Curadoria de informação sobre artes e espetáculos, por Carolina Braga

O cantor mineiro Felipe de Oliveira lança seu primeiro DVD em show

Gostou? Compartilhe!

Felipe de Oliveira sobe ao palco do Teatro Raul Belém Machado nesta sexta e sábado para mostrar o repertório de “Terra Vista da Lua”

O cantor e intérprete mineiro Felipe de Oliveira lança em show nesta sexta e sábado, dias 23 e 24, seu primeiro DVD, “Terra Vista da Lua – Ao Vivo”. As apresentações acontecem no espaço Cênico Yagi do Teatro Raul Belém Machado. O repertório, vale dizer, teve sua versão de estúdio lançada em outubro de 2021, em CD físico, assim como foi para as plataformas de streaming.

Além das oito canções do álbum original – que trazia, sobretudo, um repertório inédito de autores da nova cena musical -, o DVD traz releituras de composições de Gil, Belchior, Arnaldo Antunes, Lô Borges e Chico Buarque.

Felipe de Oliveira, aqui, em foto de Kika Antunes/Divulgação
Felipe de Oliveira, aqui, em foto de Kika Antunes/Divulgação

Para o show de lançamento do DVD, Felipe de Oliveira apresentará o repertório completo. Assim, o público vai ouvir cerca de 20 canções. No palco, ele estará acompanhado por André Milagres (guitarra e violão), Marco Aur (baixo) e Yuri Vellasco (bateria). Participação especial de Luiz Rocha.

“Teatralmente trágico”

Felipe de Oliveira conta que preparou um show “teatralmente trágico”. E criado de maneira narrativa. “Penso a música imageticamente. Embora a canção seja o carro-chefe do trabalho, ela é, no palco, indissociável das artes da cena”, afirma ele, que, vale dizer, é formado em Cinema.

No repertório do show, estão canções como: “Nenhum Mistério” (Gilberto Gil), “Encontro Nosso” (Laura Catarina), “Ainda Aqui Sonhando” (Leo Cavalcanti), “Demoníaca” (Sueli Costa | Vitor Martins), “Homem de La Mancha” (Chico Buarque | Ruy Guerra), “Aqueles Homens” (Nobat), “Noite Sem Fim” (Dé de Freitas | João Vitor Rocha), “Descasos” (Juliano Antunes) e “Cara da Esquina” (Dé de Freitas | Guilherme Borges), para citar alguns exemplos.

E, ainda: “Conheço Meu Lugar” (Belchior), “Se Eu Quiser Falar Com Deus” – trecho (Gilberto Gil), “Meu Amigo Meu Herói | Queremos Saber” (Gilberto Gil), “Fé Menina” – part. especial de Deh Muss (Deh Muss), “Eu Queria Tanto Fazer um Samba” (Dan Nakagawa), com participação especial de Marcelo Veronez, “Irmão” (Tom Custodio) e “Samba da Redenção” (Guilherme Borges/Dé de Freitas).

O set list do show de Felipe de Oliveira inclui: “Terra de Ladeiras” (Tátio Abreu), “O Astronauta” (Helena dos Santos), “Contato Imediato” (Arnaldo Antunes/Marisa Monte/Carlinhos Brown) e “Balada do Lado Sem Luz” (Gilberto Gil).

DVD

No DVD “Terra Vista da Lua – ao vivo”, Felipe de Oliveira vem acompanhado por André Milagres (guitarra e violão sete cordas), Yuri Vellasco (bateria) e Marco Aur (baixo). Do mesmo modo, recebe as participações especiais de Marcelo Veronez e Deh Muss.

Felipe de Oliveira conta que o DVD foi gravado sem intervalo ou repetição de músicas, numa tomada única. “Trata-se de escolha inusual, uma vez que, geralmente, as gravações ‘ao vivo’ ocorrem com o amparo da correção do erro. Nossa escolha – arriscada – se deveu ao desejo de respeitar tudo o que orientou a concepção deste trabalho”, explana.

O artista acrescenta que, apesar do desejo pelo apuro técnico, não se interessou em produzir algo dito impecável, “plástico, pasteurizado”. “O show é o lugar no qual temos necessariamente que lidar com o imprevisto. Fazer algo a partir do que acontece”, justifica.

Jus à dignidade do show

De acordo com Felipe de Oliveira, o desejo de registrar o show do princípio ao fim, sem pausa nem repetição, tem uma explicação. “Assim, parte da vontade por criar a possibilidade de revisitar o que ocorreu naquela noite específica, de preservar o que fez com que aquela ocasião fosse única. Do mesmo modo, de presentificar, novamente, um período no tempo. E, ainda, de fazer jus à dignidade do espetáculo enquanto o que ele é: evento, acontecimento”.

O DVD foi gravado no Teatro Francisco Nunes, em 7 de outubro de 2022. No trabalho, Felipe dedica-se a cantar, com sua voz andrógina, sobre as relações de afeto em sua dimensão política, mas não de forma literal e, sim, poética. A alegoria da ficção científica traz, na metáfora sobre o mundo distópico, elementos que fazem o ouvinte indagar sobre nossos laços sociais. “Essa alegoria aparece na própria cenografia, no figurino, no repertório e na construção cênica”, afirma o artista.

Sobre Felipe de Oliveira

Felipe de Oliveira iniciou sua carreira musical em 2015, após uma trajetória no cinema, área na qual é graduado. O artista vincula a música à herança cênica deixada pela sua passagem pelo audiovisual, bem como à sua experiência com a dança flamenca, construindo shows e álbuns pautados por dramaturgia e narrativa.

Felipe se vale de sua voz andrógina para falar das relações humanas contemporâneas (foto Kika Antunes/Divulgação)

Após participar do The Voice Brasil em 2016, realizou um financiamento coletivo para a produção do 1º álbum da carreira, que veio em 2018, intitulado “Coração Disparado”. O trabalho figurou entre os 100 melhores da música brasileira de 2018 pelo site especializado Embrulhador. Desde então, Felipe vem se valendo de sua voz andrógina para versar, de maneira política e poética, a mediação das relações humanas contemporâneas.

Atualmente, é mestrando em Artes pela UEMG e trabalha na circulação do show derivado de seu novo álbum, “Terra Vista da Lua”, que foi contemplado pelo Prêmio da Música Popular Mineira em 2022.

Em tempo:

O DVD “Terra Vista da Lua – ao vivo” é viabilizado através da Lei Municipal de Incentivo à Cultura, da Prefeitura Municipal de Belo Horizonte, com patrocínio da Araújo Fontes.

Serviço

Show de Lançamento: DVD “Terra Vista da Lua – ao vivo”, de Felipe de Oliveira
Participação especial de Luiz Rocha
Dias 23 e 24 de junho, sexta e sábado, às 20h – *dia 24 (sábado) com interpretação em libras
Espaço Cênico Yagi | Teatro Raul Belém Machado (rua. Jauá, 80, Alípio de Melo)

Ingressos: R$ 5 (inteira) e R$ 2,50 (meia)

Gostou? Compartilhe!

[ COMENTÁRIOS ]

[ NEWSLETTER ]

Fique por dentro de tudo que acontece no cinema, teatro, tv, música e streaming!

[ RECOMENDADOS ]