Curadoria de informação sobre artes e espetáculos, por Carolina Braga

Exclusivo: Veja o clipe de ‘Doce Companhia’ do novo DVD de Fernanda Takai

Por Carol Braga

26/04/2017 às 15:37

Publicidade - Portal UAI
Fernanda Takai no DVD Na Medida do Impossível - Ao Vivo No Inhotim,. Crédito: Beto Staino/Divulgação

Fernanda Takai no DVD Na Medida do Impossível – Ao Vivo No Inhotim,. Crédito: Beto Staino/Divulgação

Quais as semelhanças vocais poderia encontrar entre a cantora brasileira Fernanda Takai e a mexicana Julieta Venegas? Me perguntei antes de dar o play no vídeo exclusivo que Fernanda gentilmente enviou ao Culturadoria. Era para tentar seguir um caminho mais – digamos – técnico. O trajeto foi outro, mais – digamos – emocional.

Doce companhia é uma das faixas do DVD Fernanda Takai Na Medida do Impossível – Ao Vivo No Inhotim, lançado pela Deck em março. A versão em estúdio foi lançada em 2014 mas, confesso, me escapou.

Conheci essa música na versão de Julieta Venegas. Faz parte do álbum Limón y sal (2006) que além da canção que dá nome ao disco também tem Me voy. Sabe aquela coisa de música ser tipo perfume? Então, basta ouvir qualquer uma dessas faixas de Venegas que só volta coisa boa na memória.

A Doce companhia de Fernanda, com letra em português, é uma baladinha soft que pouco lembra a original. O que demonstra originalidade no processo de apropriação da canção. Todas as aproximações brasileiras ao repertório latino merecem minha consideração. As duas cantoras já se apresentaram juntas em 2013 e 2014. Que façam isso mais vezes.

Marisa Monte também já gravou com Julieta Venegas. No caso foi a música Ilusión.

Fernanda Takai Na Medida do Impossível – Ao Vivo No Inhotim foi gravado em setembro do ano passado inaugurando a programação noturna do centro de arte contemporânea. O repertório  tem as canções de Na medida do impossível, disco solo lançado em 2014, e outras novidades: I Don’t Wanna Talk About It, sucesso de Rod Stewart, uma outra versão para Nada pra Mim, já gravada por Fernanda Takai com o Pato Fu.

De todas as “inéditas” a que mais me surpreendeu foi a popular Fui eu (Sullivan/Massadas). A canção que já visitou repertório de sertanejos e outros cantores populares ganhou uma bela repaginada.

Outras abordagens

É sobre essa versatilidade de Takai que trata a matéria publicada pelo Estadão. “O set mostra uma vocalista musicalmente mais versátil e aberta a novas sonoridades”, diz o jornalista João Paulo Carvalho em um texto bem gostoso sobre a carreira dela. Na matéria a cantora também fala sobre posicionamento político, o que também é importante.

Os colegas do Tenho mais discos que amigos destacaram a faixa Partida. Na verdade, é o clipe da canção dirigido por Cristiano Trad e Nathália Marçal, da Árvore Filmes. Advinha onde foi gravado? Pergunta bem fácil ;).

Fernanda Takai fez recentemente dois shows para a divulgação do DVD em São Paulo. A agenda para por aí mas os planos são passar por lugares que ela ainda não visitou desde o lançamento do Na medida do impossível. O desafio é equilibrar a agenda da carreira solo e os compromissos do Pato Fu. A banda planeja para o segundo semestre o lançamento de Música de brinquedo 2.

Veja os bastidores da gravação do DVD

photo

Karol Conká tomba Inhotim com espontaneidade e discurso feminista

Um dia no MECAInhotim: Observações de quem perambulou  pelo Inhotim durante dez horas entre as atrações do ‘festival multicultural’ A Karol Conka das entrevistas, do discurso, já conhecia. Curiosidade era ver como isso também se transformava em performance. Depois da passagem dela pelo MECAInhotim, na noite do sábado 08 de julho, é fácil constatar que […]

LEIA MAIS
photo

Marcelo Chiaretti e Cristiano Vianna lançam disco instrumental

Foi da parceria de longa estrada entre os músicos Marcelo Chiaretti e Cristiano Vianna que o disco ‘Entre o Norte e o Poente’ surgiu. Um trabalho que mostra as peculiaridades musicais da dupla em 13 canções inéditas compostas em parcerias. Músicas que contam histórias e memórias de lugares de Belo Horizonte e de outras cidades […]

LEIA MAIS
photo

Confira o balanço do Festival Vibra, que misturou arte e esporte no Parque Municipal

Por Thiago Fonseca* A ideia de reunir música, arte e esporte ocupando um espaço público deu certo. O Festival Vibra 2017 reuniu competição de skate, basquete, slackline com pintura urbana, feira e música, tudo ao mesmo tempo. Nos três dias de festa, mostrou que a cidade precisa, e pode ser ocupada por cultura acessível, inclusiva […]

LEIA MAIS