Curadoria de informação sobre artes e espetáculos, por Carolina Braga

Espaço DO AR: gastronomia, arte e cultura em um só lugar

Por Thiago Fonseca*

09/11/2018 às 08:49

Publicidade - Portal UAI

O casarão projetado em uma esquina por Éolo Maia na rua Amoroso Costa, no bairro Santa Lúcia, região Centro-Sul de Belo Horizonte, sempre chamou atenção de quem passava por lá. Agora, até mesmo de longe, é que o espaço não passará despercebido. É que neste mês foi inaugurado na casa o Espaço DO AR. Um estabelecimento que une gastronomia, música, design e arte.

Fica aberto o dia todo pois foi pensado para oferecer restaurante/bar, feiras, concertos intimistas, espaço para workshops e reuniões. “A casa era nosso escritório, mas enxergamos que ela precisava ser vivida. Somos muito ligados a cultura e gastronomia, dessa forma, decidimos criar o DO AR. Procuramos encontrar o melhor de cada coisa da cidade para a experiência”, explica Isadora Moema, uma das proprietárias.

Sendo assim, a lareira da casa foi transformada em palco; sala e varandas em salão com cadeiras e mesas; a piscina em cinema; e os jardins em espaço para cultura. O cardápio é bem diferente e muda ao longo do dia. O cheiro de café, que leva a chancela da OOP, revela que o expediente no espaço começou cedo e só termina no fim da noite.

 

Café da manhã e da tarde é um dos atrativos gastronômicos que chama atenção no cardápio do DO AR – Foto: Marcella Ribeiro

Cardápio

No menu, uma culinária afetiva e descomplicada, mas com muita personalidade. O cardápio é assinado pelo chef Rodrigo Mendes, com opções para café da manhã, almoço, café da tarde e petiscos para o happy hour. Espaço abre todos os dias às 10h para o café. No cardápio estão: Bolo do dia (R$5), croissant (de R$ 9 a R$12) e pão de queijo (R$4). Os cafés da casa são de grãos catuaí-vermelho da Serra da Mantiqueira. São servidos o clássico coado, cold brew, machiatto, capuccino, e por fim, o espresso. Os valores variam de R$ 6 a R$ 10.

Já para a noite, há petiscos e pratos variados, como por exemplo, almondega de cabrito (R$ 49) e bolinho cervejeiro (R$ 28). Entre os pratos, há ainda opções vegetarianas e também com todo o tipo de carnes. O menu conta, ainda, com quatro tipos de sanduíches (de R$ 20 a R$27), saladas, burgers (de R$ 25 a R$ 30) e lanches. Para a sobremesa, o destaque é o “Bão de mel” um pão de mel com poeira de cúrcuma. Tudo servido em porcelanas que chamam atenção pela forma diferente.

Por fim, para beber a casa conta com drinks que levam a assinatura do mixologista Diego Kruz. Serão oito torneiras de cervejas locais, artesanais. Já a carta de vinhos, montada pela sommelier Ana Borges, será diversificada com espumantes, rosés, brancos e tintos. O vinho mais barato, o ‘Puesto del Marques Malbec’, por exemplo, custa R$ 63.

 

Bolinho Cervejeiro – Foto: Bruno Senna / Divulgação

Atrativos culturais

Ao chegar no cinema o visitante logo toma um susto. Afinal, ele foi montado em cima da piscina da casa, coberta por uma rede. É só deitar e se acomodar nas almofadas. Calma: ela está vazia. A sensação é estranha pelo fato da rede ser perfurada e mexer, mas a experiência é diferente. A quarta é o dia de exibição de filmes.

Já o salão principal, onde era a sala da casa, abriga a música. Às quintas-feiras é dia de música instrumental brasileira com grupo criado pelo músico Leandro César exclusivamente para o espaço. Às terças-feiras, o percussionista Túlio Araújo se apresenta com um grupo de Jazz Fusion. Durante os outros dias da semana, o palco será aberto a bandas e artistas. Couvert fixo: R$10 nas terças e R$12 nas quintas.

O DO AR também receberá feiras diversas aos sábados, com produtores locais em variados segmentos e programação para as crianças aos domingos. “Temos programação variada e todos os dias. São atrativos para explorar o potencial da região que tem um público diversificado. Dessa forma, a gente quer que o espaço seja um refugio, que as pessoas sintam-se em casa e que saiam com uma experiência agregadora”, pontua Isadora.

 

Foto: Marcella Ribeiro

 

Espaço DO AR

Endereço: Rua Amoroso Costa, 32, Santa Lúcia – Belo Horizonte

Horário de funcionamento:

Segunda, das 10h às 18h – café da manhã, almoço e café da tarde

Terça a quinta, das 10h à 0h – café da manhã, almoço, café da tarde e happy hour

Sexta e sábado, das 10h à 1h – café da manhã, almoço, café da tarde e happy hour

Domingo, das 10h às 16h – café da manhã e almoço

Couvert artístico: R$ 10 (terças) e R$ 12 (quintas)

Reservas via WhatsApp: (37) 99914-4763

photo

Confira atrações imperdíveis em BH em 2019

O ano de 2018 foi bem agitado na cultura em Belo Horizonte. Tivemos programação extensa, grande exposições, shows internacionais e nacionais. Em 2019 não será diferente, mesmo em cenário incerto. Entre as atrações já confirmadas na cidade estão exposições internacionais como ‘Ai Weiwei Raiz’, ‘Dreamworks’ e uma mostra de Arte Renascentista. Na música, teremos concertos e shows […]

LEIA MAIS
photo

Programa de residência em arte digital seleciona artistas em BH

Um programa inédito da Casa Fiat de Cultura selecionará oito artistas para criarem projetos de arte digital inspirados no painel “Civilização Mineira” de Portinari. A ideia é conectar a obra do artista com a cidade e as diretrizes museológicas contemporâneas. A residência será de 14 de maio a 3 de junho. A curadoria é de […]

LEIA MAIS
photo

Confira alternativas para quem não foi aprovado na Lei Municipal

A Prefeitura de Belo Horizonte divulgou nesta terça-feira, dia 31, o resultado do edital 2017/2018 da Lei Municipal de incentivo à Cultura. Foram selecionados 275 projetos entre os 1663 inscritos. Após 22 meses sem o benefício, foram aplicados 20,05 milhões. Desses, oito milhões foram para o Fundo Municipal de Cultura e R$ 12,05 na modalidade […]

LEIA MAIS