fbpx
Curadoria de informação sobre artes e espetáculos, por Carolina Braga

Dicas culturais para o seu fim de semana: 8 de novembro

Confira as dicas culturais que selecionamos para você aproveitar o fim de semana em BH. Entre as opções tem orquestra, teatro e vencedor do Festival de Cannes no Cinema

Por Carol Braga

07/11/2019 às 07:56

Publicidade - Portal UAI
Criolo - Foto: Gil Inoue / Divulgação

dicas culturais

A semana começou com a boa surpresa do tema escolhido para a redação do Enem. Muito importante propor a discussão sobre a democratização do acesso ao cinema no Brasil para milhões de jovens

Teve também o lançamento do novo disco de Emicida e ele bombou. Publicamos também aqui no Culturadoria um conteúdo com a comparação entre as músicas Construção, de Chico Buarque e Desconstrução, de Tiago Iorc. Se você acha que não tem a ver, clica aqui para conferir! 

Agora sim, confira as dicas culturais que selecionamos para o fim de semana em BH. 

Carlinhos Brown e Sinfônica Pop

Foto: Globo / Fábio Rocha

[O QUE] Carlinhos Brown – Sinfônica Pop 

[QUANDO] 9 e 10 de novembro, sáb. às 20h30 e dom. às 19h 

[ONDE] Palácio das Artes – Av. Afonso Pena, 1537, Centro – BH 

[QUANTO] R$ 35 (inteira) e R$ 17,50 (meia)

COMPRE AQUI

Embora os ingressos já estejam esgotados, não podemos ignorar na agenda da cidade a presença de Carlinhos Brown no Sinfônica Pop. Este projeto tem como objetivo aproximar os unviersos erudito e popular. Pois as canções dele foram especialmente orquestradas e serão apresentadas pela Sinfônica A regência será do maestro convidado Rodrigo Toffolo. As canções foram adaptadas para a orquestra pelas mãos de vários arranjadores renomados: os músicos Fred Natalino, Jaques Morelenbaum, Marcelo Ramos, Mario Adnet e Lucas Araújo. E o repertório? Ah esse promete: canções gravadas por Tribalistas, Paralamas do Sucesso, Cássia Eller. Todas, claro, composições de Brown. 

Criolo

Foto: Caroline Bittencourt / Divulgação

[O QUE] Criolo – Boca de Lobo Tour 

[QUANDO] 09 de novembro, 23h 

[ONDE] KM de Vantagens Hall – Av Nossa Senhora do Carmo, Savassi – BH – (31) 3209-8989 

[QUANTO] A partir de R$ 40

COMPRE AQUI

Depois da passagem pelo samba, Criolo voltou ao rap com o lançamento Boca de Lobo. Por meio da música, ele narra as circunstâncias atuais do Brasil. Aliás, ele sempre fez isso. Se você ainda não foi em um show do Criolo, não deixe isso passar. Ele se transforma no palco e transmite uma energia que é difícil definir. Desta vez, foi montada uma banda especialmente para a abertura. Ela se chama Fenda e é composta apenas por mulheres daqui de BH. Haverá entrada social com 1kg de alimento não-perecível. 

Alice Caymmi

Foto: Gustavo Zylbersztajn / Culturadoria

[O QUE] Alice Caymmi, projeto Uma voz, um instrumento 

[QUANDO] 8 de novembro, 21h 

[ONDE] Centro Cultural Minas Tênis Clube – R. da Bahia, 2244 , Lourdes – BH – (31) 3516-1360 

[QUANTO] R$ 60 (inteira) e R$ 30 (meia)

COMPRE AQUI

Alice Caymmi é a convidada do projeto Uma voz, um instrumento deste mês. O repertório vai ser dedicado ao disco Electra. Vai ser a primeira vez que ela apresenta as canções do álbum por aqui. O espetáculo é dividido em três atos. São eles, “Tragédia”, “Revolução” e “Futuro”. Alice incluiu também músicas como “Mãe solteira”, de Tom Zé e Elton Medeiros, e “Diplomacia”, de Maysa, “Agora”, “A Estação” (do álbum “Alice”, de 2018); e “Iansã”, “Meu Recado”, “Como Vês” (de “Rainha dos Raios”, de 2014). O set list também vai ter  “Andança”, composição do pai dela, Danilo Caymmi.

Paulinho Pedra Azul e Saulo Laranjeira

Foto: Sylvio Coutinho / Divulgação.

[O QUE] Paulinho Pedra Azul e Saulo Laranjeira, Arte do encontro 

[QUANDO] 8 de novembro, 21h 

[ONDE] Cine Theatro Brasil Vallourec – Av. Amazonas, 315, Centro – BH – (31) 3201-5211 

[QUANTO] Plateia I: R$ 120 (inteira) e R$ 60 (meia); Plateia II: R$ 100 (inteira) e R$ 50 (meia)

COMPRE AQUI

Paulinho Pedra Azul e Saulo Laranjeira se encontram para celebrar a arte. Se o primeiro pretende apresentar toda a identidade romântica com as influências do Clube da Esquina e do Choro, o segundo leva para o palco a cultura popular, a poesia e os personagens que o acompanham ao longo da carreira. E mais: os artistas preparam duetos inéditos. O show vai celebrar os 30 anos do programa Arrumação. Paulinho Pedra Azul e Saulo Laranjeira estarão acompanhados por: Alexandre da Mata (guitarra), Clóvis Aguiar (teclado), Fabiano Zan (sax e flauta), Serginho Silva (percussão).

