fbpx
Curadoria de informação sobre artes e espetáculos, por Carolina Braga

Fernanda Takai: “A arte ajuda a dar um passo para procurar um tipo de alento”

Artista conversou com o Culturadoria no Show da Tarde, que vai ao ar todas as quartas-feiras, às 13h, sobre o disco 'Será que você vai acreditar?'

Por Jaiane Souza *

29/07/2020 às 16:08 | *Colaborador

Publicidade - Portal UAI
Capa do álbum 'Será que você vai acreditar?', de Fernanda Takai — Foto: Arte de Renato Larini

O sexto disco da carreira solo da cantora e compositora Fernanda Takai é um alento para os corações aflitos e uma reflexão sobre o atual contexto em que vivemos. O álbum foi 100% produzido, arranjado, gravado e mixado durante a quarentena pela própria artista e por John Ulhoa, músico, produtor e também marido de Takai.

“Eu acho que o Será que você vai acreditar? vem dessa nossa história como país. De alguns anos pra cá a gente ter sido levado e invadido por tantas mentiras, que nos trouxeram até esse ponto”, comenta Fernanda Takai. O título do disco, inclusive, segundo a cantora, carrega esse sentimento, por mais que algumas músicas tenham sido escolhidas antes mesmo do coronavírus chegar de fato ao Brasil. 

Uma das canções mais cheias de afeto e que se destaca no disco é Não esqueça. A composição é de Nico Nicolaiewsky, conhecido principalmente pela atuação no espetáculo musical Tangos & Tragédias. A música nunca foi gravada oficialmente em disco. Takai e Ulhoa encontraram uma gravação de Nico a executando no YouTube e buscaram contato da família para regravar, já que ele era amigo do casal. “Felizmente alguém registrou o Nico tocando essa canção, porque ela é incrivelmente atual”, detalha Fernanda Takai. 

Diálogo com o momento atual

“Não esqueça que é tudo ilusão, não esqueça de lavar as mãos” são versos da composição de Nico, escrita há anos, mas que fala de um cuidado básico sobre higiene pessoal que, agora, é mais que fundamental em tempos de coronavírus. “Eu acho muito importante que a gente tenha canções como essa no mundo. Tem um amor que extrapola qualquer idade e grau de parentesco”, conta Takai.

Ao lado de Terra plana (primeira música do disco) a faixa marca presença em um álbum repleto de momentos de introspecção, reflexão, alento e liberdade. Já Terra Plana foi lançada anteriormente como single e traz a mensagem do cuidado e lições de vida e envelhecimento, bem como liberdade e também limite.

Participações

Em O amor nos tempos de cólera, Takai divide os vocais com Virginie Boutaud, ex-vocalista da banda Metrô, sucesso na década de 1980. “Nós começamos a ter mais contato nas redes sociais e no ano passado a Virginie me mandou essa canção. Ela já veio com nome (inspirado em Gabriel García Marquez), e eu coloquei a letra”, detalha Takai. O nome faz alusão à cólera dos tempos atuais e de como as pessoas a projeta umas nas outras.

Outra parceria é com Maki Nomiya, artista que Takai já trabalhou outras diversas vezes, como em Maki TAKAI NO JATLAG (2009), projeto raro nunca lançado no Brasil. “Essa música, Love song, fala de uma distância do fuso de 12 horas, de lugares completamente diferentes, como Brasil e Japão. É uma experiência da vida real da nossa relação na música” esclarece Fernanda.

 

fernanda takai

Fernanda Takai – Foto: Dudi Polonis / Divulgação

Regravações

Michael Jackson e Amy Winehouse ganharam nova roupagem em Será que você vai acreditar?. One Day in Your Life é uma música que a artista ouviu quando era pequena, mas eu não conseguia tocar. Sendo assim, como sempre foi uma canção que teve vontade de gravar, ela acabou entrando no disco. “É interessante porque essa é uma chance das pessoas se conectarem a mim e a outros artistas de uma forma que não aconteceu antes”, detalha Takai, que já recebeu diferentes mensagens de fãs antigos e novos sobre o projeto.

O disco também conta com Love is a losing game, da imortal Amy Winehouse. Mesmo mantendo a originalidade e peculiaridade da britânica, a música ganhou um novo brilho na voz de Takai e arranjos de John Ulhoa.

A íntegra de Será que você vai acreditar? está disponível nas plataformas de streaming. Ouça pelo Spotify. 

photo

Taylor Swift: o que dizem por aí sobre o novo disco ‘folklore’

As cenas que mais me marcaram em Miss Americana, o documentário de Taylor Swift disponível na Netflix, foram aquelas nas quais ela demonstra a própria vulnerabilidade. Por exemplo, a parte em que ela aguarda o resultado das indicações ao Grammy. Tem uma tensão no ar, né? Bom, não precisa nem adiantar que naquele ano deu […]

LEIA MAIS
photo

Drive-in se populariza em BH e região: nós experimentamos

Vista uma roupa qualquer. Separe um cobertor. Entre no carro e prepare-se para uma nova experiência cultural. É a nova era dos drive-ins. Na região metropolitana de Belo Horizonte três projetos já trazem entretenimento sobre quatro rodas. A experiência é bem interessante e nostálgica. A Cineart foi a precursora no modelo de cinema drive-in em […]

LEIA MAIS
photo

Por que você deveria ver o documentário Sandy e Junior – A História?

A cada novo produto lançado pela dupla Sandy e Junior os parâmetros sobre “fenômeno” são atualizados. Goste ou não da música que os irmãos fazem, não conseguir ver o impacto que geram no mercado do entretenimento é puro negacionismo. Se a turnê “revival” de 2019 provocou uma corrida sem precedentes pela compra de ingressos, o […]

LEIA MAIS