Curadoria de informação sobre artes e espetáculos, por Carolina Braga

Discos pop que completam 20 anos em 2021 para ativar a nostalgia

De Michael Jackson a Sandy e Junior, selecionamos cinco discos que foram lançados em 2001 para você ouvir

Bora entrar no túnel do tempo e voltar para o ano 2001? Parece que foi ontem, mas já se passaram 20 anos desde o começo deste milênio. Quando falamos de música várias faixas ficaram na história. Entre elas as da nova fase de Britney Spears e as do último disco de inéditas que Michael Jackson lançou em vida. Então, destacamos alguns discos que estão completando 20 anos em 2021 para você viajar no tempo ou conhecer!

Britney, de Britney Spears

Neste terceiro álbum de estúdio, Spears começou a explorar outros sons na tentativa de se afastar um pouco do teen pop dos dois discos anteriores, Oops!… I Did It Again (2000) e …Baby one more time (1999). Dessa forma, o disco tem influências do pop, do R&B e do dance. Além disso, as letras exploram temáticas como a chegada da vida adulta, experiências em relacionamentos e sexualidade. Assim como os dois álbuns anteriores, este também estreou no topo da Billboard 200, vendeu quase um milhão de cópias na primeira semana e mais de 16 milhões até o fim de 2002. O fenômeno Britney ganhou ainda mais o mundo. Ouça aqui.

Survivor, de Destiny’s Child

Outro sucesso estrondoso foi o terceiro disco de estúdio do grupo formado por Beyoncé, Kelly Rowland, e Michelle Williams. Nos Estados Unidos, estreou no primeiro lugar da Billboard 200, teve ótima recepção da crítica e colocou no mundo hits como Survivor e Nasty Girls. Apesar de estar nesta lista como disco pop, o grupo também tinha um traço forte de R&B, tanto é que o disco foi indicado ao Grammy em três categorias do gênero. Além disso, a produção está em importantes listas, como 1001 discos para ouvir antes de morrer, Principais álbuns da década e Álbuns do ano. Ouça aqui.

discos
Britney spears no VMA 2001. Foto: KMazur / Getty Images

Invincible, de Michael Jackson

É óbvio que o rei do pop está na lista. Mas, infelizmente, este foi o último trabalho de inéditas do artista. O décimo álbum da carreira de Michael Jackson gerou singles como You rock my world, Butterflies e Cry, e assim como nos anteriores, o disco trata de amor, isolamento, mídia e questões sociais. Uma curiosidade é que o álbum demorou cerca de cinco anos para ficar pronto e custou cerca de 30 milhões de dólares, ou seja, a produção mais cara de um disco já feita até então. Ouça aqui.

Sandy & Junior, de Sandy & Junior

Gravado entre Los Angeles e Campinas, o nono álbum de estúdio da dupla se jogou mais no pop para tentar superar o sucesso de Quatro Estações. Deu certo, pois se tornou um dos discos mais vendidos na carreira dos irmãos e recebeu certificado com platina tripla pela Pro-Musica Brasil, vendendo mais de 1,5 milhão de cópias. Entre as músicas mais conhecidas estão Não dá pra não pensar, O amor faz, Quando você passa (Turu turu) e Baby liga pra mim. Escute aqui.

Celebrity, de NSync

Terceiro e último álbum de estúdio de uma das boy bands mais famosas da história apostou no pop com influências do R&B e da música eletrônica. Entretanto, ao contrário do que vinha ocorrendo, o disco vendeu 10 milhões de cópias, o que representou um fracasso no disco de encerramento da banda. Mesmo assim, ganhou disco de outro e Platina no Brasil, Reino Unido, EUA, Austrália e Canadá. As letras fazem elogios, críticas e brincadeiras com o mundo dos famosos e os maiores hits foram Pop, Girlfriend e Gone. Ouça no Spotify.

[ COMENTÁRIOS ]

[ NEWSLETTER ]

Fique por dentro de tudo que acontece no cinema, teatro, tv, música e streaming!