Minha Vida em Marte

Foto: Guga Melgar / Divulgação

[O QUE] Minha vida em Marte 

[QUANDO] 9 de novembro, 19h e 21h30 

[ONDE] Sesc Palladium – Av. Augusto de Lima, 420, Centro – BH – (31) 3270-8100 

[QUANTO] Plateia I: R$ 140 (inteira) e R$ 70 (meia); Plateia II: R$ 120 (inteira) e R$ 60 (meia); Plateia III: R$ 75 (inteira) e R$ 37,50 (meia)

COMPRE AQUI

Todas as vezes que Mônica Martelli vier  a Belo Horizonte com Minha vida em marte vai lotar. Essa comédia, que também é a maior bilheteria no cinema, é uma continuação de Os homens são de marte. Depois de procurar o amor da vida dela, se estabelecer com Tom, ter a filha Joana, Fernanda, a protagonista, começa a se questionar na terapia de grupo. Em resumo: peça para ver e rever.

Grupo Galpão

Bruna Brandão/ Divulgação

[O QUE] Experimentos Cênicos – Grupo Galpão 

[QUANDO] 9 e 10 de novembro, 19h 

[ONDE] R. Pitangui, 3413, Sagrada Família – BH – (31) 3463-9186 

[QUANTO] Gratuito

 

Chegou a vez do Grupo Galpão se jogar na experimentação das narrativas que envolvem o teatro e o cinema. Sim, pois o convidado para a direção desta semana é o cineasta e professor Rafael Conde. Como diz o material de divulgação, “o objetivo é investigar o ator no filme, em sua presença, ou mesmo na sua ausência, sempre entre a pessoa e o personagem”. 

Luzia, entre o mangue e o mar

Foto: Caroline Andrade / Divulgação

[O QUE] Luzia, entre o mangue e o mar 

[QUANDO] 7, 8, 9, 10, 14, 15, 16 e 17 de novembro, qui. a sáb. às 20h, Dom. às 19h 

[ONDE] Teatro João Ceschiatti – Palácio das Artes – Av. Afonso Pena, 1537, Centro – BH 

[QUANTO] R$ 30 (inteira) e R$15 (meia)

COMPRE AQUI

Este é um monólogo da atriz Cristiane Rodrigues de Andrade e a direção de Marcelo do Vale. Ela investiga as fronteiras entre o teatro e as relações internacionais a partir de uma pesquisa em comunidades visitadas no norte do Espírito Santo. O texto, segundo o material de divulgação, “expõe as fronteiras existentes dentro de um país no qual não compreende, em sua totalidade, as necessidades e visões de mundo de sua nação”.

Parasita

O vencedor da Palma de Ouro no Festival de Cannes é um filme surpreendente. Chama atenção, entre outros pontos, a forma como o diretor mistura humor e crítica social. É a história de uma família que passa por um momento de muita dificuldade. Quando o filho mais velho consegue um emprego, ele vê a possibilidade de infiltrar todos os parentes na casa onde trabalha. Não é um filme de um gênero só. Prepare-se! 

Doutor Sono

Os fãs de suspense podem celebrar. A adaptação de Doutor Sono tem sido considerada uma das melhores das obras de Stephen King. E olha que o que não falta são transposições das obras dele para o cinema. Segundo matéria do Uol, este ano foram três para o cinema e um para Neflix. Doutor Sono é a continuação de O Iluminado, aquele clássico dos clássicos do gênero, dirigido por Stanley Kubrick e Jack Nicholson no elenco. Conta sobre a vida adulta de Danny Torrance depois de tudo o que ele viveu no Hotel Overlook. 

Link Perdido

Nova produção da Disney, a animação conta a história de um investigador que não é levado muito à sério. Para tentar conquistar o respeito dos colegas, ele vai em busca do elo perdido para provar a existência de um ancestral primitivo do homem. Pelo trailer dá para notar todo o cuidado nessa animação. A versão original tem Hugh Jackman na voz do protagonista.

Dia Nacional do Tropeiro

Foto: Victor Schwaner / Divulgação

[O QUE] Dia Nacional do Tropeiro

[QUANDO] 09 de novembro, de 12h às 20h

[ONDE] Rua Sapucaí, nº 527 – Floresta

[QUANTO] Entrada Gratuita 

 

A cozinha tropeira será a grande homenageada do Circuito Sapucaí. É um resgate da culinária mineira. Além de muita comida, claro, haverá também música e espaço para crianças. O acampamento tropeiro mirim, espaço para as crianças que terá tendas e cenário de como as tropas viviam nas estradas durante o ciclo do ouro. O Circuito Sapucaí também irá trazer um Empório de Secos & Molhados, com participação da Ini Oca, Dona Farofa, Doutor Linguiça, ONG Projeto Pastorinhas, Ateliê de Doces Tânia Rocha e o Copo Café. 

