se via na Croisette eram pessoas com plaquinhas, pedindo ingressos para a sessão. A conferência de imprensa do longa, realizada no dia 25 de maio, no Palais de Festivais et des Congrès, foi a mais disputada do festival até então.

Parte do entusiasmo sem dúvidas se dá pelo trabalho de Cronenberg, considerado um mestre por muitos. Ao mesmo tempo, outra razão para o alvoroço é o elenco estrelado, composto por nomes como Viggo Mortensen, Kristen Stewart e Léa Seydoux. O longa, que flerta com o gênero horror, se passa num futuro distópico e mostra a luta dos humanos para se adaptarem a um ambiente sintético.

Parcerias

Durante a conferência, Mortensen destacou que ele e o diretor não são apenas parceiros de longa data, mas também amigos. “Há uma relação de confiança que torna o trabalho muito mais fácil, você não precisa desperdiçar muito tempo, tudo flui rapidamente”, contou o ator, que interpreta o personagem principal.

Kristen Stewart, por sua vez, demonstrou ter ficado bastante grata de ter sido escolhida para o elenco e destacou ainda que Cronenberg dirige de uma forma única. “Ele foi tão inacreditavelmente gentil. Esse roteiro é tão preciso, tão particular, eu não queria estragar nada. Precisava que todas as palavras fossem ditas de uma maneira exata”, disse. A atriz confessou ainda que compreendeu realmente a proposta do longa ao assisti-lo no festival. “Enquanto gravava as cenas, pensava ‘bom, não tenho ideia do que estamos fazendo.’ Agora tudo ficou muito claro, cada detalhe importa, cada cena faz diferença. David (Cronenberg) pensa em tudo.”

Já a francesa Léa Seydoux ressaltou como foi desafiador gravar um filme inteiro em inglês. Ela, inclusive, pediu para responder todas as perguntas da conferência em francês. A atriz ressaltou ainda que sempre teve Cronenberg com um ídolo. “Me sinto atraída por diretores que tem uma própria linguagem cinematográfica. Para mim, David realmente criou um estilo novo e eu queria muito fazer parte desse universo.”

LES AMANDIERS

Outro filme da competição principal do Festival de Cannes que recebeu longos aplausos na pré-estreia (22/5) foi Les Amandiers, dirigido pela franco-italiana Valeria Bruni Tedeschi. O longa, que conta com o veterano Louis Garrel no elenco, acompanha a história de um grupo composto por jovens que buscam iniciar as carreiras numa prestigiada escola de teatro.

Apesar de abordar temas sérios, como a dependência química e o HIV, o filme também apresenta cenas leves e até mesmo cômicas. “Para mim, é importante deixar o humor da vida entrar em cena. Precisamos rir, eu também preciso, como espectadora. É como oxigênio”, destacou Bruni Tedeschi na conferência de imprensa. 

Cenas do filme Crimes of a future. Foto: Cannes Film Festival
Cenas do filme Crimes of a future. Foto: Cannes Film Festival

Gostou? Compartilhe!

[ COMENTÁRIOS ]

[ NEWSLETTER ]

Fique por dentro de tudo que acontece no cinema, teatro, tv, música e streaming!