fbpx
Curadoria de informação sobre artes e espetáculos, por Carolina Braga

Encontro Latino-americano de Teatro de Grupo resiste e chega a sua segunda edição

Por Thiago Fonseca *

11/04/2018 às 13:50 | *Colaborador

Publicidade - Portal UAI
Foto: Jesús Rodriguez / Divulgação.

Movidos pela resistência, pela vontade de transformar por meio da arte com alegria e amor, três grupos de teatro de Nova Lima, na região metropolitana de BH, juntaram forças e persistiram para a realização do Segundo Encontro Latino-americano de Teatro de Grupo. O evento, de 12 a 16 de abril, contará com apresentações teatrais brasileiras, mexicanas e marroquinas, além de mesas redondas. Tudo no Centro de Artes Suspensa Armatrux.

O evento propõe fortalecer a cena local, promover o intercâmbio e trocas sobre o fazer teatral entre grupos latino-americanos e outros. A primeira edição do projeto se deu em 2016. No ano passado não foi possível consolidar a segunda edição por conta do momento cultural, artístico e social do país. Mas, com resistência, as companhias mineiras Armatrux, Atrás do Pano e Grupo dos Dois conseguiram este ano. Eis que nasce a edição denominada “Para não morrer”.

“Ficamos triste porque não conseguimos realizar o encontro no ano passado. Neste ano colocamos que iríamos produzir de qualquer forma para que o evento não morra”, explica Raquel Pedras, uma das realizadoras do encontro. A ideia do evento surgiu da necessidade de criar um pólo de intercâmbio e difusão de obras e grupos que têm extrema relevância em seus respectivos países. Todos eles tem em comum o desejo de circular mas que por dificuldades de financiamento, não conseguem trazer ao Brasil, e particularmente, a Minas Gerais, suas produções e pensamentos artísticos.

Sem patrocínio público o evento conta com a ajuda de comércios e empresas da cidade. Os grupos convidados pagaram suas passagens para se apresentar em Minas. Tudo isso, com o propósito de não deixar morrer a profissão do artista.

Espetáculo: Thácht, uma tragicomédia musical estará em cartaz dia 15 de abril às 20h – Foto: Bruno Magalhães / Divulgação.

PROGRAMAÇÃO

A programação tem cinco peças e três mesas-redondas. No dia 12, às 17h, será discutida a internacionalização. Dia 13, às 14h, será a vez de se debater a curadoria de teatro. Por último, no dia 16, às 14h, o assunto será o processo criativo no México. “Quando nos reunimos conversamos com está sendo o artista hoje e pensamos as artes juntos, observamos as divergências. É um encontro do fazer teatro, sendo ele uma arte que o ser humano vê o outro”, detalha Raquel.

Convidado especial, espetáculo Marroquino “Un Marocain”  abre o evento no dia 12, às 20h30. Na sexta, dia 13, às 20h30, é a vez do mexicano “Raiz, yo soy”. “O Maluco do céu” se apresentará em dobradinha, às 15h e 17h, no dia 14.  Domingo, dia 15, é a vez do espetáculo “Thácht, uma tragicomédia musical”, às 20h. O encerramento do encontro, no dia 16, será com Espetáculo “Experimento 1: masculino?”, às 20h30.

 

Continua após a publicidade...

photo

Melhor festival de teatro do Brasil, MITsp divulga programação 2017

Evento terá ao todo dez montagens. As sete internacionais são de grupos inéditos no Brasil.  A Mostra Internacional de Teatro, a MITsp, não é um festival quantitativo. É qualitativo. A programação da quarta edição divulgada essa semana demonstra, mais uma vez, que a preocupação está na troca de experiências e contato com produções inéditas. Entre […]

LEIA MAIS
photo

Coleção de livros reúne peças inéditas e crônicas do diretor Eid Ribeiro

O diretor e dramaturgo Eid Ribeiro. Crédito: Athos Souza Não são um, dois ou três. São 15. Preste atenção, quinze textos teatrais assinados por Eid José Ribeiro Aguiar, ou simplesmente, Eid Ribeiro que agora saem em livro. Não há dúvidas do quanto ele é um criador relevante na construção e manutenção da nossa arte, do […]

LEIA MAIS
photo

Em ‘Sublime Travessia’ Dudude coloca pra fora inquietações sobre Brasil presente

Ao longo dos últimos cinco anos a bailarina e coreógrafa Dudude se dedicou a pequenas grandes inquietações traduzidas em espetáculos de “entressafra”. Foram montagens pequenas que circularam por alguns festivais e davam vazão às sempre presentes inquietudes da artista. Sublime Travessia, que cumpre temporada no CCBB-BH até 12 de dezembro tem outro porte. Ou melhor, […]

LEIA MAIS