SEXTA 

[O QUE] Espetáculo Elas também falam de amor [QUANDO] 8, 9 e 10 de novembro, 20h (sex. e sáb), 19h (dom.) [ONDE] Teatro Marília – Av. Prof. Alfredo Balena, 586, Santa Efigênia – BH – (31) 3277-4697 [QUANTO] Gratuito

[O QUE] Espetáculo Glauco [QUANDO] 8 a 10 de novembro, sex. e sáb. 20h, dom. 19h [ONDE] Funarte MG – R. Januária, 68 , Centro – BH – (31) 3213-3084 [QUANTO] R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia)

COMPRE AQUI

SÁBADO

[O QUE] Espetáculo Escolher 2 – A criança que há em você [QUANDO] 9 de novembro, 16h30 [ONDE] Teatro Santo Agostinho – R. dos Aimorés, 2679, Lourdes – BH – (31) 3292-7501 [QUANTO] R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia)

COMPRE AQUI

[O QUE] Érika Moura e Vitor Barros estreiam o show Da sala para os palcos [QUANDO] 9 de novembro, 19h [ONDE] Teatro de Câmara do Cine Theatro Brasil Vallourec – Av. Amazonas, 315, Centro – BH – (31) 3201-5211 [QUANTO] R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia)

COMPRE AQUI

[O QUE] Lançamento de IPALỌLỌ – Silêncio Novo – da cantora, compositora e produtora Amorina [QUANDO] 9 de novembro, 18h [ONDE] Centro Cultural Vila Fátima – R. São Miguel Arcanjo, 215, Nossa Senhora de Fátima – BH – (31) 3277-8193 [QUANTO] Gratuito

[O QUE] Show Monjolo Encabulado: samba de roda [QUANDO] 9 e 10 de novembro, 16h [ONDE] Centro de Referência da Juventude – R. Guaicurus, 50, Centro – BH – (31) 3277-4356 [QUANTO] Gratuito

[O QUE] Show Amor, de Gerson Marques [QUANDO] 9 de novembro, 20h30 [ONDE] Centro Cultural Ataíde Ócios e Ofícios – Av. José Cândido da Silveira, 853, Cidade Nova – BH –  (31) 3586-5681 [QUANTO] R$ 20 pelo WhatsApp: (31) 99291-4624

COMPRE AQUI

DOMINGO 

[O QUE] Orquestra Ouro Preto e Academia Orquestra Ouro Preto recebem Cristian Budu [QUANDO] 10 de novembro, 11h [ONDE] Sesc Palladium – Av. Augusto de Lima, 420, Centro – BH – (31) 3270-8100 [QUANTO] R$ 25 (inteira), R$ 12 (meia) e R$ 10 (Cliente Sesc)

COMPRE AQUI

[O QUE] Espetáculo Acendam as luzes, Yuri Marçal [QUANDO] 10 de novembro, 19h [ONDE] Sesc Palladium – Av. Augusto de Lima, 420, Centro – BH – (31) 3270-8100 [QUANTO] R$ 80 (inteira), R$ 40 (meia), R$ 48 (promo ingresso solidário + 1kg de alimento não perecível ou 1 litro de leite, R$ 32 (Cliente Sesc)

COMPRE AQUI

[O QUE] Show Um Brasil nas dez cordas, com Arnaldo Freitas e Fernando Sodré [QUANDO] 10 de novembro, 11h [ONDE] Memorial Minas Gerais Vale – Praça da Liberdade, 640, Savassi – BH – (31) 3308-4000 [QUANTO] Gratuito com retirada de ingressos uma hora antes

 

photo

Apesar de elenco estrelar, filme da Netflix ‘A Lavanderia’ não empolga

A lavanderia O diretor Steven Soderbergh tem uma fase brilhante. Sem dúvidas. Ela começa, por exemplo, com Sexo, mentiras e videotape (1989), passa por Erin Brockovich, uma Mulher de Talento (2000) e Traffic (2000). Todos estes renderam a ele indicações ao Oscar. Tem, ainda, exemplares mais populares. Por exemplo, Onze Homens e um segredo e […]

LEIA MAIS
photo

5 filmes com Meryl Streep para você conferir no streaming

As expectativas foram altas para ver Meryl Streep em A Lavanderia. Mas, como está registrado aqui, foi uma decepção. Não com ela, claro, mas com o resultado final do longa dirigido por Steven Soderbergh. Então, para compensar, elaboramos uma lista com outras produções em que ela está no elenco e que marcam nossos corações!  Em […]

LEIA MAIS
photo

Redação do Enem: Por que é importante pensar na democratização do acesso ao cinema no Brasil?

Que bela oportunidade tiveram os estudantes que fizeram o Enem neste domingo, hein! Sim, nos dias de hoje, chega a ser um privilégio ter que pensar sobre no papel que o cinema desempenha na sociedade. Sem isso, seria muito difícil chegar a qualquer reflexão sobre democratização do acesso. Outro ponto de extrema importância, sobretudo em […]

LEIA MAIS