fbpx
Curadoria de informação sobre artes e espetáculos, por Carolina Braga

É Tudo Verdade: confira cinco filmes imperdíveis no festival

Festival é realizado em formato digital com exibições diárias, debate com diretores e outras atividades formativas. Confira!

Por Jaiane Souza *

11/09/2020 às 09:06 | *Colaborador

Publicidade - Portal UAI
Imagem do filme Atravessa a vida, de João Jardim. Crédito: Copacabana Filmes

A segunda etapa do É Tudo Verdade, Festival Internacional de Documentários, já tem data para ser realizada: de 23 de setembro a 4 de outubro. A primeira fase ocorreu em março e abril com 30 filmes e séries disponíveis em formato online. Já a segunda etapa tem caráter competitivo e hors-concours, ou seja, produções que não concorrem a premiações. Serão 61 títulos nacionais e internacionais, entre longas, médias e curtas-metragens.

Em caráter competitivo, os filmes estão divididos quatro mostras: longas e curtas nacionais e internacionais. Os premiados pelos júris são classificados para apreciação que define os títulos que vão para disputa do Oscar 2021. Para assistir é simples, basta acessar o site do Festival É Tudo Verdade, onde os links serão disponibilizados. Mas é necessário ficar ligado aos horários. 

Os dez longas-metragens brasileiros em competição têm exibição diária às 21h. No dia seguinte, às 17h, é realizado debate virtual com os diretores. Já os 12 longas internacionais, também em competição, são exibidos diariamente às 18h. Os curtas, nove brasileiros e nove internacionais, estarão em sessões diárias às 18h. Além disso, tem, ainda, mostra informativa de documentários brasileiros e internacionais, filmes que focam produções latino-americanas e exibições especiais que comemoram os 25 anos do Festival É Tudo Verdade. 

Dessa forma, como a programação é extensa, nós selecionamos algumas opções para você ver durante o festival. Confira!

Atravessa a vida, de João Jardim

Depressão, futuro, aborto, pena de morte e ditadura militar são alguns dos temas refletidos por jovens da cidade de São Dimas, no interior de Sergipe. A produção retrata o dia a dia na escola em que os alunos do 3º ano do ensino médio falam sobre esses temas ao passo que estão se preparando para o vestibular. Em resumo, o documentário trata das angústias e dos prazeres da adolescência e o que move os jovens em meio a inquietudes, conquistas e gestos.

Meu querido supermercado, de Tali Yankelevich

O que há nos bastidores de um supermercado? Como é o dia a dia de pessoas fundamentais para o funcionamento de um dos estabelecimentos mais importantes? Neste filme, enquanto realizam atividades repetitivas, os funcionários de um supermercado encontram alguns espaços para viver a vida. Eles falam dos seus afetos, dúvidas e sonhos. Tudo isso com humor, mistério, drama e romance, sem deixar que a rotina faça da imaginação uma prisioneira.

Fico te devendo uma carta sobre o Brasil, de Carol Benjamin

O primeiro longa metragem da cineasta mostra a história de três gerações da sua família atravessadas pela ditadura militar. O período de repressão vigorou no Brasil entre 1964 e 1985. O pai de Carol, César Benjamin, que participou da luta armada no período, foi detido aos 17 anos em 1971, sendo preso político por cinco anos. Três e meio deles em uma solitária. Com a prisão, a avó de Carol se tornou uma militante pela anistia. No entanto, essa história ficou em silêncio por muito anos e é revisitada agora. Sendo assim, o filme começa em Estocolmo na Suécia, onde Benjamin ficou exilado, passa por cartas, fotografias, depoimentos e imagens de arquivos raras. 

Ademais, o filme representou o brasil na 32ª edição do IDFA – Festival Internacional de Documentários de Amsterdã e conquistou menção honrosa do júri

Pão Amargo (Bitter Bread), de Abbas Fahdel

A Guerra da Síria é um conflito que se estende no país desde 2011 e é a maior crise humanitária desde a Segunda Guerra. Teve início com a série de manifestações pela democracia e contra o governo Bashar al-Assad. Por isso, diversas pessoas fugiram do país em busca de melhores condições de vida; cerca de um milhão foi para o Líbano, país vizinho. A partir disso, o cineasta Abbas Fahdel se instalou em uma comunidade de refugiados no país. Uma espécie de acampamento no qual acompanhou a vida dessas pessoas, a maioria crianças.

Forman vs. Forman, de Jakub Hejna e Helena Trestikova

O filme utiliza imagens de arquivo para mostrar a trajetória do cineasta tcheco Milos Forman, que fez cinema de resistência e superou sistemas como o nazismo, por exemplo. Além disso, foi vencedor do Oscar de Melhor Diretor por Um estranho no ninho (1975). A produção também ganhou melhor filme, roteiro, ator e atriz. Outra obra que se destacou foi Amadeus. Indicado a 53 prêmios, venceu Oscar de melhor filme, ator, direção de arte, figurino, maquiagem, som e roteiro adaptado. Ambos os filmes também levaram o Globo de Ouro e BAFTA. Em resumo, um documentário imperdível para conhecer um nome fundamental do cinema.

Demais atividades

Vale destacar que, além das mostras informativas e competitivas, outras atividades também estão programadas. A 17ª Conferência Internacional do Documentário, ocorre em uma parceria entre o Festival É Tudo Verdade e o Itaú Cultural. São masterclasses, e exibição de filmes sobre o universo do documentário. Tudo pela Plataforma Itaú Cultural.

Além disso, tem ainda os seminários em parceria com o Centro de Pesquisa e Formação do Sesc, que dialogam produção de conhecimento, formação e difusão. As inscrições são gratuitas e você pode conferir os seminários e fazer sua inscrever aqui. 

é tudo verdade
Imagem do filme Pão amargo, de Abbas Fahdel. Crédito: Stalker Production
photo

Confira o que chega no streaming em setembro

Sem saber o que assistir nas principais plataforma de streaming de vídeo? Neste post selecionamos algumas apostas entre os lançamentos do mês de setembro na Netflix, no Globoplay, na Prime Vídeo, no Telecine e no Starz Play. Tem a estreia de longas badalados nas bilheterias como 1917 e Venom, no Telecine. Até novela entra nessa lista: o sucesso de Manoel Carlos, Laços de […]

LEIA MAIS
photo

“É uma declaração de amor neste ano que a Elis faria 75 anos”, diz João Marcello Bôscoli sobre talk show dedicado à mãe

Que Elis Regina foi uma das maiores cantoras que o Brasil já teve não há dúvidas. Ela fez história na música brasileira com a voz marcante e interpretações memoráveis. Dessa forma, contar o aspecto afetivo e pessoal de toda essa história ficou por conta de João Marcello Bôscoli. Ele é filho de Elis e autor […]

LEIA MAIS
photo

CURA volta para o hipercentro de BH e terá atividades online

O hipercentro de Belo Horizonte ganhará mais quatro empenas pintadas pelo o CURA – Circuito Urbano de Arte. Mesmo em tempos de pandemia, a organização decidiu realizar o evento, que chega à 5ª edição, com adaptações e programação online. Dessa forma, de 22 de setembro e 04 de outubro o público poderá conferir o processo […]

LEIA MAIS