fbpx
Curadoria de informação sobre artes e espetáculos, por Carolina Braga

38ª Mostra de Trabalhos da Escola de Teatro PUC Minas KAFKA – espetáculos, performances e exposição

Publicidade - Portal UAI
Foto: Catarina Paulino / Divulgação
[QUANDO]
28/11/2019 a 13/01/2020
[QUANTO]
1 kg de alimento não perecível
[ONDE]
Escola de Teatro - PUC Minas - Avenida Trinta e Um de Março - Dom Cabral, Belo Horizonte - MG, Brasil
Os ingressos estarão disponíveis na bilheteria!

Programação dos espetáculos:

KAKAKAKAKA

Livre adaptação das obras Um Relatório para a Academia + Chacais e Árabes + aforismos de Franz Kafka + …

 

Homem-animal-animal-homem – qual a sua verdadeira identidade frente a este mundo opressor? Elefante, macaco ou chacal? Fique atento: tudo significa. A liberdade não passa de uma ilusão, nos adequamos a normas e padrões, somos criaturinhas enjauladas e domesticadas. E mais – estamos muito mais selvagens (desumanos & covardes) do que os próprios animais

Direção e dramaturgia: Cynthia Paulino

4, 5 e 6 de dezembro – 20h30

Classificação etária: 12 anos

 

ACRIMÔNIA

A partir das obras “Um Artista da Fome” e “Sonhos”, de Franz Kafka

 

O termo “Acrimônia” aparece no conto “Na colônia penal”, obra que seria utilizada nesta montagem. Não foi. Mas é impressionante como Kafka impregnou toda sua criação com comportamentos indelicados que nos revelam a cada página mais de nós mesmos. Uma acridez que é, bem lá no fundo, para alguém que almeja de verdade um lugar na arte, certamente desejada.

Senão, vejamos: um homem faz da fome seu prato mais saboroso. Assim, entre todas as mazelas do mundo, sua arte, por escolha, faz-se única. Não é, afinal, o desejo de todo artista? Atingir tal grau de virtudes (e egolatria) que ninguém, nem em sonhos, poderia fazer igual?

“Um artista da fome” com alguns dos “Sonhos” Kafkianos compõem uma narrativa atualíssima, que dialoga com arbitrariedades cotidianas. E o espectador não sai imune. Reflete, mais do que um espelho, para todos ao redor e para si mesmo, as escolhas que faz todos os dias. Sobre fomes. Sobre sonhos. Sobre ser de verdade.

Direção: Luiz Arthur

11, 12 e 13 de dezembro – 20h30

Classificação etária: 12 anos

Além da Mostra oficial, a Escola de Teatro também apresentará a Mostra de Cursos Livres, com apresentação das turmas de Iniciação Teatral para Adolescentes e Adultos e a Mostra Paralela, com performances e exposição. Segue a programação:

MOSTRA CURSOS LIVRES

 

PEQUENAS GRANDES LIBERDADES – Iniciação Teatral para Adolescentes

Liberdade: tema surgido em uma tempestade de ideias entre os alunos e alunas, onde livremente expressaram com maturidade seus desejos do que falar no teatro, essa arte da reflexão e da crítica.

“Pequenas grandes liberdades”, primeira montagem da turma de adolescentes, dá luz a essa palavra, que traz consigo tantas contradições, belezas e utopias. Assim, parafraseando Cecília Meireles, “…Liberdade, essa palavra que o sonho humano alimenta, que não há ninguém que explique e ninguém que não entenda…” construímos coletivamente a liberdade de estar em cena.

Texto: criação coletiva

Direção e dramaturgia: Hortência Maia

7 de dezembro – 20h30

 

LEITURA ENCENADA – Iniciação Teatral para Adultos

Exercício de final de curso com leitura de textos diversos.

7 de dezembro – 11h

 

MOSTRA PARALELA

 

ENTÃO É ASSIM

Instalação e Performance livremente inspiradas nos livros e desenhos de Franz Kafka.

Solidão, prisão, reclusão, confinamento, recolhimento, introversão, são temas frequentes na vida e obra do artista. Nestes lugares de isolamento, talvez se encontrem compreensões que são imperceptíveis na experiência do mundo compartilhado. Esta performance traz esta provocação: um olhar para dentro, dentro da caixa.

Criação, atuação e iluminação: Fabio Teixeira

29 e 30 de novembro

4, 6, 7, 11 e 13 de dezembro

(Antes das apresentações da 38ª Mostra de Trabalhos)

 

EXPOSIÇÃO “O CORAÇÃO PENSA E IRRADIA”

Vivemos tempos de desrazão desorientada, ruído mental incessante, moralidade bizarra: e será pelo Coração, por ele sim, que encontraremos toda a cura. Nas orações, rogamos, o consideramos Sagrado. Pensar com ele, por ele, “o maior aparato biológico e a sede da nossa maior inteligência”, segundo Joseph Chilton Pearce. Pois, assim no interior como no exterior, sejamos Corações Luminosos.

Concepção e adereços: Cynthia Paulino

Fotos: Catarina Paulino

Arte visual: Samara Martucheli

De 28 de novembro a 13 de dezembro

 

Escola de Teatro PUC Minas

Av. Dom José Gaspar, 500 – Coração Eucarístico (acesso 9 pela Av. 31 de março)

Ingresso: 1 Kg de alimento não perecível

Distribuição de senhas uma hora antes das apresentações (sujeito a lotação)

Informações: (31) 3319-4015|escoladeteatro@pucminas.br; pucminas.br/escoladeteatro.

Continua após a publicidade...